Você acabou de ser pedida em casamento, mas já está sonhando com o vestido de noiva do Grande Dia? Escolher os itens que compõem o visual da noiva é uma tarefa maravilhosa – mas leva um certo tempo, especialmente para aquelas que preferem mandar fazer o vestido.

Veja também: Vestidos de noiva | O guia completo para escolher o modelo dos sonhos

Monte o vestido de noiva em 12 meses

Para facilitar a vida de quem está na busca pelo vestido de noiva ideal, criamos um cronograma completo, uma linha do tempo com o passo para escolher o look da noiva. Confira!

vestido de noiva
Foto: Sophia Tolli para Mon Cheri

12 meses antes

Você provavelmente ficou noiva há pouco tempo, mas não vê a hora de se ver com um vestido incrível, certo?

Mas, calma! Sua opinião ainda pode mudar muito ao longo deste ano! Isso sem falar nas noivas que acabam emagrecendo para o Grande Dia! Por isso, este é o momento de buscar inspirações para o vestido de noiva, e também de maquiagem.

“Não recomendo começar a buscar o vestido de noiva com mais de um ano de antecedência. Com o passar do tempo, a ideia do tipo de casamento que a noiva deseja vai de fato se formando, e só a partir daí deve-se escolher o vestido. Na maioria dos casos, entre seis meses a um ano antes elas começam a procurar inspirações”, afirma Maíra Martins idealizadora do Marry Spot.

vestido de noiva
Foto: Rosa Clará

 

A estilista Carol Hungria, no entanto, acredita que é possível começar a buscar o vestido, sim – mas não mais do que um ano e meio antes.

“Um ano antes costuma ser um prazo interessante para fazer as provas com bastante calma, sem correria. Também não fica tão distante do casamento, para não correr o risco de querer mudar de ideia. Mais do que um ano e meio antes não recomendo. No entanto, se a noiva é muito indecisa ou quer fazer algum procedimento estético, não tem problema vir com menos tempo”, opina Carol.

Inicie a busque por inspirações de maquiagem

O mesmo processo deve ser feito para a escolha da beleza da noiva.

“Procurar referências para o casamento em geral é válido, e super importante, e a beleza tem de se alinhar com o estilo próprio. Quando vamos começando a ver coisas do casamento, automaticamente já vemos referências de beleza”, comenta Rachel Ramos, make-up artist especialista​ em noivas.

Maíra Martins ainda completa: “É bom escolher referências em que a modelo tenha o mesmo tom de pele e tipo de cabelo da noiva, assim o resultado será mais parecido com o desejado”.

De 10 a 8 meses antes 

O sonho do vestido de noiva começa a ficar mais próximo! Depois de fazer as buscas de referências e fazer uma seleção daquilo que mais se encaixa no perfil da noiva, se você ainda não começou, já dá para iniciar a procura pelas lojas e estilistas.

“A escolha deve ser feita pela empatia que a noiva tem com o local – seja por fotos que ela vê e se interessa, seja por conhecer o profissional e gostar dele”, comenta Carol Hungria. Maíra Martins também pontua que é sempre bom pedir opinião de pessoas que já conhecem o estilista, verificar se é um profissional sério e confiável para evitar aborrecimentos depois.

vestido de noiva
Foto: Emmy Lowe

Decida se você vai alugar, comprar ou mandar fazer o vestido

Uma decisão importante é se a noiva irá alugar, comprar ou mandar fazer o vestido de noiva.

“Ela só consegue decidir a partir do momento que ela descobre que estilo de vestido de noiva ela quer. Aí ela vai saber se é um modelo que ela consegue encontrar pronto ou se é possível alugar. Caso ela não se identifique com os modelo que já existem, seria o caso de fazer um vestido personalizado.  Às vezes ela pode pedir ajuda para o assessor ou cerimonialista, que no geral consegue entender o perfil dela”, indica Carol Hungria.

Defina um orçamento

Outro fator que influencia na escolha do vestido de noiva é o orçamento.

“Depende muito do quanto a noiva tem para gastar. O aluguel de vestidos anda em alta, mas muitas preferem guardar a peça como recordação depois do casamento. Não é toda noiva que opta por fazer sob medida. Algumas não conseguem visualizar como ficará a peça pronta e ficam muito ansiosas e inseguras em esperar o resultado. Para essas, recomendo comprar pronto”, avalia Maíra Martins.

vestido de noiva
Foto: Alessandra Rinaudo

Escolha quem irá te acompanhar nessa missão

Outro detalhe importante sobre a escolha do vestido de noiva é encontrar a companhia ideal para esta missão.  Embora seja comum vermos em programas de televisão a noiva acompanhada por uma verdadeira comitiva, nem sempre é o que funciona melhor.

“Ela precisa levar quem ela realmente confia. Pode ser a mãe, uma amiga, uma irmã, ou se ela preferir, pode ir sozinha. Há noivas que não se sentem confortáveis em mostrar para ninguém ou que não querem ouvir palpites. Cada noiva é diferente. O importante é que ela se sinta bem e confiante”, destaca Carol Hungria.  Maíra Martins concorda: “A noiva pode levar a mãe, madrinhas e amigas de longa data, desde que não deixe interferir muito na decisão final. Pessoas que a conhecem bem e podem dar segurança a ela”.

Escolha o profissional que irá te maquiar

Maíra Martins acredita que a busca pela beleza da noiva pode iniciar após a escolha do vestido, local da festa e horário da cerimônia. Para Rachel Ramos, o ideal é contratar o profissional que cuidará da beleza da noiva de 10 a 8 meses antes do casamento, para garantir a agenda do profissional que ela mais gosta.

Seis meses antes

Lembra daquelas pesquisas de referências de cabelo e maquiagem que você começou a fazer? Este é o momento ideal para começar a refiná-las junto com seu profissional de beleza, segundo Rachel Ramos.

Inicie as provas do vestido

Este também é um bom momento para iniciar as provas de vestido – especialmente para quem vai fazer um do zero.

“São no mínimo três provas. Observamos que as noivas mudam muito de peso e isso interfere nos ajustes. A primeira prova deve ser feita uns seis meses antes do casamento. As provas são feitas sempre com a estilista e uma costureira, que tiram as medidas e conversam com a noiva sobre que modelo fica melhor naquele tipo de corpo, altura, tipo de decote, etc”, recomenda Maíra Martins.

Para Carol Hungria, a quantidade de provas pode variar de acordo com a complexidade do vestido.

“Para vestidos que demandam menos mão de obra ou são menos elaborados em termos de rendas e bordados, conseguimos fazer menos provas – em torno de três. Um vestido todo feito à mão pode demandar quatro ou até cinco provas”, comenta Carol.

Um outro ponto abordado pela estilista é a questão da disponibilidade da noiva.

“Tem noivas que moram longe e só podem vir uma ou duas vezes para experimentar o vestido. Então a gente também se adapta e tudo deve ser previamente combinado. Aqui no atelier, estas provas são espaçadas ao longo do tempo que eu tenho com a noiva”, conta Carol.

vestido de noiva
Foto: Collin Pierson Photography

Comece as buscas pelo sapato

Outro detalhe que deve ser visto junto com as primeiras provas é o sapato da noiva.

“É importante ter este sapato desde a primeira prova, no máximo na segunda, para marcar a bainha e ver mais rapidamente o caimento desta saia, organizar o barrado de renda (caso tenha). Para a escolha do sapato, é muito importante que a noiva considere o conforto dela. Não adianta escolher um modelo lindo e maravilhoso e não conseguir ficar a festa inteira com ele”, opina Carol Hungria.

 

vestido de noiva
Foto: Style Me Pretty/Jeanni Dunagan

Três meses antes do casamento

“Este é o prazo máximo para mandar fazer a entrega, que normalmente é de 20 a 15 dias antes do casamento”, alerta Maíra Martins.

Vale a pena ressaltar que alguns estilistas não fazem vestido de noiva sob medido com esse tempo, então nesse caso a melhor opção seria alugar ou comprar.

Carol Hungria conta que já chegou a atender noivas com uma semana ou três dias, em situações adversas. No entanto, para a estilista, o grande problema de fazer com pressa é que a noiva pode acabar digerindo bem o andamento das provas. “Não dá tempo de fazer mudanças caso seja necessário. Quanto mais em cima da hora, mais estressante é o processo”, alerta Carol.

vestido de noiva
Foto: Alyssa Greenberg

É a hora de definir o véu

Com o vestido definido e quase pronto (no caso de quem mandou fazer), é a hora de escolher o véu.

“Quando escolhemos o véu com o vestido mais pronto, acertamos mais. É claro que em um primeiro encontro nós conversamos sobre o véu ou a mantilha, mas para bater o martelo sobre este elemento, é preciso que o vestido esteja mais encaminhado. Normalmente, escolhemos o véu na segunda ou terceira prova, quando vestido já tem a carinha do dia do casamento”, comenta Carol.

vestido de noiva
Foto: Bek Smith Photography

Esse é o limite para as mudanças no visual

Caso queira fazer alguma mudança mais “radical” no visual, a hora é agora.

“Não recomendo mudanças radicais muito próximas à data, pois podem gerar insegurança. Em caso de arrependimento, por exemplo, o cabelo já até cresceu, possibilitando novos penteados. Há também a possibilidade de usar apliques. Acho que até três meses antes é uma boa escolha, pois até lá a noiva já se adaptou à mudança”, aconselha Maíra Martins.

Dois meses antes

O Grande Dia está cada vez mais perto e você já percorreu uma longa jornada em busca do look da noiva perfeito! Agora é o momento ideal para escolher os acessórios e joias do casamento.

“Neste período, já temos o vestido mais perto de estar pronto e temos pré acertado qual vai ser o cabelo e maquiagem para o dia. Com auxílio do seu profissional, é um bom tempo para saber se combina, se encaixa perfeitamente no tipo de penteado que vamos fazer, e pra dar tempo das peças estarem prontas antes do dia do teste. Vale muito a pena já fazer o teste com esses itens”, indica Rachel.

Caso você ainda não tenha contratado o maquiador ou cabeleireiro, acenda o alerta vermelho: este é o prazo máximo para procurar seu profissional, já que muitos podem estar com a sua data ocupada.

vestido de noiva
Foto: Emmy Lowe

 

Veja também: Tira-dúvidas sobre maquiagem para casamento

Um mês antes

Agora falta pouco! Chegou o momento da última prova do vestido assim como do teste de cabelo e maquiagem – elas podem até acontecer no mesmo dia, para visualizar o look da noiva completo.

“No meu caso, eu já realizo, antes disso, uma consultoria que engloba todo o processo de beleza antes do teste, e a noiva já pode esperar a beleza mais linda, como no dia do casamento. No caso de o teste ser o seu primeiro contato com o profissional, pode esperar que tenham de ser feitas algumas alterações até chegar na beleza perfeita. É necessária muita conversa e entrosamento com a noiva!”, afirma Rachel.

Maíra Martins acredita que é um momento delicioso, mas que gera insegurança.  “A noiva precisa se sentir linda, porém não pode se maquiar a ponto de se sentir outra pessoa”, conclui.

vestido de noiva
Foto: Greg Finck

 

Veja mais fotos de vestidos de noiva no nosso perfil no Pinterest 

</>

Tags da matéria

Comentários