Há quem goste de sol e calor, outros que prefiram passeios culturais ou clima mais ameno. Ao pensar na viagem de lua de mel, é precisa considerar esses e outros gostos do casal. Para quem curte uma boa mesa e até mesmo conhecer mais sobre gastronomia, aliar o destino ao sabor é uma boa pedida.

lua-de-mel-casal
Crédito: Instagram/@mylifeaseva

 

Lua de mel: dicas para aproveitar ao máximo

Ao ficar alocado em um destino para viagem de lua de mel, quase sempre o casal opta por conhecer e explorar os arredores de onde estão. Uma dica para quem gosta de aprender e saber mais sobre culinária é optar por hospedagens que cultivem especiarias em suas dependências, ou mesmo que comprem de produtores locais.

Para Deborah Trunk, gerente de produtos da Queensberry Viagens, o público que opta por incluir passeios gastronômicos tem, geralmente, dois perfis. “São eles: casais que já conhecem diferentes locais e não são leigos em gastronomia. Ou então noivos que querem uma lua de mel mais incrementada e aí aproveitam para conhecer os sabores locais.”

No primeiro cenário, a especialista afirma que os pedidos são sempre por indicação de restaurantes e pratos que os noivos não podem deixar de conhecer durante a estada no destino. “De forma geral, o turista brasileiro tem sido mais seletivo nas escolhas de roteiros e vem pedindo pela boa comida durante o período fora.”

Crédito: iStock

 

O que fazer no período a dois?

Para os noivos que se interessarem, Deborah ainda recomenda conhecer o chef de cozinha do hotel e trocar figurinhas. Caso o estabelecimento tenha plantações, a profissional afirma que fazer um tour pelo local pode ser uma opção. “É possível, inclusive, saber mais o preparo dos alimentos”, comenta.

Já no cenário em que os noivos tenham outras vivências, sejam em destinos ou com a culinária, Deborah indica optar por regiões que concentram mercados conhecidos. Por exemplo, há o Borough Market, em Londres (Inglaterra) e o Chelsea Market, em Nova York (Estados Unidos).

Deborah, porém, recomenda ao casal não se sobrecarregar de passeios na lua de mel. “Eu aposto mais em detalhes nas atrações durante a viagem. Para o período a dois, indico que eles se curtam mais [do que tenham tantos compromissos].”

Crédito: iStock

 

Lua de mel: destinos para escolher

A dúvida pode bater em diversos momentos durante a jornada do casamento, inclusive na escolha do destino para lua de mel. Por isso, selecionamos locais para conhecer tanto no olhar quanto no paladar. Os valores foram consultados no segundo semestre de 2018 em comparadores de preços. O período de comparação foi entre 5 e 12 de outubro, com partidas de São Paulo (SP).

1. Itália

Any Moura é assessora de casamento e proprietária do My Personal Bride. Ela conta que que sempre recebe pedidos de indicação de destinos para lua de mel.

Para a especialista, a Itália tem como diferencial o frescor dos alimentos e ingredientes que compõem os pratos. “Lá, dá para notar que a alimentação mediterrânea é feita com mais cuidado do que a baseada no estilo norte-americano, de enlatados e molhos prontos.”

A região da Toscana é um dos lugares mais visitados do país, seja pela beleza ou pela culinária. Por lá, pratos com carne têm mais presença do que em outros destinos italianos. Além disso, as receitas são preparadas, em sua maioria, com azeite e não manteiga.

Para Florença (na Toscana), é possível encontrar passagens aéreas por R$ 3.800 por pessoa. A estadia parte de R$ 1.750 para cada um, em hotel quatro estrelas e durante sete dias.

2. França

O destino não é famoso apenas pelo romantismo da Cidade Luz. Deborah lembra de Lyon e outros municípios menores que concentram muito da culinária do país. Os preços de passagens aéreas mudam um pouco entre o destino citado pela representante da Queensberry Viagens e Paris, a capital.

Para Lyon, os preços das passagens começam em R$ 3.330 e a estadia por pessoa fica em R$ 2.300 para sete dias. Os custos para Paris saem a partir de R$ 2.550 e R$ 3.500, respectivamente.

A região Ile-de-France (onde está Paris) conta com aves e queijos bastante presente em sua culinária. Carnes de pato e ganso compõem alguns dos pratos de Lyon, além de outros cozidos.

Crédito: iStock

 

3. Tailândia

Para aliar gastronomia e refúgio, Deborah lembra da Tailândia. “É um ambiente com traços paradisíacos e boa comida”, garante. Os temperos locais e mercados flutuantes do país são uma boa opção de passeio aos olhos e ao estômago.

Para chegar a Bangkok, os voos têm preços que começam em R$ 3.940, por pessoa. A estadia possui valores mais baratos, se comparada a outros destinos internacionais. É possível ficar em hotel quatro estrelas por a partir de R$ 1.600, por pessoa, para uma semana.

Molhos com pimentas e alho são a base de muitos pratos tailandeses. Em algumas situações, eles podem substituir o sal, como no caso do molho de peixe. Em outras composições, o detalhe ajuda a ressaltar os demais sabores da receita.

4. Portugal

Para o reduto do bacalhau, Deborah recomenda um pacote de lua de mel com nove dias em vilas e regiões do país. São duas noites em Sintra, três em Alentejo e outras três em Algarve.

Piqueniques privativos, aulas de culinária e degustação de vinhos são atrações contempladas pelo pacote de viagem. Jantar e vivência no campo das ostras de Algarve também estão na programação.

Para chegada em Sintra, é preciso descer em Lisboa e ir de carro até a vila. As passagens aéreas até a capital de Portugal têm preços a partir de R$ 2.900.

A estadia nas localidades não varia muito. Duas noites em Sintra, em hotel quatro estrelas, têm preços que partem de R$ 1.560. Outras três em Alentejo, em condições similares, custam a partir de R$ 1.900. O período final da lua de mel, em Algarve, tem custo para estadia que começa em R$ 2 mil.

Crédito: iStock

 

5. Peru

Lima, Cusco, Machu Picchu e o Vale Sagrado dos Incas são os locais mais visitados por quem vai ao Peru. Em uma lua de mel, entretanto, além de aproveitar das belezas naturais (e históricas), é possível vivenciar experiências gastronômicas.

Escolher o país vizinho para a viagem a dois pode custar menos. Isso porque um voo direto para Lima pode não chegar a R$ 1.500. A estadia para uma semana, em hotel quatro estrelas, custa a partir de R$ 3.900 para o casal.

Os sabores da capital do Peru são marcados por peixes e frutos do mar. Já em Cusco, pratos preparado em forno à lenha e produtos regionais marcam presença na culinária local.

6. África do Sul

Any lembra de experiências vividas na África do Sul. “As carnes que comi lá nenhum outro país tem igual, mesmo comparado à Argentina e Uruguai. Foram as melhores que já comi na vida”, ressalta. Ela comenta que diversas cidades no país têm essa qualidade nos pratos. Cidade do Cabo e Joanesburgo são algumas delas.

Para a assessora, a África ainda é um destino econômico quando se quer aliar roteiro com gastronomia para lua de mel. Fazendo um paralelo com o Brasil, Any comenta que o preço de uma refeição com a mesma qualidade que ela comeu na África, pode chegar a quase o dobro em cidades como Rio de Janeiro (RJ) ou São Paulo (SP).

Voos para a Cidade do Cabo são mais em conta do que para Joanesburgo. A capital legislativa da África do Sul tem preços a partir de R$ 3.400. Já para a maior cidade do país, os voos começam em R$ 4.400.

A estadia em Joanesburgo parte de R$ 2.600, durante uma semana. Já na Cidade do Cabo, o valor cai para R$ 1.700 pelo mesmo período.

Crédito: Shutterstock

 

Viagem lua de mel: Brasil

Aos casais que não querem sair do País para a lua de mel, o Brasil oferece boas opções para relaxar e aproveitar destinos gastronômicos.

7. Gramado

Ao Sul do País, Any indica a cidade de Gramado (RS). Para ela, além de ser um destino romântico, com clima ameno, conta com gastronomia que vale a pena conhecer. “As churrascarias são muito boas. E na parte de café colonial dá para comer tanta coisa saborosa que você sai quase rolando, além da degustação de vinhos.”

A ida de avião para Gramado custa a partir de R$ 400, tornando o destino em conta e uma opção para quem não quer praia e calor. A estadia por lá, para uma semana, tem preços que começam em R$ 1.580, em hotel quatro estrelas.

8. Natal

Segundo Any, é possível comer muito bem em destinos incríveis pelo Nordeste. Um dos locais que a assessora destaca é Natal (RN). “A cidade é muito boa para quem gosta de camarão. Tem um um restaurante lá que chama O Camarão que é fenomenal também para frutos do mar”, conta.

Voos para a capital do Rio Grande do Norte começam em R$ 800. É possível encontrar hotéis quatro estrelas no destino por a partir de R$ 2.750 para o período de uma semana. Além da boa comida, cenários de praias exuberantes, vilarejos graciosos e boa receptividade farão parte da lua de mel.

Crédito: iStock
Tags da matéria

Comentários