Revista

Onde os casamentos estão liberados? Veja os países onde já é possível celebrar

Levantamento mostra quais são os protocolos adotados ao redor do mundo

Uma das indústrias que mais foi impactada por conta da COVID-19 foi a de eventos sociais. Vários casamentos foram adiados, e com isso, muitas incertezas surgiram: Quando os casamentos vão voltar? Como devo comunicar sobre o adiamento do meu casamento? Quais são os direitos dos noivos? Entre muitas outras.

Leia mais: 5 casais que inovaram e celebraram de forma criativa o casamento na quarentena!
5 coisas que você precisa fazer se o seu casamento foi adiado

Onde já é possível casar?

Após meses de bloqueio e também de distanciamento social, que ainda está valendo, alguns países estão retornando com os casamentos.

Os planejadores de casamento da  Belief Wedding Creators fizeram um apanhado de como está a retomada dos eventos em alguns países e os protocolos que estão sendo adotados. Os dados coletados são do início da semana passada.

Vale ressaltar que os protocolos são válidos para quem já mora no país. Os países europeus não estão deixando os brasileiros entrarem, a não ser que tenham dupla cidadania ou algum motivo específico.

O México está com as fronteiras abertas para os brasileiros e da lista é o mais flexível. Já outros destinos ainda estão com as fronteiras fechadas.

Foto: Pedro Bento Photography / Wedding planner: Rui Mota Pinto – Wedding Tailor & Planner

Brasil

No Brasil, alguns estados e seus municípios já divulgaram protocolos para promover pequenos eventos sociais com média de 40% da lotação e normas de higienização e higiene validadas pela Vigilância Sanitária e OMS, segundo a planejadora de casamentos Daiane Savaris.

Os casamentos que acontecem desde então são mais íntimos, com lista reduzida de convidados e sem serviços que tornem um casamento inesquecível, como música ao vivo e espaço de dança.

Veja também: Casamentos liberados? Veja as cidades e estados onde já é possível casar

Itália 

Na Itália, as fronteiras estão abertas. Os viajantes europeus podem chegar ao país e voltar livremente, sem quarentena.

No entanto, viajantes estrangeiros, especialmente dos Estados Unidos, Brasil e Austrália, podem vir se tiverem um motivo válido para chegar à Itália e forem submetidos a swab assim que pousarem. “De acordo com os resultados, eles podem ficar em quarentena”, explica a planejadora de casamentos Valentina Lombardi, da Italian Wedding Company.

Segundo Valentina Lombardi, as regras para casamentos são as seguintes:

– As cerimônias civis e religiosas podem ser realizadas ao ar livre ou em recinto fechado com máscara e garantindo a distância.

– As igrejas internas ou externas e as prefeituras podem acomodar apenas metade da capacidade padrão.

– Os locais de recepção podem receber festas, desde que possam acomodar convidados com distâncias nas mesas e entre elas.

– O buffet pode servir apenas comida de uma porção.

– Todos os funcionários do casamento precisam usar máscaras.

Veja também: Destination weddings e o “novo normal” dos casamentos – veja as regras para celebrar a união na Itália

onde pode casar

Foto: Independent Pictures / Wedding planner: Valentina Lombardi – Italian Wedding Company

Portugal

Portugal acaba de iniciar um novo Estatuto de Contingência. “Desde 15 de setembro, recuamos e voltamos ao Estado de Contingência. As reuniões só são permitidas até 20 pessoas em Lisboa, e na Região Norte, apenas até 10. Este é o regulamento padrão. Em teoria, não podemos fazemos casamentos com mais de 10/20 convidados dependendo da região. Mas se quisermos fazer uma festa maior, desde 15 de setembro, é obrigatório pedir autorização à Secretaria Nacional de Saúde. Se eles autorizarem, eles informarão os detalhes regulamentos que tem de seguir ”, afirma o organizador de casamentos Rui Mota Pinto.

Caso permitam e não enviem regras específicas, devemos aplicar o Regulamento dos Restaurantes, que são:

1. Número de convidados correspondente à metade da capacidade do local desde que seja garantida a distância social. Caso contrário, o número de convidados é limitado ao máximo que a mesma distância social permite.

2. Dentro de casa, as máscaras são obrigatórias. Só quando os convidados que estão comendo podem deixá-lo de lado;

3. Externamente, a cobertura facial é opcional;

4. Sem buffets;

5. Pista de dança não é proibida, mas é claramente aconselhável evitar. Se você tem pista de dança, é obrigatório garantir a distância social;

6. A mise en place só pode ser montada depois que os convidados estiverem sentados;

7. Não é permitida decoração em mesas vindas de fora do local do evento. Portanto, não há arranjos florais, a menos que sejam feitos pelo local.

8. O pessoal deve trabalhar com máscaras;

9. Aconselha-se fazer aferição da temperatura na chegada;

10. Obrigatório ter uma sala de isolamento limpa e segura, se necessário.

França

Até agora, a França tem sido bastante flexível. Mas a planejadora do casamento acredita que pode haver algumas atualizações nas próximas semanas, já que os casos de COVID parecem estar aumentando e as regras parecem se tornar cada vez mais rígidas.

A planejadora de casamentos Marie-Laure Giacomelli explica que existe um decreto que menciona as regras sanitárias “básicas” tal como:

– lavagem regular das mãos com água e sabão (o acesso deve ser facilitado com toalhas descartáveis) ou por fricção hidroalcoólica;

– cubra sistematicamente o nariz e a boca e tussa ou espirre na direção do cotovelo;

– assoar o nariz em um lenço descartável para ser descartado imediatamente na lata de lixo;

– evite tocar seu rosto, especialmente seu nariz, boca e olhos.

“Para eventos, os convidados precisam de assentos designados. No máximo 10 pessoas por mesa, e as mesas devem estar a 1m de distância”, conta Marie-Laure Giacomelli.

As máscaras devem ser usadas sistematicamente por todos quando a distância física não pode ser garantida para pessoas acima de 11 anos.

Há um grande ponto de interrogação para atividades ao ar livre, como o coquetel ou se as pessoas querem planejar a dança ao ar livre. “Ninguém conseguiu realmente ter uma resposta específica, mas se você fizer uma aplicação estrita do decreto, coquetéis e bailes não podem acontecer”, afirma.

Na França, também existem regras locais – cada departamento pode decidir tomar medidas específicas. “Em algumas áreas, os bailes podem excepcionalmente ser permitidos (os casais precisam de solicitar a autorização). No entanto, nas áreas mais afetadas e definidas como” zonas vermelhas “, as regras tendem a ser mais rígidas. Por exemplo, na minha área (Rhône) , as máscaras são obrigatórias na principal cidade de Lyon e para qualquer encontro com mais de 10 pessoas, seja em ambientes fechados ou ao ar livre ”, conta.

E as prefeituras locais também podem ter suas próprias regras. “Então é preciso verificar se está tudo certo com a prefeitura, o departamento e as normas nacionais”, lembra Marie-Laure Giacomelli.

Quanto às fronteiras, está aberta para quase todos os países. Os viajantes de alguns países precisam ser submetidos a quarentena (por exemplo, Reino Unido), e outros precisam apresentar os resultados de um teste virológico de menos de 72 horas (por exemplo, EUA, Panamá, etc.)

onde pode casar

Foto: Alvaro B. Miranda / Wedding planner: Maria Connie Martins Vieira – Ambiance Weddings Azores

México

San Miguel de Allende

De acordo com Estela Maldonado, da Bougainvillea Weddings, em San Miguel de Allende, existem várias regras de segurança para realizar eventos durante a pandemia:

– No momento estão autorizados eventos para 50 pessoas mais uma equipe de 10 pessoas. No estado de Guanajuto, já estão permitido festas para 100 pessoas, tudo claro, obedecendo as normas sanitárias estabelecidas por cada município.

– Os fornecedores devem ter várias certificações locais para poderem realizar os eventos.

– A equipe de garçons e bartenders devem ter uma certificação especial para poder oferecer os serviços.

– A Bougainvillea Weddings adotou um questionário de segurança, que deve ser respondido dias antes da viagem dos visitantes, onde várias perguntas são feitas para detectar sintomas antes da visita.

– Uso de máscara, fornecimento de álcool em gel, tapetes higienizadores, pias disponíveis para lavagem das mãos e tratamento especial para copos e louças.

Veracruz

Segundo Laura Anintúa Valdov, existem muitas restrições, mas em propriedades privadas, seguindo as normas de seguranças é possível realizar celebrações.

“Mais de 30 profissionais do casamento, incluindo eu, se reúnem para elaborar o manual de prevenção de higiene em casamentos e eventos para trabalhar com segurança. Estamos apenas aguardando a autorização do governo para começar a trabalhar nos locais. Enquanto isso, estamos aplicando. medidas para pequenos eventos de não mais de 100 pessoas, celebrados em casas ou jardins que são propriedade privada ”, diz Laura.

Hotéis e restaurantes estão abertos, mas com número restrito de pessoas e medidas de segurança. Os voos para a cidade são limitados, por isso é mais fácil chegar a Veracruz de carro.

onde pode casar

Foto: Fine Art Studio / Wedding planner: Gwenaelle Grosset

Yucatán

Em Yucatán ainda não existe uma “autorização oficial”para poder realizar eventos. Porém, as cerimônias religiosas já estão liberadas e as igrejas já estão abertas, permitindo uma lotação de 30% e seguindo todos os protocolos.

Já para quem for fazer o casamento civil, ele deve ser feito no cartório, e só é permitido apenas o casal e as testemunhas.

Os eventos que estão acontecendo são realizados em residências e restaurantes, seguindo todos os protocolos oficiais e não podem ter mais de 50 pessoas e são permitido apenas familiares.

Em outubro, pode haver permissão oficial para fazer eventos como convenções para 150 pessoas. “Esperamos o anúncio da permissão para eventos sociais também em outubro, o que nos permitirá fazer eventos com 50% da capacidade do local”, diz Badel Gómez Nechar, do Soiree Event Planning.

As fronteiras estão abertas, os voos internacionais estão funcionando.

Caribe mexicano

Riviera Maya e Tulum estão agora na fase de risco amarelo, e eventos com menos de 50 pessoas são permitidos. “Começaremos a receber micro casamentos no próximo mês”, diz Gwenaelle Grosset.

A planejadora de casamentos Ilse Diamant, da Diamant Events, afirma que o Caribe mexicano está recebendo mais turistas e voltando à maioria das atividades. “O governo acaba de reabrir os marcos das ruínas para os visitantes”, diz ela.

onde pode casar

Foto: Adri Mendez Photography / Wedding planner: Meghan Cox, Mil Besos

Costa Rica

Na Costa Rica as fronteiras voltaram a ser abertas por etapas agora em setembro, então os casamentos no destino são possíveis novamente, segundo a planejadora de casamentos Meghan Cox, de Mil Besos Costa Rica.

Existem vários requisitos para entrar no país. Esses incluem:

• possuir seguro de viagem com cobertura COVID-19, emitido em inglês ou espanhol.

• um teste de PCR COVID-19 negativo 72 horas após o voo.

• comprovante de residência no país permitido. Por exemplo, uma carteira de motorista.

• um passe epidemiológico de saúde. Você pode preencher este formulário aqui: https://salud.go.cr

Peru

A planejadora de casamentos Jossy Quezada conta que o Peru abrirá suas fronteiras internacionais em meados de outubro.

O teste COVID é obrigatório, mas não há necessidade de quarentena. “Estamos iniciando a fase 4 de reativação econômica. No entanto, eventos sociais não são permitidos durante todo este ano. Casamentos civis acontecem com restrições, sem comemorações. Cerimônias religiosas ainda não são permitidas e igrejas ainda estão fechadas, então novas datas estão em espera “, diz Jossy Quezada.

Bélgica

A organizadora de casamentos Brigitte Kater, da Perfect Celebrations, diz que na Bélgica as fronteiras estão abertas. “Porém, se você vem de um destino da Zona Vermelha, é obrigado a fazer o teste COVID e ficar em quarentena por 14 dias”, explica.

Apenas casamentos sentados para um máximo de 10 pessoas são permitidos. “Infelizmente nosso governo decidiu isso no começo. Certamente não vão mudar isso nos próximos meses. Eles bloquearam as festas privadas”, diz Brigitte Kater.

Dinamarca

Na Dinamarca, as medidas são mais flexíveis do que na maioria dos países.

“As festas privadas são permitidas para até 50 pessoas, sem necessidade de uso de máscaras, sem quarentena. Realizamos casamentos como de costume – a maioria ao ar livre, e mantemos distância entre nós”, conta a planejadora de casamentos Lena Hansen, da Nordic Adventure Weddings.

onde pode casar

Foto: Renate Meimere / Wedding planner: Lena Hansen – Nordic Adventure Weddings

Sobre:

#
iCasei

Somos o maior portal de casamentos do Brasil, e nada melhor do que especialistas no assunto para trazer dicas, notícias e tendências desse universo maravilhoso e encantador. Desde 2007 no mercado, mais de 1 milhão de noivos já usaram nossa plataforma.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Av. Dr. Chucri Zaidan 1550, 31º - São Paulo - CEP: 04711-130 - CNPJ: 08.762.226/0001-31 © iCasei 2007 - 2020