Revista

Guia completo para organizar o mini wedding dos sonhos

Especialistas ensinem o passo a passo de como ter o mini wedding perfeito – e ainda dão dicas para economizar em alguns detalhes!

Mini wedding, em tradução livre, quer dizer “casamento pequeno”. É uma festa intimista que reúne apenas as pessoas mais próximas aos noivos, com 100 convidados, no máximo.

Geralmente, o evento é realizado em lugares cercados pela natureza e com cenários acolhedores. Até porque a ideia é que a cerimônia tenha esse ar de festa de família, realizada no quintal de casa mesmo.

Só que o fato de ser menor não quer dizer que seja mais fácil de organizar. Decoração, gastronomia, dress code e outros detalhes precisam de atenção. Por isso, montamos um dossiê completo que vai te ajudar a descobrir como fazer o mini wedding dos sonhos em casa, no campo, no buffet…

casal-em-mini-wedding

Foto: Casa da Dona Diquinha/Divulgação

 

Mini wedding: como organizar a lista de convidados?

A primeira dúvida que costuma surgir entre os noivos é como se organizar na escolha da lista de convidados. Ainda mais quando o número de convites é reduzido. Só que essa tarefa é mais simples que parece.

“Basta selecionar pessoas que são verdadeiras, que acompanharam a trajetória do romance e querem a felicidade de vocês”, revela Rogério Junqueira Laudissi, chef e proprietário da Casa da Dona Diquinha.

O complicado, porém, é como agir com quem não será convidado. Isso porque a situação pode criar uma saia justa. Aqui, o ideal é informar sobre a cerimônia. “Feio é casar escondido. Chame a família toda para um churrasco, os amigos para um happy hour… Quem é elegante se sentirá prestigiado, quem fizer cara feira é porque não era para fazer parte do casamento, não é mesmo?”, questiona Bea Castro, designer decoradora da empresa Sara Castro Mini Wedding.

mesa-de-convidados-de-mini-wedding

Foto: Marni Rothschild Pictures

 

Em busca do lugar perfeito

Com a lista de convidados definida, está na hora de buscar o lugar do casamento. Há dois fatores primordiais nessa escolha: conforto e orçamento.

O primeiro ponto diz respeito à parte técnica dessa escolha. “O casal deve avaliar com olhar clínico se o espaço comporta confortavelmente suas necessidades. Isso é, se acolhe a quantidade de convidados, se há um espaço para cerimônia e outro para festa, se tem cobertura ou Plano B em caso de chuva, se a cozinha tem estrutura para receber o buffet…”, comenta Bea.

Porém, não adianta ter tudo isso e não se adequar ao orçamento de vocês. É aí que entra o segundo fator. “Não basta pensar no valor da locação em si. É necessário cogitar se o preço não implicará no projeto como um todo. Contratação de estrutura a parte e investimento alto na decoração, por exemplo, são detalhes que precisam ser considerados”, aponta a especialista.

Lembre-se: você só vai ter o mini wedding rústico ou sofisticado dos sonhos se conseguir aliar beleza e budget.

mesa-de-convidados-para-mini-wedding

Foto: Simone Lobo/Sara Castro Mini Wedding

 

Decoração para mini wedding

A decoração é responsável por dar o tom do casamento. O problema é que muitos casais usam referências de grandes festas para construir seu mini wedding. “É outro formato. Não tem relação com o tipo de cerimônia proposta”, alerta Bea. “A decoração de um casamento pequeno é cheia de personalidade e se adapta ao local que é inserida.”

Como os espaços costumam ser rodeados por natureza, a ideia é trabalhar com muitas flores. A dica é usar as espécies da estação para baratear o orçamento. “Devemos usar o que a natureza nos fornece naquele momento. Não tem porque gastar um valor maior só para ter uma flor fora de época. O importante é que o visual final seja nas cores propostas”, afirma a especialista.

Por falar em paleta de cores, o mini wedding combina com diferentes tons. Mas, para 2019, a Sara Castro Mini Wedding traz a coleção “Essencial e Elegante”, com cinco linhas. “As paletas foram pensadas com cuidado para que pudéssemos abraçar todos os perfis”, explica Bea.

A opção “Coral” é baseada no Living Coral, eleita a cor do ano pela Pantone, e é voltada para os casais mais modernos. A “Citron” combina azul e amarelo e é ideal para casamentos descontraídos, enquanto a “Rouge” é mais sofisticada e traz tons vermelhos para as noivas marcantes. “Rose” é a linha com tonalidades rosas, para as românticas de plantão. Por fim, “Vert” é uma coleção sem flores, para quem curte apenas folhagens, mas com um toque de sofisticação com o uso de preto e dourado.

“Essas paletas são pontos de partida. Não há necessidade de seguirmos dessa forma. Porém, os casais gostam muito de visualizar as propostas pré-prontas para se identificar com alguma ou solicitar pequenas mudanças para se aproximar do perfil deles”, ressalta Bea.

decoração-living-coral-para-mini-wedding

Foto: Justin DeMutiis Photography

 

O que você precisa saber sobre a gastronomia

Seguindo a pegada intimista, a gastronomia do mini wedding pode também fugir do tradicional e ir para um lado mais caseiro. Para tal, Rogério indica três tipos de serviço: buffet franco americano, menu degustação e finger foods.

“No primeiro estilo, podemos fazer uma grande mesa na varanda ou no jardim e todos os convidados se servem e sentam para almoçar ou jantar. No segundo, o garçom passa com cada prato definido em cardápio. As pessoas comem quase toda a festa em intervalos, então, aconselhamos essa modalidade caso os convidados sejam mais jovens e descolados. Por fim, a ‘comida com as mãos’ traz pequenas delícias e fica bem legal se o evento for mais para o meio da tarde e começo da noite”, explica o especialista.

Quando o assunto é a mesa de sobremesas, a dica é apostar em um bolo espatulado ou naked, que combina mais com o clima do ambiente. Em relação aos docinhos, além dos tradicionais, vale a pena encomendar tortinhas e mini cheesecake, que são mais rústicos e estão entre as tendências de doces para casamento 2019.

mesa-de-bolo-para-mini-wedding

Foto: Simone Lobo/Sara Castro Mini Wedding

 

Trajes dos noivos e convidados

O mini wedding combina com trajes mais leves e descontraídos. Mas isso não significa que jeans e malha estão permitidos. Ainda assim, é um evento formal que tem regras a serem seguidas, tanto pelos noivos como pelos convidados.

• De olho na noiva!

Mini wedding pede por modelos mais fluidos. “Esse ambiente casa melhor com estilo romântico, como o vestido de noiva evasê, que tem caimento solto e saia em A”, indica a consultora de imagem e estilo Rita Heroína. “Peças muito armadas ou com caudas longas não são recomendadas. Um vestido exuberante não orna com o resto da linguagem e nem com o tamanho do espaço.”

Pensando no look completo, vale também voltar sua atenção para os sapatos. Como esses tipos de eventos tendem a ocorrer ao ar livre, é importante pensar nas condições do terreno e no tamanho do salto. “Grama e salto agulha não combinam. Já na praia, é melhor evitá-los em geral”, alerta Rita. A dica é procurar saltos menores e quadrados ou até investir em sapatilhas.

Para fechar, a beleza deve seguir a linha mais natural, assim como é a proposta do mini wedding como um todo. “Na maquiagem, o brilho é bem-vindo, mas em cores claras, tons nudes ou rosados. Não carregue no preto. Já para o cabelo, penteados semipresos e soltos transmitem a ideia de que a noiva está à vontade com o ambiente”, revela a especialista.

vestido-de-noiva-para-mini-wedding

Foto: Ryan Scott Welsh

 

• Look do noivo

O mini wedding dá mais liberdade para o noivo sair do look tradicional. “Ele não precisa carregar na formalidade, usando o traje social completo. É possível optar apenas por uma peça: terno ou colete”, comenta Rita.

Inclusive, se a cerimônia for na praia, dá para ousar ainda mais nessa escolha. “Um modelo de linho, por exemplo, conversa bem com a linguagem praiana. Ou ainda podemos apostar na combinação bata e calça”, diz a profissional.

Em relação às cores, o noivo está livre para escolher aquela que mais combina com seu estilo. A regra também vale para os tecidos. “Pode ter mais brilho ou ser todo fosco. Depende do gosto dele”, afirma Rita. Tudo é permitido se fizer sentido para você.

traje-do-noivo-para-mini-wedding

Foto: Emily Delamater Photography

 

Dress code para os convidados

Quando o assunto é o dress code dos convidados, o caminho certo é não exigir tanta formalidade. Lembre-se: a ideia do mini wedding é ser uma festa de família e fazer com que todos se sintam em casa, à vontade.

Para Rita, o traje esporte fino é o mais recomendado. Aqui, as mulheres podem apostar em comprimentos midis, maquiagem e acessórios. Para os homens, um terno e, dependendo do horário, a gravata é opcional.

“Essas dicas devem estar escritas no convite para orientar seus convidados a estarem elegantes no Grande Dia”, ressalta a consultora de imagem.

convidados-em-mini-wedding

Foto: Rebecca Yale

 

Mini wedding: preço

Agora que você já conferiu nossas dicas de como organizar um mini wedding para 20 pessoas ou 100 convidados, está na hora de falar sobre um ponto importante: preço. De acordo com Bea, os gastos podem variar entre R$ 15 mil e R$ 70 mil. Os valores levam em consideração o casamento completo, inclusive o vestuário do casal.

“Proporcionalmente, o mini wedding sai mais em conta do que um casamento grande, pois, se pensarmos na qualidade que é oferecida e na personalização dos detalhes, a festa em maior escala não sairia por menos de R$ 150 mil”, garante a especialista.

Veja mais inspirações no nosso perfil no Pinterest

</>

Sobre:

#
Bianca Bellucci

Bianca Bellucci trabalha como jornalista desde 2012 e já escreveu para grandes portais, como UOL e Terra. Teimosa como uma boa taurina, convenceu os pais a trocarem uma viagem para a Itália para comemorar as Bodas de Prata por uma festa com direito a tudo que manda o figurino. Apaixonada por cultura pop, adora casame...

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Av. Dr. Chucri Zaidan 1550, 31º - São Paulo - CEP: 04711-130 - CNPJ: 08.762.226/0001-31 © iCasei 2007 - 2019