Revista

Medicina integrativa para noivas: alívio do estresse e da ansiedade

Entenda como funciona e conheça ainda dez práticas integrativas complementares

Terapias como a acupuntura, eram chamadas de terapias alternativas. Hoje, no entanto, o termo vem caindo em desuso. Atualmente fala-se em Práticas Integrativas e Complementares. Saiba como a medicina integrativa para noivas pode te ajudar a aliviar o estresse e a ansiedade.

Veja também:  Em forma em 2019! Confira as dietas e exercícios que estão em alta

medicina integrativa

Foto: Shutterstock

Medicina integrativa e complementar

De acordo com Roberto Debski, médico especialista em Homeopatia e Acupuntura pela Associação Médica Brasileira, o termo “medicina alternativa” significava a opção por um tratamento e a exclusão do outro. “A Medicina Integrativa e Complementar trabalha muito bem associando outros métodos de tratamento, inclusive a medicina convencional”, explica o profissional.

“Alguns dos tratamentos mais conhecidos incluem acupuntura, medicina chinesa e a naturopatia. Outros como a homeopatia e a fitoterapia são práticas que usam substâncias que modificam o estado de saúde. Existem também técnicas de corpo e mente, como relaxamento e meditação”, acrescenta Marcus Yu Bin Pai, médico pesquisador do Grupo de Dor do Departamento de Neurologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo.

Veja também: Treinos para manter a forma antes e depois do casamento

medicina integrativa

Foto: Shutterstock

Medicina integrativa para noivas

Mas como funcionam essas técnicas e por que elas são indicadas para as noivas? As terapias interativas trabalham o ser como um todo e auxiliam no equilíbrio entre corpo e mente. É o que explica a terapeuta holística Camila Barone, certificada pela Associação Brasileira de Terapia Holística.

“Nas terapias integrativas tratamos os corpos energéticos e físico ao mesmo tempo. Isso porque, no enfoque holístico, a doença do corpo físico é o reflexo ou a somatização das desarmonias já existentes nos corpos energéticos ou emocionais. Assim, o tratamento tem por objetivo não apenas aliviar as dores ou desajustes do corpo físico – que é apenas o sintoma – mas também detectar a origem do desconforto e a sua causa”, explica Camila.

Por mais que o casamento e toda a sua preparação seja muito especial, esse pode ser um momento bastante estressante, não apenas para a noiva, mas para o casal em si.

“As noivas estão em um processo de mudança de vida, o que pode gerar ansiedade e estresse. As terapias integrativas podem ajudar a aumentar a resiliência e a resistência física, auxiliando no gerenciamento do estresse e no equilíbrio físico e emocional”, aconselha Roberto Debski.

Veja também:  Chá de hibisco | Dicas para adotá-lo na dieta rumo ao altar

Atenção em todos os aspectos

Qualquer pessoa pode buscar por tratamentos integrativos, mas sempre mantendo o acompanhamento médico, é o que orienta Debski.

“Por vezes, especialmente nos casos iniciais de doenças funcionais, as terapias integrativas podem ter efeito sozinhas, em outras há a necessidade de serem utilizadas como complementares. Somente o médico assistente que tenha conhecimento dessas práticas pode orientar o paciente em seu tratamento, acompanhando-o integralmente.”

Veja também:  Benefícios dos chás para as noivas: como escolher segundo o seu objetivo

10 Práticas Integrativas e Complementares

Acupuntura

Como dissemos anteriormente, é um tratamento milenar chinês, que consiste na inserção de pequenas agulhas finas em pontos determinados do corpo, para se obter efeitos terapêuticos como alívio de dores, relaxamento muscular, além de controlar ansiedade e estresse.

medicina integrativa

Foto: Shutterstock

Apiterapia

Método que utiliza produtos produzidos pelas abelhas nas colmeias como a apitoxina, geléia real, pólen, própolis, mel e outros.

medicina integrativa

Foto: Shutterstock

Biodança

Sistema baseado em experiências do crescimento pessoal induzido pela música, movimento e emoção. Esta terapia utiliza exercícios e músicas organizados, a fim de aumentar a resistência ao estresse, promover a renovação orgânica e melhorar a comunicação.

Sua metodologia é induzir experiências de integração por meio da música, do canto, do movimento criando situações que facilitam a reunião em nível de relacionamento interpessoal.

Constelação familiar

Técnica de representação espacial das relações familiares que permite identificar bloqueios emocionais de gerações ou membros da família.

Cromoterapia

Utiliza as cores nos tratamentos das doenças com o objetivo de harmonizar o corpo.

Veja também:  Dicas para adotar a dieta low carb antes do casamento

Ioga

Trabalha o praticante em seus aspectos físico, mental, emocional, energético e espiritual visando à unificação do ser humano em si.

medicina integrativa

Foto: Shutterstock

 

Entre os principais benefícios podemos citar a redução do estresse, a regulação do sistema nervoso e respiratório, o equilíbrio do sono, o aumento da vitalidade psicofísico, o equilíbrio da produção hormonal, o fortalecimento do sistema imunológico, o aumento da capacidade de concentração e de criatividade e a promoção da reeducação mental com consequente melhoria dos quadros de humor, o que reverbera na qualidade de vida dos praticantes.

Meditação

Tem como finalidade facilitar o processo de autoconhecimento, autocuidado e autotransformação e aprimorar as interrelações – pessoal, social, ambiental – incorporando à sua eficiência a promoção da saúde. Amplia a capacidade de observação, atenção, concentração e a regulação do corpo-mente-emoções.

medicina integrativa

Foto: Shutterstock

Massoterapia

Tem como objetivo proporcionar bem-estar por meio da manipulação e massageamento de tecidos moles, como pele e músculos. Melhora circulação local e ajuda a aliviar tensões.

Reiki (cura pelas mãos)

É a canalização da frequência energética por meio do toque ou aproximação das mãos e pelo olhar de um terapeuta habilitado no método, sobre o corpo do sujeito receptor.

medicina integrativa

Foto: Shuttetstock

 

A terapêutica objetiva fortalecer os locais onde se encontram bloqueios – “nós energéticos” – eliminando as toxinas, equilibrando o pleno funcionamento celular, de forma a restabelecer o fluxo de energia vital (Ki).

Terapia de Florais

Uso de essências florais que modifica certos estados vibratórios. Auxilia no equilíbrio e harmonização do indivíduo.

Veja também:  Dieta três meses antes do casamento? Veja 5 dicas imperdíveis para manter a saúde e o peso!

Medicina integrativa para todas

Vale ressaltar que, atualmente, todos podem se beneficiar das medicina integrativa. Hoje, o Sistema Único de Saúde (SUS) oferece 29 práticas integrativas e complementares à população.

Em 2006, quando foi criada a Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares (PNPIC), eram ofertados apenas cinco procedimentos. Após 10 anos, em 2017, foram incorporadas 14 atividades, chegando as 19 práticas disponíveis atualmente à população. Em 2018, mais 10 práticas foram incluídas ao programa.

Confira quais tratamentos são disponibilizados pelo SUS:

medicina integrativa para noivas tabela

Fonte: Ministério da Saúde

 

Veja mais no nosso perfil no Pinterest

</>

Sobre:

#
Thieny Molthini

Thieny é jornalista e escreve para veículos impressos e sites desde 2010. Adora lanches, churrasco e uma cerveja no final de semana, mas não dispensa uma comédia romântica e um balde de pipoca. Já fez dancinha coreografada quando foi madrinha de casamento do seu irmão, mas pensa em algo mais discreto quando chegar a sua vez.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Av. Dr. Chucri Zaidan 1550, 31º - São Paulo - CEP: 04711-130 - CNPJ: 08.762.226/0001-31 © iCasei 2007 - 2019