Os meses que antecedem o grande dia costumam ser os mais desafiadores. Detalhes finais para ver, correria de fornecedores e, claro, a ansiedade tende a atacar e muitas noivas resolvem começar a fazer dieta.

Porém, a saúde é o que mais importa e de nada adianta estar magra no vestido, por meio de dietas mirabolantes e quase morrer de fome no altar, certo!

Por isso, fomos atrás de duas nutricionistas renomadas para encontrar 5 dicas imperdíveis para controlar a alimentação, preparar a dieta ideal e deixar o seu corpo preparado para arrasar no grande dia!

dieta
Foto: Shutterstock

Veja também:  8 coisas para fazer uma semana antes do casamento

Cuidado antes de começar a dieta

“A estética é importante, principalmente para quem será o centro das atenções na cerimônia. Porém, se essa perda de peso não for acompanhada de bem-estar e qualidade de vida ou se for através de medidas muito restritivas, podem ocorrer debilidades nutricionais (carência de nutrientes), que se manifestam em vários sintomas, como queda de cabelo, desidratação, olheiras, dor de cabeça, queda da imunidade (resfriados, gripes, infecções, candidíase, herpes), intestino alterado, má digestão, baixa disposição física, entre outros”, alerta Christiane Bergamasco, nutricionista da Clínica Dra. Cristiane Coelho, em São Paulo.

1 – Casal unido até na alimentação!

Um grande investimento à saúde é cuidar da alimentação para que esta seja saudável e adequada ao seu perfil. Por isso, organização e planejamento são as palavras chaves para cuidar da saúde alimentar! Para começar, Chris indica uma reeducação em casal.

“Estudos epidemiológicos demonstram que os comportamentos, corretos ou ruins, são seguidos pelo casal. Quando um dos membros resolve mudar, o outro se torna influenciado pela mudança. Então, você pode trazer seu parceiro para iniciar uma jornada de alimentação saudável. Assim, praticando a rotina de alimentação saudável resulta em uma aderência melhor e mais duradouro.”

dieta
Foto: Shutterstock

Gaby Consiglio, da Essence – Nutrição em Casa, enfatiza a procura correta por profissionais para auxiliar neste período, já que a cabeça fica a mil por hora e são muitas tarefas para gerenciar.

“Minha sugestão é uma nutricionista, um educador físico e um profissional da área de estética para ajudar na dieta. Digo que a união desses profissionais é o casamento perfeito, pois eles irão ajudar muito indicando alimentação, atividade física e tratamentos estéticos para o perfil da noiva”, conta ela. Chris também menciona uma rede de apoio familiar, para aderir à rotina saudável. As mudanças se tornarão mais fáceis.

Veja também:  Como Combater o Estresse Antes do Casamento

2 – Planejar e se organizar sempre!

Depois de encontrar um plano alimentar perfeito para você (se possível com a ajuda de um profissional), a organização vai ser a sua melhor amiga! É legal traçar um planejamento com as refeições, para que você tenha noção do que preparar antes para levar.

“Após saber onde quer chegar, fazer compras, cozinhar comida de verdade, deixar comida pronta no freezer, levar lanchinhos na bolsa, ou ter acessos a alimentos saudáveis no momento da fome trará resultados positivos”, afirma a nutricionista da Clínica Dra. Cristiane Coelho.

dieta
Foto: Shutterstock

A Essence – Nutrição em casa é especialista em menus pré-prontos e congelados, que podem ser uma ótima alternativa para quem tem uma rotina corrida e não consegue ter tanto tempo para cozinhar. Outras empresas também têm esse tipo de serviço e é legal procurar se elas também oferecem dietas personalizadas.

“Faça opção por alimentos integrais, ricos em fitoquímicos, com propriedades termogênicas e gorduras boas, reduzidos em sódio e açúcar. Beba muita água, utilize algumas combinações de chás diuréticos (cavalinha, hibisco, gengibre, canela, moringa) e sopas, aposte em frutas, verduras e legumes”, conta Gaby.

3 – Carboidratos podem ser os vilões?

Talvez sim! Danielle Preu, que se casou em um mini-wedding caseiro, cuidou muito da alimentação nos últimos três meses antes do seu casamento.

“Eu fiz uma alimentação total sem carboidrato, com exceção dos dias que eu precisava muito de um pãozinho na chapa! Até hoje eu tenho o costume de colocar gengibre e canela em tudo, pois ajuda muito a acelerar o metabolismo”, afirma ela.  Então, diminuir as quantidades de carbo ingeridas tendem a ajudar na perda de peso.

dieta
Foto: Shutterstock

Veja também:  15 dicas certeiras para evitar o estresse no dia do seu casamento

4 – Alimentos que são os heróis!

Além da comida de verdade, Chris deu algumas dicas que podem favorecer a saúde e beleza do corpo. Confira os alimentos que podem te ajudar muito nos três meses antecedentes do casamento!

Alguns alimentos que favorecem a diurese:

Água de coco, Salsão, Pepino, Espinafre, Melão, melancia, abacaxi, além de Chá branco / chá de moringa / chá verde / chá de cavalinha / chá de hibiscos.

Chás: ajudam no sistema nervoso / propiciando relaxamento:

Chá branco, Camomila, Maracujá, Melissa.

Alimentos que reduzem o estresse e nutrem o cérebro:

Ajudam na imunidade (para você não ficar doente) e são antioxidantes: Frutas vermelhas (mirtilos, framboesa, amoras, açaí, ameixa vermelha, maçã, pêssego, nuts como amêndoas, castanhas do Pará, nozes; temperos e especiarias como: alho, cebola, cúrcuma, gengibre; farelo de aveia e grãos integrais;

“Além desses alimentos, a mulher deve-se atentar à ação dos hormônios e equilibrá-la com a alimentação natural, rica em nutrientes, evitando ao máximo produtos alimentícios ricos em farináceos, açúcares e gorduras trans. Beber água o suficiente para hidratar-se e para eliminar as toxinas”, enfatiza.

5 – Atividade física? Com certeza!

Você já ouviu a frase: abdômen definido se constrói na cozinha? Pois é! Apesar da alimentação adequada e saudável representar 70% de importância no emagrecimento, a prática de exercício físico associada à dieta apresenta um PLUS no sucesso da estratégia de emagrecimento.

Chris listou alguns benefícios associados do exercício físico à dieta:

dieta
Foto: Shutterstock

 

  • Melhoram o humor pela secreção de endorfinas no corpo: reduz a ansiedade, depressão e tristeza, o que pode levar à beliscos ou ataques à geladeira;
  • Melhora da ingestão alimentar: alguns exercícios poderão aumentar a fome, mas, com o passar do treino, a ingestão alimentar se torna menor, adequando às suas necessidades;
  • Melhora a massa muscular: o que estimula o gasto energético (sustentar músculos gastam mais calorias do que gordura);
  • Adequa o funcionamento hormonal: melhoram a sinalização da insulina, reduzindo quadros de resistência à insulina, quadro este que potencializa o acúmulo de gordura corporal e dificulta a perda de peso.
  • Melhora o sono: sabemos que para o emagrecimento, a qualidade do sono é primordial por ajuste hormonal. Pessoas que dormem mal secretam, em excesso, o hormônio cortisol, o que aumenta o acúmulo de gordura corporal.
  • Reduz o risco de apresentar doenças associadas à obesidade: diabetes, pressão arterial elevada, desfechos cardiovasculares (AVC, Infarto);
  • Aumenta a autoestima: Para as pessoas que têm dificuldade em fazer alguma atividade física, um conselho: FAÇA-O independentemente de gostar ou não! Mude a sua mente para a necessidade desta tarefa, até se tornar um hábito. Qual o melhor exercício? Depende de quem você é! Importante conhecer seu corpo, avaliar qual a sua resposta a cada exposição de exercícios físicos. Um profissional da área de Educação Física ajudará nesta jornada.

Veja também:  Dez coisas para fazer na véspera do seu casamento

Que tal um exemplo de dieta para você ter uma noção melhor? Confira a sugestão da Chris Bergamasco.

dieta
Arquivo iCasei

 

Extra – Receitinhas amigas!

As nutricionistas Chris e Gaby também deram suas sugestões de receitinhas para você fazer em casa!

dieta
Arquivo iCasei
Tags da matéria

Comentários