Revista

Quem deve acompanhar a noiva na escolha do vestido?

Os preparativos do casamento envolvem muitas decisões importantes, mas a escolha do vestido de noiva é uma das principais e saber as pessoas certas para levar nessa ocasião faz toda a diferença

Escolher o vestido de noiva causa ansiedade tanto para a noiva como para as pessoas mais próximas a ela. Mas será que levar todas as madrinhas, a mãe e a sogra para darem opinião é uma boa escolha?

Muitas dúvidas podem surgir pelo caminho, por isso, conversamos com alguns especialistas que podem esclarecer os principais pontos nesse momento delicado para a noiva.

Veja também:  Vestidos de noiva | O guia completo para escolher o modelo dos sonhos!

Foto: Perry Vaile Photography

 

Veja também:  Vestido de noiva 2019 | 6 tendências para arrasar no próximo ano

Quem levar? 

Com a animação dos preparativos do casamento pode parecer muito legal reunir todas as amigas para ajudar a escolher o vestido de noiva. Mas a noiva deve se atentar para alguns detalhes.

Por ser um momento bem íntimo é importante levar amigas que realmente sejam próximas para evitar qualquer desentendimento ou um climão na hora de trocar de roupa, por exemplo.  

Como trata-se de um momento extremamente reservado, pessoas que não façam parte desse ciclo podem atrapalhar. A assessora de casamento Alê Loureiro aconselha: “Não acho que a noiva deva levar muita gente em uma primeira visita. Muitas opiniões podem deixá-la confusa”, afirma. “Eu levaria a mãe e uma melhor amiga, ou uma irmã, no máximo essas duas pessoas”. 

Foto: Stella Yang

Veja também:  Prova de vestido de noiva: saiba o que esperar deste momento!

Cuidado com outras opiniões

Quando a noiva procura uma loja ou ateliê, ela costuma ter referências dos modelos que gosta mais. E, ao vê-la provar diferentes modelos, as acompanhantes vão dando suas opiniões. Nesse momento é importante que a noiva preocupe-se em ser sincera e escolha o modelo que mais se identifica.

Vez ou outra a noiva quer se casar com um vestido sereia, mas a mãe amaria vê-la vestida com um modelo princesa e cabe a noiva ponderar se essa “mudança” de planos combina ou não com ela. 

A dica de Carmen Geraldi, gerente comercial da Esposar, é dar a chance de experimentar de tudo para conhecer seu estilo próprio. “Depois de definido o corte a noiva deve seguir seu gosto pessoal em acrescentar rendas, bordados ou até mesmo optar por um modelo liso de tecido sofisticado”.

Foto: Jenny Quicksall Photography

 

Veja também: Linha do tempo para escolha do vestido de noiva: 12 meses

Esteja aberta à experiência! 

Estar aberta à experiência da procura do vestido de noiva dos sonhos é o primeiro passo para acertar e se redescobrir. Nessa fase, é essencial que a noiva experimente modelos que pode nem ter imaginado inicialmente.

Assim, ela conseguirá se ver em diferentes estilos e modelagens de vestido e ter mais segurança na escolha do modelo para o Grande Dia.

Veja também: Comprar o vestido de noiva: 6 erros mais comuns para o look

Não tenha medo de dizer “não”

É claro que dizer “não” não é uma tarefa fácil para todo mundo. Mas durante os preparativos do casamento os noivos serão bombardeados de palpites e opiniões; cabe a eles saber o que realmente devem ou não utilizar.

Em relação a escolha do vestido, a decisão é toda da noiva. E é ela também que vai poder definir melhor as pessoas que devem acompanhá-la. Se não se sente confortável em convidar todas as madrinhas ou algum familiar, por exemplo, basta uma boa conversa e, certamente, todos entenderão.

Foto: Natalie Bray Studios

 

Uma boa ideia é selecionar poucas pessoas para acompanhar na visita inicial às lojas e ateliês e envolver as madrinhas ou outras amigas nas provas seguintes, depois que o vestido já estiver escolhido. Isso porque a noiva ainda terá algumas provas até o Grande Dia.

Veja também: Comprado, alugado ou sob medida: quanto custa um vestido de noiva?

Dica de ouro!

É de se entender a euforia que um casamento causa na família e nos amigos mais próximos. Todo mundo que tem carinho pelo casal faz questão de participar dos detalhes. Mas alguns ajustes podem ser feitos. 

Talvez antes da prova do vestido a noiva já saiba a(s) pessoa(s) que pode(m) ter opiniões diferentes e, para evitar qualquer saia justa, ela pode se adiantar convidando para outras decisões do casamento – como, por exemplo, a degustação do buffet, ou a prova de flores da decoração.

Foto: Renee Hollingshead

 

Veja também:  Como escolher o vestido de noiva ideal?

Escolhido o vestido, é hora do “sim” 

O processo de escolha do vestido de noiva pode parecer complicado, mas é uma delícia cuidar de cada de detalhe do seu traje para o Grande Dia. A pesquisa é a primeira grande aliada de quem vai casar, depois a busca por um bom profissional para realizar ou encontrar o que deseja e, finalmente, a decisão, que deve ser tomada exclusivamente pela noiva. 

Uma dica para dormir tranquila é: confiar na escolha feita e apagar as referências. Afinal, a noiva ainda tem muitos detalhes para cuidar. “Evite buscar referências de novos modelos de vestidos quando já está com o seu escolhido. Isso acaba gerando mais dúvidas e inseguranças”, finaliza Carmen.

 

Foto:Rebecca Yale Photography

 

Veja mais inspirações de vestidos de noiva no nosso perfil no Pinterest

</>

Sobre:

#
Vitória Silva

Vitória é jornalista e embora seja apaixonada por casamentos nunca imaginou que fosse escrevendo sobre eles. Muito comunicativa sempre gostou de ouvir e contar histórias e tudo isso se combinou quando passou a escrever os casamentos reais a partir das histórias dos noivos iCasei.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Av. Dr. Chucri Zaidan 1550, 31º - São Paulo - CEP: 04711-130 - CNPJ: 08.762.226/0001-31 © iCasei 2007 - 2019