Chega uma hora em que um acontecimento se torna inevitável: deixar a casa dos pais para começar uma vida nova. Seja ela ao lado de amigos, sozinho ou o início de uma rotina à dois, esse passo costuma ser muito desafiador para todos, levantando muitas questões sobre qual a melhor forma de como lidar com a mudança para a casa nova.

Como lidar com a mudança para a casa nova?

mudança para casa nova
Foto: Shutterstock

 

Para muitas pessoas, sair da casa dos pais e, consequentemente, morar sozinho é um dos maiores símbolos da vida adulta. Segundo Elaine Di Sarno, Psicóloga e Neuropsicóloga, além de experimentar a sensação de liberdade pela primeira vez, o jovem cria um dever de responsabilidade muito grande, pois se torna o principal responsável por sua vida.

O acontecimento implica em desenvolver a capacidade de administrar a própria vida e resolver os próprios problemas (se frustrar quando não conseguir, mas, também, comemorar quando conseguir).

A experiência de morar sozinho

mudança casa nova
Foto: Shutterstock

 

Muitas pessoas, antes de se mudarem para a nova casa com o seu novo marido ou esposa, passam um período morando sozinhos ou dividindo um local com os amigos.

É menos traumático que sair da casa dos pais diretamente para a vida de casados, mas isso não significa que as mudanças sejam menos bruscas, já que tudo o que passa por uma modificação requer um período de adaptação.

Veja também: Como lidar com a família do parceiro?

Casamento

mudança casa nova
Foto: Shutterstock

 

Quando o motivo para sair da casa dos pais é o casamento, pode existir mais dificuldade em adaptar-se à rotina de outra pessoa. Muitas vezes a pessoa pode estar acostumada a mandar ou ser mandada e, muitas vezes, essa situação pode ser mais confortável do que dividir responsabilidades e decisões.

Começando uma vida a dois

mudança casa nova
Foto: Shutterstock

 

Começar uma vida à dois não é tarefa fácil e isso fica evidente em todos os relacionamentos amorosos. Para Marina Simas de Lima, psicóloga responsável pelo Instituto do Casal, o desafio é bastante grande em ambos as situações de mudança para a casa nova.

Após ter a experiência de viver sozinho é comum criar um desenho pronto que terá que redesenhado a quatro mãos. Esse passo é importante para a construção de uma relação conjunta e sem uma divisão temporária de espaço a curto tempo.

Muitas vezes, quando ambos saem das casas dos pais, querem achar o seu jeito de viver e logo de cara precisam lidar com normas, modelos, valores que podem ser bem diferentes um do outro que vai de acordo com criação, educação e tradição da família de origem. É preciso constituir um formato de conjugalidade que agrade e realize ambos.

Veja também: Casamento blindado | 5 dicas para lidar com as manias do outro

Superando o desafio

mudança casa nova
Foto: Shutterstock

 

Muitas pessoas têm dificuldades para lidar com mudanças, ainda mais quando elas transformam completamente a forma de viver. Isso acontece quando o indivíduo deixa a casa dos pais e decide se casar, já que os sentimentos de solidão e saudade são bastante comuns.

Uma dica da Psicóloga Elaine Di Sarno para lidar com a situação é se preparar psicologicamente e emocionalmente para essa nova fase da vida. Procure considerá-la como uma etapa de crescimento pessoal. Afinal, você será obrigado a ir além de seus limites para criar responsabilidade e aprender novas habilidades.

Planejamento é necessário

mudança casa nova
Foto: Shutterstock

 

Quando se vive em casal, é comum perceber que muitos objetivos, na maioria das vezes, necessitam de dinheiro para serem alcançados. Dessa forma, é fundamental o casal ter em mente a importância de um planejamento que permita manter suas finanças em dia.

Ao sair da casa de seus pais, o casal se tornará o responsável por manter em dia todas as contas de uma residência, precisando pagar algumas despesas com as quais ainda não estavam acostumado.

O salário dos dois vai dar conta do recado da mudança de casa? Se a resposta for “não”, talvez valha a pena analisar a possibilidade de adiar o projeto, pois casar é uma decisão séria e mesmo que não seja um casamento formal, a convivência diária será igualzinha.

Veja também: Finanças na vida a dois | Como administrar o dinheiro do casal?

Planilhas

Uma boa dica é fazer uma planilha com a previsão de gastos, incluindo itens como moradia, mercado, transporte, detalhes que incluem também os valores relacionados ao estilo de vida de cada do casal, como: academia, restaurante, celular e lazer. À planilha deve ser preenchida todo mês, para controlar as contas e ser feita em dupla, somando as receitas e gastos do casal.

Evite brigas desnecessárias!

mudança casa nova
Foto: Shutterstock

 

A fim de evitar briguinhas sem importância, as singularidades do casal precisam ser levada em consideração e o diálogo, quase sempre, é a melhor maneira de evitar essas situações indesejáveis. O Instituto do Casal realizou uma pesquisa com 700 casais para saber quais os principais motivos que levavam os casais brasileiros a brigar e o resultado foi o seguinte: em 1º lugar bagunça e desorganização; seguido por dificuldade de comunicação, falta de diálogo e uso excessivo de celular e internet.

Na 4ª posição, críticas excessivas (muitos casais estão treinados para ver o que não funciona e o que falta na relação, deixando de valorizar e elogiar o que funciona). Em 5º lugar apareceu a divisão injusta das tarefas domésticas, tópico que ainda fica mais pesado para as mulheres: casa, filhos, trabalho, empregada e mais. Em 6º lugar reclamações sobre a vontade de transar, quando um quer sexo e o outro não.

Veja também: Briguinhas bobas: como lidar com esses momentos do relacionamento?

Texto feito com a consulta de Marina Simas de Lima, psicóloga responsável pelo Instituto do Casal e da Psicóloga e Neuropsicóloga Elaine Di Sarno.

Veja mais no nosso perfil no Pinterest

</>

Tags da matéria

Comentários