Revista

Mega Hair para noivas! Saiba todos os detalhes e técnicas para deixar o seu penteado ainda mais bonito!

 Tela, ponto americano, fita adesiva... Essas e outras técnicas de mega hair ajudam muito na hora de criar os famosos penteados de noivas. Veja as dicas!

Entre os itens que compõe a beleza de uma noiva, o penteado está, com certeza, entre os primeiros a ser escolhido, pesquisado e sonhado. Assim como o rosto e a maquiagem, o cabelo recebe enorme atenção.

Ele será solto? Ondulado e preso? Semi preso? Essas e outras perguntas costumam rondar a cabeça das noivas, no entanto, uma das questões mais importantes é: Será que eu tenho o volume e o comprimento ideal para o penteado que eu gostaria de fazer?

Para essas dúvidas, o mega hair pode ser um aliado poderoso nesses momentos. “Vale super a pena investir em um mega hair. Muitas vezes, as noivas ficam limitadas na escolha do penteado ideal, por não terem volume ou comprimento. E as técnicas existentes hoje no mercado vieram para ajudar principalmente nesses dois casos”, afirma Wesley Nobrega, hair stylist do Allummê by Wesley Nobrega.

Veja mais: 12 melhores lojas para comprar ou alugar o seu vestido de noiva em São Paulo

mega hair

Foto: Shutterstock

 

Antes de tudo, o ideal é que você marque uma avaliação com o profissional que você escolheu para fazer sua beleza, pois ele vai analisar o seu fio e dizer se o procedimento é adequado ou não. Aliás, ele também vai indicar qual a técnica mais indicada de mega hair para a sua necessidade.

“Se a noiva tem cabelo fininho, o mega hair ajuda a dar corpo e glamour ao penteado, a segurar melhor as presilhas e tiaras escolhidas por ela. Hoje em dia, existem vários tipos de técnicas no mercado, como o tic tac, que é um dos mais temporário, além de mega hair de queratina, ponto americano,  tela, fita adesiva e o microlink. Esses são os mais conhecidos atualmente e os que a gente, como profissionais, mais indica”, explica Clau Theofilo, especialista em mega hair e hairstylist do Espaço Soul.

Técnicas temporárias X Técnicas com maior longevidade

Wesley explica que os tipos de mega hair podem ser separados em duas categorias: os temporários e os semi definitivos. 

Veja mais: Penteados para casamento | Guia completo para madrinhas e convidadas

Mega hair temporário

Tic tac: Uma das técnicas mais fáceis de se usar, com a vantagem de deixar os cabelos mais livres do mega, em especial, quando desmanchar o penteado. Ideal para uma noite e para as noivas que pretendem ficar com pouquíssimo tempo com ele.

Tela fixa: A tela é fixada com pontos, bem parecidos com o do crochê, no couro cabeludo. Ideal para quem quer aproveitar o estilo do ‘cabelão’ também para uma viajem de lua de mel. A manutenção pode ser feita em cinco semanas e pode ser facilmente retirado antes.

Ponto americano: São feitas pequenas amarras de cabelo em linha reta e, nessa linha, as telas são costuradas na cabeça (literalmente, com agulha e linha). Com duração de um mês, esse método é indicado para quem quer muito volume e comprimento.

mega hair

Foto: Shutterstock

Mega hair semi definitivo

Fita adesiva: Esse tipo de mega veio para ficar e tem sido a escolha da maioria das clientes que buscam ter volume e comprimento todos os dias. A telas são fixadas com fitas adesivas no cabelo próximo ao couro cabeludo, dando muito conforto e naturalidade. A manutenção pode ser em até dois meses e esse tempo pode variar conforme o crescimento do cabelo.

Queratina: as mechas são coladas com queratina nas pontas das mechas do cabelo. E são fixadas com uma pinça quente, que derrete a queratina e a gruda no cabelo. De todos, esse é o método mais agressivo, porque usa queratina plástica e calor para fixar, além do removedor à base de acetona para a remoção. A manutenção pode ser feita em até sete semanas e esse tempo varia conforme o crescimento dos fios.

– Microlink: O mega hair de Microlink é feito por pequenos anéis de metal e dentro destes anéis é que ficam as mechas. Basicamente, consiste em aplicar anéis de metal nos cabelos e amarrar as mechas do aplique nos anéis de microlinks, sem interferência da queratina, sendo assim, evita a danificação dos fios naturais e os fios do aplique. Em geral, o processo de aplicação do microlink tem um tempo muito menor do que a aplicação do mega hair de queratina.

mega hair

Foto: Shutterstock

 

Veja mais: Noiva de cabelo solto pode? Conheça os prós e os contras desse estilo

Os prós e contras de cada técnica: “Isso vai da visão de cada profissional e a escolha de cada cliente. A técnica de mega hair de queratina, por exemplo, quando bem aplicada, fica muito natural, porém não é muito discreta. Geralmente, ao tocar no couro cabeludo, dá para perceber bastante a presença dele. Além disso, se ele for retirado de forma não cuidadosa, pode quebrar muito os fios. Costumo indicar a fita adesiva, que traz uma satisfação ‘dupla’, a de deixar o penteado lindo e satisfazer a cliente após a cerimônia”, comentam os profissionais Arthur Tavares e Paulo Rodrigues, do 88 Hair Style.

Cabelo Natural ou Sintético? Eis a questão!

Uma outra dúvida comum é sobre a origem do cabelo que a noiva vai usar no mega hair. Atualmente, existem dois tipos apenas, o natural (humano) ou o sintético.

“É mais usual indicar o cabelo humano, pois o sintético não nos possibilita usar ferramentas de calor, como os modeladores para fazer cachos. O trabalho com esse material fica muito limitado”, explica Jessica Alves, hairstylist do Salão Pelle & Capelli Unidade ABC.

Além disso, se bem conversado, o cabelo pode durar anos, enquanto o sintético alcança, no máximo, um ano. “Outro fator importante para se levar em consideração é que o mega hair de cabelo sintético brilha muito, ou seja, não traz tanta naturalidade assim para o penteado da noiva”, ressalta Jessica. 

mega hair

Foto: Shutterstock

Quando colocar e as dicas de manutenção!

Pelos profissionais, uma média ideal de antecedência para se colocar o mega hair é de duas semanas antes do casamento. “Para evitar alergia ou desconforto no dia do casamento, o mais indicado é a aplicação de, no mínimo, sete dias antes. Só o tic tac deve ser aplicado e retirado no mesmo dia”, reforça Wesley.

Quantos aos cuidados em casa, para quem optar por uma técnica semi definitiva, um dos mais importantes é o de não deixar ele molhado.

“Dormir com ele molhado? Jamais. O tic tac praticamente não dá problemas. É só tirar, lavar e guardar para o próximo penteado. Agora, os outros métodos têm que tomar cuidado quando for desembaraças os cabelos e usar escova específica para mega hair. Também não é indicado colocar muito spray e óleo na queratina. Evite calor excessivo na raiz do cabelo e, claro, muito cuidado na hora de desembaraçar”, alerta Clau. 

mega hair

Foto: Shutterstock

 

Veja mais sobre beleza da noiva no nosso perfil no Pinterest

</>

Sobre:

#
Tai Goulart

Jornalista, colunista, cantora, compositora, feminista e com vontade de evoluir sempre mais. Trabalha no jornalismo de celebridades e perfis há mais de sete anos e já passou por redações como Estilo e Capricho, como repórter de moda, beleza, comportamento e lifestyle. Co-criadora do projeto #Apenaspare, se sente c...

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Av. Dr. Chucri Zaidan 1550, 31º - São Paulo - CEP: 04711-130 - CNPJ: 08.762.226/0001-31 © iCasei 2007 - 2019