Que tal passar a lua de mel no Chile? O país fica pertinho do Brasil e é uma ótima opção para quem não tem tanto tempo para fazer viagens longas. Além de ser um destino super charmoso para curtir a dois, com sua vinícolas e paisagens de tirar o fôlego.

Leia também: 10 Melhores Destinos de Lua de Mel na América do Sul

Lua de mel em Los Angeles | Roteiro para cinco dias

“O Chile, assim como o Brasil, é um país imenso e que oferece uma grande variedade de atrativos. Há desde opções congelantes na Patagônia, passando por cidades incríveis na região dos lagos, e não poderia deixar de lembrar: o fabuloso Deserto do Atacama! É definitivamente um país que pode ser visitado durante o ano todo”, comenta Fernanda Ferreira, Gerente de Produtos da Almundo.

Confira dicas de roteiro para uma viagem de lua de mel,  de cinco dias ao Chile e as informações para visitar o país:

 Melhor época para visitar o Chile

valparaiso chile
Foto: Signature Travel / RSC Trip Viagens

 

Ainda está programando sua viagem de lua de mel ao Chile e não sabe qual é o melhor período para visitar o país? Helio Marino, gerente de produtos internacional da Turnet, aponta que, pela abrangência geográfica do Chile, é possível encontrar atrativos turísticos durante todas as estações do ano.

“A grande maioria procura o Chile no Inverno, buscando as tão famosas estações de ski; mas o turismo gastro-enológico, o turismo de aventura e os sightseens são indicados ao longo de todo o ano”, pontua Marino.

Leia também: 15 melhores lugares para lua de mel: os preferidos dos noivos!

Destinos de Lua de Mel no Brasil e no exterior para quem gosta de frio

Para quem vai a Santiago, é importante saber que a capital chilena possui as quatro estações bem definidas. “É quente no verão e fria no inverno. Durante o verão, que acontece de dezembro a março, as temperaturas em Santiago variam entre 16°C e 35°C. Por sua vez, no inverno, durante os meses de junho, julho e agosto, as temperaturas ficam entre 0°C e 13°C. O inverno é também a temporada de chuva em Santiago”, explica Ramon Correa da Silva, da RCS Trip Viagens.

Agora se você quiser garantir dias mais ensolarados, a primavera pode ser uma boa escolha, de acordo com Thiago Ramos França, da 99 Tour Viagens e Turismo.

“Nesta época, as temperaturas já começam a subir, os termômetros marcam entre 10 e 25 graus. Há flores por todos os lados. O período também é garantia de dias bonitos, céu azul e quase nada de chuva. As manhãs e as noites têm temperaturas baixas, mas durante o dia esquenta. Ainda é necessário trazer agasalhos leves. Aposte em pelo menos um abrigo mais pesado para o passeio à montanha. A cordilheira é sempre uma surpresa, é bom estar preparado/a”, avisa.

Quanto custa uma viagem para o Chile?

santiago chile
Foto: Foto: Signature Travel / RSC Trip Viagens

 

O custo de uma viagem de cinco dias para o Chile pode variar bastante dependendo do roteiro que o casal pretende seguir, das cidades que pretende visitar e dos passeios que for incluir.

Fernanda, da Almundo, aponta que há pacotes de cinco dias para Santiago com passagem aérea, hotel e seguro custam em média R$1.370,00 por pessoa. França, por sua vez, indica que há roteiros com Aéreo + Hotel + Traslado + Passeios que custam R$ 4.200,00 por pessoa.  Ramon afirma que um pacote de 4 noites com aéreo, hotel luxo com café da manhã, traslados de chegada e partida, city tour, passeio de dia inteiro a Viña del Mar e Valparaíso e seguro viagem sai por US$ 1455,00 por pessoa (mais taxas de embarque).

Leia também: 10 viagens incríveis para comemorar as bodas de casamento

Passo a passo para planejar a lua de mel e evitar imprevistos

De acordo com Camilla Filipi, relações públicas da agência Lovely Trip – Assessoria em Viagens, um pacote de 5 dias no Chile costuma custar a partir de R$ 2.500 por pessoa em hotéis 3 estrelas e a partir de R$ 3200,00 por pessoa em hotéis  4 estrelas (pacote básico incluindo parte aérea ida e volta, hospedagem com café e traslado entrada e saída do hotel).

 Roteiro de 5 dias no Chile: quais cidades visitar?

santiago chile
Foto: Signature Travel / RSC Trip Viagens

 

Para quem vai visitar o país por cinco dias, o roteiro mais comum é combinar uma visita a Santiago, Valparaíso e Viña del Mar.

Mas caso você já tenha feito esses passeios ou queira conhecer um outro lado do Chile, Marino indica também uma viagem de cinco dias a São Pedro do Atacama ou visitar Puerto Mont e Puerto Varas, que é uma viagem focada nas paisagens rumo à Patagônia Chilena.

Confira detalhes, dicas e informações de Fernanda, Marino, Camilla, Silva e França sobre cada uma dessas opções:

Veja também: Organize a mala para a lua de mel deixando a bagagem mais prática e funcional

Prepare as malas: 15 destinos de lua de mel para casais aventureiros

Roteiro 1: Santiago + Valparaíso + Viña del Mar

lua de mel chile
Foto: Shutterstock

Atrações em Santiago

 A cidade de Santiago serve de base de hospedagem, pela localização, o aeroporto internacional e por ter muitas opções de hotéis para todos os gostos e bolsos, segundo Camilla. Também por ser a capital do país, oferece muitas opções de lazer, restaurantes e bares. Confira algumas atrações localizadas na capital chilena:

  • Museu de Arte Pré-colombiana: Seu acervo conta a história dos povos chilenos e da américa pré-colombiana.
  • Palácio de La Moneda: atualmente residência oficial do governo chileno, o local abre seus belos pátios internos são para visitação. Em dias alternados, é possível assistir à troca de guarda que acontece sempre as 10h da manhã.
  • La Chascona: é uma das três casas-museu de Pablo Neruda.
  • Cerro Santa Lucia: é um parque no centro de Santiago que oferece uma linda vista da cidade.
  • Cerro San Cristóbal: é o parque mais famoso de Santiago (e o mais alto!), no qual é necessário utilizar um funicular. Para um passeio ainda mais romântico, a dica é ir no horário do pôr do sol.
  • Sky Costanera: neste edifício, é possível subir a bordo de um elevador de alta velocidade e chegar ao ponto mais alto da América do Sul em menos de 1 minuto. Lá você confere uma surpreendente visão 360º de Santiago a mais de 300m de altura.
  • Plaza de Armas e a Catedral Metropolitana: A Plaza de Armas é o marco zero de Santiago e abriga alguns edifícios  do governo como o Correo Central, Museo Histórico Nacional e La Ilustre Municipalidad de Santiago. Lá também fica a Catedral Metropolitana.
  • Mercado Central: com uma estrutura pré-construída na Inglaterra em 1868, o local oferece uma enorme quantidade de frutos do mar.
  • Museu Nacional de Belas Artes: este é um passeio imperdível para os amantes da arte – só a arquitetura do local já vale a pena ser contemplada. Conta com obras de artistas nacionais e internacionais.
  • Barrio París-Londres: este bairro é como um cantinho da Europa em Santiago. É marcado pelo seu estilo arquitetônico europeu e suas sinuosas ruas estreitas de ladrilhos.
  • Barrio Lastarria: é um dos bairros históricos de Santiago, conhecido por sua boemia e conta com uma grande diversidade de restaurantes, bares e cafés.

 Se estiver em Santiago, também vale a pena fazer alguns passeios “bate-volta” a lugares próximos:

Vinícolas

lua de mel chile
Foto: Shutterstock

 

O Chile é bastante conhecido por sua produção de vinhos. Em Santiago e em suas proximidades, é possível visitar algumas das vinícolas mais famosas do país. Estes locais oferecem visitas guiadas pelas propriedades e degustações. Algumas também realizam pique-niques e outros passeios diferenciados.

Leia também: Casamento em vinícolas: como fazer?

“Para aquelas pessoas que querem aprender mais sobre os vinhos chilenos, ver os parreirais carregados de uva, o período ideal é o verão, que no país vai de dezembro a março. Durante este período, a paisagem fica ainda mais bonita, um convite para um passeio de bicicleta ou um piquenique no meio das plantações. Já para quem quer ver de perto a colheita, como nas vinícolas perto de Santiago, o período ideal é nos meses de março e abril. Mas independente da época do ano, as vinícolas estão sempre abertas e é possível ver de perto as plantações, como os vinhos são produzidos e claro, degustar!”, aponta França.

Veja algumas vinícolas que você pode visitar na região:

  • Concha y Toro
  • Almaviva (parceria entre o Château Mouton Rothschild com a Concha y Toro)
  • Viña Vik
  • Cousiño Macul
  • Santa Carolina
  • Undurraga
  • Santa Rita

Caso você tenha disponibilidade para realizar passeios mais distantes, Marino indica conhecer o Vale de Colchagua e o Vale de Casablanca.

Cajon del Maipo e Embase el Yeso

lua de mel chile
Foto: Shutterstock

 

Quem visita Santiago também pode combinar a viagem com um passeio à região de Cajón del Maipo, que fica a 100 km da capital Chilena. Com paisagens de tirar o fôlego, de acordo com Silva, os principais pontos de interesse do local são as piscinas naturais de águas termais, o Monumento Natural El Morado, Parque Río Olivares, Embalse El Yeso e as Termas del Plomo. França aponta que este é um ótimo passeio para realizar na primavera ou no verão.

Leia também: Lua de mel | Destinos na América do Sul para curtir a primavera

 Estações de ski

lua de mel chile
Foto: Valle Nevado

 

Este é um dos passeios que mais atrai os turistas ao Chile: a visita às Cordilheiras e às estações de ski durante o inverno. Dentre as estações mais famosas estão o Valle Nevado, Farellones e El Colorado.

Há diversos tipos de passeios oferecidos pelas agências locais – para quem não tem a intenção de esquiar, mas quer ver neve, há a possibilidade de visitar as três estações em um dia. Você também pode se concentrar em uma delas e aproveitar as aulas e outras atividades oferecidas.

Leia também: Top 6 Países para Esquiar na Lua de Mel

 Atrações em Valparaíso e Viña del Mar

lua de mel chile
Foto: Shutterstock

 

Fernanda menciona que na costa do Pacífico, a aproximadamente 120 km de Santiago, estão Valparaíso e Viña del Mar. Embora suas praias tenham água gelada, as cidades merecem uma visita por seus atrativos. É possível fazer um passeio “bate-volta” a estas cidades a partir da capital chilena. Veja:

  • La Sebastiana (Valparaíso): outra das três casas-museu de Pablo Neruda, foi aqui que o escritor encontrou seu “lugar de paz” onde escreveu até a sua morte em 1.973.
  • Cerro Alegre (Valparaíso): concentra os principais bares, restaurantes e lojas da cidade. Mas o que faz de Cerro Alegre e do vizinho Cerro Concepción atrações imperdíveis é o fato de abrigarem um patrimônio da humanidade: as casas de zinco coloridas.
  • Quinta Vergara (Viña del Mar): o parque conta com jardins encantadores e abriga o Palácio Vergara e um Anfiteatro.
  • Castillo Wulff (Viña del Mar): localizado a beira mar, ele já foi sede do Museu Naval e da Armada do Chile. Hoje é um monumento histórico e o seu principal atrativo é a vista incrível para Viña del Mar e Valparaíso.

Onde ficar em Santiago?

Fernanda, Marino, Camilla, Silva e França indicam opções de hospedagem na capital chilena:

lua de mel chile
Foto: Shutterstock

 

  • The Singular
  • The Aubrey Boutique Hotel
  • W Santiago
  • Grand Hyatt Santiago
  • Hotel Boutique Le Reve
  • Renaissance Santiago Hotel
  • Santiago Marriot
  • Regal Pacific Santiago
  • Hotel Boutique Le Reve
  • Hotel Cumbres Lastarria
  • Hotel Panamericano
  • Hotel Galerias
  • Hotel Torremayor Lyon
  • Hotel Torremayor Providencia
  • NH Plaza Collection
  • Hotel Atton el Bosque
  • Hyatt Centric Las Condes

Veja também: Lua de mel no Brasil | top 10 destinos para todos os gostos

Onde comer e beber em Santiago?

Em um passeio a dois, não podem faltar boas opções para comer e beber, não é mesmo? Veja quais restaurantes incluir no seu roteiro, de acordo com as dicas de  Fernanda, Marino, Camilla, Silva e França:

lua de mel chile
Foto: Shutterstock

 

  • Aqui Esta Coco
  • Zanzibar
  • Liguria Galindo
  • Concha y Toro (dentro da vinícola)
  • Uncle Fetch
  • Boragó
  • Chipre Libre
  • Room 09
  • Sarita Colonia
  • Coquinaria
  • La Mar
  • Mestizo
  • Tiramisú
  • Margó
  • Km0
  • Baco
  • Nolita
  • 99 Restaurant
  • Ambrosía
  • Como Agua para Chocolate
  • The Singular Restaurant
  • Arpezur
  • Ocean Pacific’s

Veja também: Destinos exóticos: 10 sugestões para uma lua de mel inesquecível

 Roteiro 2: São Pedro do Atacama

Outro lugar bastante visitado no Chile é São Pedro do Atacama. De acordo com Marino, em um roteiro de 5 dias e 4 noites, é possível fazer pelo menos três passeios imperdíveis: Vale da Lua, Lagunas Altiplanicas e Salar do Atacama.

lua de mel chile
Foto: Shutterstock

 

“Se os viajantes tiverem mais tempo, sugerimos uma extensão da viagem por mais dois dias até o Salar de Uyuni na Bolívia. Paisagens fantásticas contemplam esta opção!”, sugere Marino.

Leia também: Especial Lua de Mel no Atacama

Onde ficar?

Para hospedagem no Atacama, Marino e França indicam:

  • Cumbres San Pedro
  • Noi Casa Atacama
  • Tierra Atacama Hotel & Spa
  • Alto Atacama Desert Lodge & Spa
  • Mestizo
  • Osaka
  • Aquí Está Coco
  • Cuerovaca
  • Patio Bellavista

Onde comer em São Pedro do Atacama?

 Marino recomenda  os restaurantes Chuzca Tilar, Baltinache e Mal de Puna.

Roteiro 3: Puerto Montt e Puerto Varas

lua de mel chile
Foto: Shutterstock

 

Que tal visitar a região dos lagos Andinos? Segundo Marino, para quem busca uma opção mais tranquila, focada nas belíssimas paisagens rumo a Patagônia Chilena, esta será a melhor sugestão. “Há passeios imperdíveis conhecendo as cidades de Puerto Montt e Puerto Varas, o Vulcão de Ozorno, Peulla e Petrohue”, recomenda.

Onde ficar?

Para se hospedar em Puerto Montt, Marino indica os hotéis Diego de Almagro e. Presidente Suites. Já em Puerto Varas, ele recomenda Cumbres Puerto Varas, Radisson e Casa Molino Boutique.

Onde comer?

Marino sugere  os restaurantes Tablon del Alca e Toco Madera para comer em Puerto Montt. Já em Puerto Varas, as sugestões são o Cambalache e o Pub Puerto Varas.

Veja mais roteiros de lua de mel inspiradores no nosso perfil no Pinterest

</>

Tags da matéria

Comentários