Revista

“Nos tornamos melhores amigos bem fácil” | Paula e Gustavo

Ele fez um pedido de casamento super elaborado para marcar a escolha pelo dia mais feliz de suas vidas

Como tudo começou 

Durante anos Paula e Gustavo frequentaram o mesmo grupo de jovens da igreja. Eles já tinham se visto várias vezes, mas nunca tinham se aproximado. Eram apenas conhecidos até o dia em que o grupo de amigos decidiu ir à piscina da vila em que Paula morava. Foram poucas pessoas e nesse dia surgiu uma grande amizade entre o casal. 

Naquela noite eu passei horas desabafando sobre minha vida e contando vários segredos para ele por mensagem. Não sei explicar o porquê, mas criei um sentimento de confiança em relação a ele gigante e instantâneo”, relembra a noiva.

Foto: Vírgulas Fotografia

Na época Gustavo fazia escola naval e a amizade era compartilhada em telefonemas que duravam horas. Só quatro anos mais tarde eles perceberam que aquela amizade poderia se tornar outro tipo de relacionamento. “Só começou a parecer uma possibilidade quando nos beijamos pela primeira vez”, contou a noiva.

Veja também: Assessoria de casamento final | O que é e quando contratar?

 O pedido

O pedido de casamento de Gustavo foi extremamente criativo. Ele criou um enredo todo baseado no livro preferido de Paula “Eu sou o mensageiro”. Na época ela morava em Petrópolis e ele no Rio de Janeiro. Então ele incluiu amigos no plano para atrair a noiva para a capital carioca. 

“Uma das nossas melhores amigas me disse que estava com alguns problemas com o marido. Não hesitei e fui pra casa dela”, contou a noiva. A amiga disse que o marido estava dormindo na casa da sogra e que as coisas não iam bem entre eles, mas tudo se tratava de um plano do noivo. 

Foto: Vírgulas Fotografia

Na manhã seguinte a amiga contou que não tinha brigado com o marido e que tudo se tratava de uma mentirinha por um bom motivo. Então ela entregou para a noiva uma carta de baralho. Essa carta é um símbolo no livro que a noiva mais gosta e todo o o pedido de casamento se desenvolveu a partir dele. 

No plano, amigos dos noivos entregavam para Paula cartas de baralho com pistas de onde ela deveria ir, então a noiva foi seguindo os passos. Durante as dicas a noiva revisitou lugares que eles frequentaram no começo do namoro e a ansiedade foi ficando cada vez mais forte. 

Foto: Vírgulas Fotografia

Como o Gustavo sempre soube que Paula gostaria de um pedido íntimo, ele pediu ajuda dos amigos para a surpresa, mas deixou o pedido acontecer como ela sempre sonhou. A última dica levava a noiva para o apartamento dele. Lá, o pedido aconteceu apenas entre eles. “Esse era um jeito de tornar esse momento íntimo e com jeito de casa e isso é algo que eu prezo”, ela contou.

Veja também: Como conservar o buquê de noiva antes e depois do casamento?

O Vestido de noiva

Paula não tinha ideia de como gostaria que fosse seu vestido para o Grande Dia, isso dificultou um pouco o processo de escolha, mas com calma e pesquisa foi possível encontrar o modelo ideal para o casamento. 

Foto: Vírgulas Fotografia

A noiva pesquisou e notou que gostava mais de modelos que tinham movimento, mas ao mesmo tempo ela gostaria que tivesse um toque de princesa. “Eu comecei a olhar os catálogos buscando misturar esses dois pontos”, relembra. 

Veja também: Vestido de noiva mullet: como usar?

O vestido que ela escolheu não tinha chamado sua atenção pelo catálogo, mas provando o modelo a noiva mudou de opinião e se apaixonou. “Quando eu o vesti os olhos da minha mãe encheram de lágrimas”, conta.

O Casamento 

Paula é de uma família bem numerosa, sempre esteve aos lado dos pais, irmãos, tios e primos. Essa proximidade familiar fez com que ela sempre sonhasse em construir uma família e talvez o casamento fosse o primeiro passo para tal, mas ela só teve certeza que queria se casar depois que começou a namorar Gustavo. 

Foto: Vírgulas Fotografia

Os noivos escolheram se casar no civil em um sábado e receber os padrinhos e familiares mais próximos para um brunch. Assim todos já entraram no clima do casamento. No dia seguinte eles se casaram em uma linda cerimônia ao ar livre em Petrópolis. 

Depois, noivos e convidados seguiram para a festa. Eles escolheram uma decoração em tons de rosa e marsala, que ficou ainda mais linda com as luzes de filamento. Além de linda, a festa foi super animada e as famílias puderam comemorar juntas a união de Paula e Gustavo. 

Veja também: Lâmpadas de filamento | Para uma decoração de casamento mais aconchegante

Inspire-se com as fotos desse lindo casamento ao ar livre: 

Foto: Vírgulas Fotografia

 

Foto: Vírgulas Fotografia

Foto: Vírgulas Fotografia

Foto: Vírgulas Fotografia

 

Foto: Vírgulas Fotografia

 

Foto: Vírgulas Fotografia

 

Foto: Vírgulas Fotografia

Foto: Vírgulas Fotografia

 

Foto: Vírgulas Fotografia

 

Foto: Vírgulas Fotografia

Foto: Vírgulas Fotografia

Foto: Vírgulas Fotografia

 

Foto: Vírgulas Fotografia

 

Foto: Vírgulas Fotografia

 

Foto: Vírgulas Fotografia

 

Foto: Vírgulas Fotografia

 

Foto: Vírgulas Fotografia

 

Foto: Vírgulas Fotografia

 

Foto: Vírgulas Fotografia

 

Foto: Vírgulas Fotografia

 

Foto: Vírgulas Fotografia

 

Foto: Vírgulas Fotografia

 

Foto: Vírgulas Fotografia

 

Foto: Vírgulas Fotografia

 

Foto: Vírgulas Fotografia

 

Foto: Vírgulas Fotografia

 

Foto: Vírgulas Fotografia

 

Foto: Vírgulas Fotografia

 

Foto: Vírgulas Fotografia

 

Foto: Vírgulas Fotografia

 

Foto: Vírgulas Fotografia

 

Fornecedores do casamento

Local: Maison Magamez
Assessoria: Fernanda Weinen da Promolter Produções
Decoração: Allure Decor
Buffet: Maria Luíza Buffet
Bar: Alambique Imperial
Bolo: Tania Sabaia
Doces: Liliana Rodrigues Doces Finos
Bem casado: Beth Medeiros
Música: DJ Mau
Cabine de fotos: Print a Pic
Lembrancinhas: Fabi Arte em Linhas
Fotos: Vírgulas Fotografia
Vídeo: Raphael Coelho Filmes
Vestido e véu: Internovias
Grinalda: Priscilla Cabral Design
Buquê: Bia Gelli
Tranças: Juliana Rodrigues
Maquiagem e penteado: Franciene Pio

Veja mais casamentos inspiradores no nosso perfil no Pinterest

</>

Sobre:

#
Vitória Silva

Vitória é jornalista e embora seja apaixonada por casamentos nunca imaginou que fosse escrevendo sobre eles. Muito comunicativa sempre gostou de ouvir e contar histórias e tudo isso se combinou quando passou a escrever os casamentos reais a partir das histórias dos noivos iCasei.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Av. Dr. Chucri Zaidan 1550, 31º - São Paulo - CEP: 04711-130 - CNPJ: 08.762.226/0001-31 © iCasei 2007 - 2019