Revista

Casamento na praia: tudo o que você precisa saber!

Com ar despojado e aconchegante o casamento na praia tem, cada vez mais, atraído os noivos. Mas, afinal, pode onde começar? Confira dicas de especialistas!

A vista para o mar, um pôr do sol incrível e toda aquela vibe que só um casamento na praia tem: é impossível não se encantar com este cenário! E, aqui no Brasil, somos privilegiados neste quesito – há ótimas praias para realizar a tão sonhada cerimônia pé na areia. “A grande vantagem é que quando a natureza faz parte do cenário, é preciso pouco para deixar a festa linda”, afirma a cerimonial Gabriela Almeida, que atua no litoral do Espírito Santo.

Se você faz parte deste time que não vê a hora de dizer “sim” com um pezinho na areia, veja algumas das principais dúvidas envolvidas neste tipo de evento.

Casamento na praia: pode onde começar?

O primeiro passo é escolher em qual cidade/estado você pretende subir ao altar. No Brasil, entre as mais buscadas estão: Búzios/RJ, Ilhabela, Juqueí, Maresias e Toque-Toque Pequeno – no litoral norte de São Paulo -, Praia do Rosa/SC, São Miguel dos Milagres/AL e Trancoso/BA. Se você busca por um destination wedding no exterior, as campeãs são Cancún e Punta Cana, mas Grécia, Itália Portugal e Costa Rica garantem um visual de tirar o fôlego!

Escolhido o local, é hora de verificar toda a estrutura disponível: onde será realizada a cerimônia? Pés na areia ou em um espaço interno? Há um plano B caso chova? Que estrutura o espaço de eventos oferece e o que será necessário montar para garantir conforto aos convidados e aos noivos? Venta muito forte? Onde acontecerá a festa?

É preciso ter autorização da prefeitura?

Por se tratar de um local público, é importante verificar com a prefeitura local quais são as autorizações necessárias para a realização de um casamento na praia. É preciso passar por um processo de autorização para a realização do evento. Mas essas leis variam de cidade para cidade, então o primeiro passo para quem quer casar neste formato é verificar a regulamentação do local.

Foto: Krystle Akin

Além disso, é interessante que os noivos averiguem esta questão de liberação antes de fechar com o local. Caso seja necessário um alvará, é importante que este documento seja obtido com certa antecedência. O mais indicado é recorrer à prefeitura no prazo de seis meses a 30 dias da data do evento e solicitar uma permissão de uso. Geralmente o valor da taxa é calculado com base no tamanho da área a ser utilizada.

Algo que é sempre válido lembrar é que, independente da autorização, outras pessoas poderão estar neste espaço. Por isso contratar um serviço de segurança particular é uma ótima dica para evitar qualquer tipo de contratempo em locais abertos.

Como escolher o local perfeito para casar na praia?

A escolha do espaço para o evento é um fator super importante em um casamento na praia e há uma série de fatores que precisam ser verificados. A dica é fazer visitas técnicas ao espaço não só quando ele estiver montado ou decorado para um casamento, mas também quando estiver “pelado”. “Assim o casal consegue ter uma noção real sobre o espaço e depois visitá-lo decorado até para ter uma noção do que fazer ou não.

É interessante verificar se o local possui toda a infraestrutura para a realização do casamento – se ele é coberto, se existe espaço para montar uma tenda/altar caso os noivos queiram, e, se for um hotel/pousada – ele permite cobrir a piscina para virar uma pista de dança?

Veja 5 hotéis All Inclusive para você casar no Caribe

Veja também: Casamento em Trancoso: 5 motivos para escolher esse paraíso

Foto: Krystle Akin

Se for realizar o casamento em um hotel, outra dica é verificar se a área do evento será exclusiva para a sua festa ou se os hóspedes que estiverem no hotel ou na pousada terão livre acesso. Como em todo casamento ao ar livre, também é imprescindível verificar o plano B disponível em caso de chuva. Dependendo da época, chuvas de verão são comuns ao final do dia, por isso um plano B para não prejudicar a sua festa é algo muito válido.

O local da cerimônia precisa ter uma estrutura confortável e coberta. Não dá para confiar e ser pega de surpresa pelo mau tempo, não é mesmo? É o tipo de cuidado que tem que ter – mas torcer pra não usar.

Qual é o melhor horário para um casamento na praia?

Ninguém quer ficar horas sob um sol super forte, não é? O recomendado para os casamentos na praia é o final da tarde, quando o sol está mais fraco, como forma de oferecer maior conforto aos convidados.

Além do clima mais ameno, o pôr do sol vai garantir cliques incríveis. Já a festa pode ser realizada a seguir – e ainda assim o terá todo o encanto praiano. Para maior conforto, é recomendado que os noivos evitem o período entre 10h e 14h, por conta da ventania à beira-mar.

Leia também: Como escolher o espaço para casamento: especialistas dão dicas para não errar

Também é importante alinhar com os profissionais de foto e vídeo os horários do evento. Esta conversa sobre o horário da cerimônia é sempre feita em conjunto com casal, os produtores e os profissionais que estão diretamente envolvidos na captação de imagem (vídeo e foto). Se o sol estiver muito forte acaba prejudicando a captação ou se fizer muito tarde, a falta de luz pode prejudicar o ensaio pós-cerimônia.

Foto: Krystle Akin

Conforto para os convidados

O clima de praia já remete a um ambiente mais despojado. Mas nem por isso o conforto dos convidados deve ser deixado de lado. O cuidado começa na hora do convite. A recomendação é que os noivos lembrem aos convidados que os trajes devem ser mais leves e de tons claros. No dia do casamento, também é válido montar um espaço de “boas vindas” antes de iniciar a cerimônia pé na areia para os convidados deixarem os sapatos. Mimos como leques, águas saborizadas, chapéus, lencinhos umedecidos, kits com protetor solar também podem ser usados para garantir o conforto dos convidados e amenizar o calor.

Buffet para casamento na praia – que servir para os convidados?

No menu, a pedida é apostar em pratos e bebidas refrescantes – que têm tudo a ver com o ambiente. Frutos do mar são perfeitos para a ocasião, mas tome o cuidado de oferecer, pelo menos, mais uma opção para quem não come ou é alérgico.

Outra dica para um casamento na praia são os famosos Finger Foods, que nada mais são do que petiscos e sobremesas servidos em porções individuais, além das ilhas gastronômicas.

Leia mais: Cardápio do casamento | Como escolher o Menu

Foto: Pablo Laguia

Como funciona a logística com os fornecedores?

Alguns fornecedores terão que deslocar aparelhos, móveis e outros objetos para a realização do seu casamento na praia. No caso de casamento em cidades menores de praia, há noivas que optam por trazer empresas de grandes capitais para realizar o evento. Mas, como isso funciona na prática?

Nesta hora é fundamental a ajuda de um assessor. Este profissional irá entrar em contato com fornecedores que topam colocar equipamentos (mobília, som, entre outros) na areia. É importante frisar que não são todos os fornecedores que fazem esse tipo de serviço. Em contrapartida, existem empresas especializadas para este tipo de formato. Lembre-se: o assessor será o braço direito (e esquerdo!) dos noivos durante os preparativos para o Grande Dia.

Quanto custa casar na praia? É mais caro?

Se você sonha em dizer “sim” em um destino de praia, com certeza já se perguntou: quanto custa um casamento na praia? Bom, quanto aos custos, não vão muito além do que qualquer outro tipo de casamento. Os orçamentos variam dependendo de vários fatores. Se apenas a cerimônia for realizada na praia, é provável que o custo seja bem mais baixo para os noivos. Já para fazer a recepção – ou seja, a festa em si – o custo aumenta bastante, pois inclui todas as necessidades dos fornecedores e convidados.

Foto: Krystle Akin

Com o auxílio de empresa especializada, um bom planejamento e tempo, o casal conseguirá em alguns casos até economizar. Afinal, um casamento na praia acaba sendo algo mais despojado, sem a obrigatoriedade de muitos protocolos, o que pode diminuir consideravelmente os valores. É possível trocar um jantar buffet por finger foods, por exemplo, sem deixar de oferecer uma gastronomia incrível.

Tudo vai depender de qual destino, que tipo de festa você quer proporcionar. Além disso, a lista de convidados vai interferir diretamente no budget disponível. No estilo pé-na-areia é bem possível encaixar tudo dentro do que você espera gastar. O primeiro passo, então, é, sem dúvidas, você definir quanto quer gastar e aí partir para buscar locais e fornecedores.

Decoração para casamento na praia

Na hora de escolher o estilo da decoração, considere mesclar elementos rústicos ou temáticos, trazendo a identidade do casal em alguns detalhes personalizados, desde o convite até o menus, tags, buquê da noiva e lembrancinhas.

Opte por elementos decorativos que remetam a um clima praiano descontraído e agradável com diversão, leveza e alegria, por exemplo: conchas do mar nos arranjos florais, corais,  artigos em palha, juta e estopa.

Leveza e descontração ditam uma decoração de casamento na praia. Aposte em cores e elementos que realcem toda a beleza da natureza que escolheu como cenário do Grande Dia. E não esqueça, é claro, que tudo precisa ter a cara dos noivos! Neste estilo de casamento é recomendado o uso de flores que sejam resistentes ao calor. Esse cuidado é essencial para que os arranjos fiquem bonitos durante toda a comemoração. Aposte em flores tropicais como callas, gérberas, margaridas, girassóis, mosquitinhos e astromélias, além de folhagens resistentes  ao calor.

Inspire-se com: Decoração de casamento na praia: saiba como acertar e inspire-se!

Vestido de noiva para casar na praia – como escolher?

Apesar de cada mulher ter seu próprio estilo e desejo, quando falamos de vestido de noiva para casamento na praia, logo associamos a um traje que fuja do tradicional, que seja fluido, básico e romântico. Mas, acima de tudo, é importante que a escolha seja do agrado da noiva.

“Quando falamos que o vestido de praia tem que ser leve, não necessariamente quer dizer esvoaçante ou romântico. É possível apostar em um modelo de vestido de noiva sereia, um vestido de noiva minimalista e até um bem trabalhado com recortes e bordados, que, mesmo assim, são fluidos”, aponta Giselle Nasser, estilista do ateliê que leva seu nome.

Semelhante opinião tem Mariana Godoy, estilista e proprietária da marca de mesmo nome. “Praia pede algo leve e fluido. O importante é ter uma modelagem que valorize as formas da noiva. Esse estilo de casamento traz um ar rústico e despretensioso. Aproveite para buscar uma roupa super confortável para curtir cada instante”.

Leia mais: Vestido de noiva para casamento na praia | Como escolher o modelo ideal

Cabelo e make da noiva

Como os casamentos à beira mar costumam ser durante o dia, a maquiagem e o cabelo devem trazer um ar de leveza e sofisticação. “Os penteados de noiva podem ser um pouco mais despojados do que nos eventos formais”, diz Lela Athanasio, hairstylist do Fil Hair & Experience. Uma boa ideia é o semi preso, com ondulações mais soltas e algum acessório. Tranças e coques, também com alguns fios livres, são outras alternativas interessantes.

Lela ainda aponta que “uma cerimônia diurna pede uma maquiagem para festa de casamento leve e iluminada”. Uma pele bem preparada é essencial para a ocasião, nada muito pesado, só o suficiente para esconder manchinhas e imperfeições. Já para a sombra, apostar em tons neutros e nudes é uma ótima opção para realçar os olhos. Além disso, os iluminadores são uma boa pedida para dar um glow ao look, mas sem exageros, para ficar bem natural.

Continue lendo: Penteados de noiva para casamento na praia | Escolha o cabelo ideal

Convite para casamento na praia

convite para casamento na praia será o primeiro contato que os convidados terão com a ocasião. Assim como acontece em outros contextos, é importante que o papel transmita o clima da festa, direcionando, inclusive, o dress code – até porque um evento à beira-mar tende a ser bem diferente do tradicional.

Convite Susana Fujita

A primeira dica para escolher o melhor convite de casamento para sua festa é se colocar no lugar do convidado. Tendo o item em mãos, faça a pergunta: ele consegue traduzir o clima praiano de forma coerente?

“A comunicação será mais apropriada se agregar uma sensação praiana, podendo ter ou não elementos típicos, e remeter a uma combinação mais leve, rústica e fora do comum. O fato de o casamento não ser tradicional, combina com um convite que também não é clássico, seja no formato ou na apresentação”, diz Luciane Ohta, proprietária da loja O Pinguim Tá Com Frio.

Leia mais: Convite para casamento na praia | Dicas e inspirações

Sobre:

#
Marina Pastore

Marina Pastore é jornalista e trabalhou na Folha de S.Paulo. Desde 2011, quando começou a organizar seu próprio casamento, se apaixonou pelo assunto e criou um blog, o Vestida de Branco, para dividir ideias, opiniões e dúvidas. Anos depois do seu casamento, ainda adora falar sobre o assunto, ajudar as noivas e com...

4 comentários

  1. Avatar Pousada Bangalôs do Rosa - Praia do Rosa - SC

    Ótimas dicas para os casais que desejam casar na praia.

  2. Avatar Pousada Bangalôs do Rosa - Praia do Rosa - SC

    ótimas dicas para os casais que pretendem casar na praia.

  3. Avatar Vigia das Marés - Pousada Praia do Rosa - SC

    um sonho de muitos casais, casar nesse paraíso!

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Av. Dr. Chucri Zaidan 1550, 31º - São Paulo - CEP: 04711-130 - CNPJ: 08.762.226/0001-31 © iCasei 2007 - 2020