Revista

6 dicas para escolher a flor de lapela

Esclareça todas as suas dúvidas sobre o uso da flor de lapela e veja inspirações

O casamento conta com uma série de detalhes que fazem toda diferença. Um deles é a flor de lapela, presente nos trajes masculinos do noivo, dos pais e padrinhos. E esta tradição, que é bem antiga, cada vez mais ganha ares modernos. 

“Ter um mini buquê de flores na lapela do paletó do noivo é uma tradição antiga. Surgiu com o romance da rainha Vitória e o príncipe Albert. Eles se casaram oficialmente em 1839 e mudou a história dos casamentos. Vitória usou um vestido branco para demonstrar a pureza dos seus sentimentos e acabou dando início ao costume das noivas adotarem o branco como a cor oficial da celebração. Já o príncipe acabou dando origem à tradição da flor da lapela. Ele ganhou de sua amada um mini buquê de flores, fez um pequeno corte na lapela de seu paletó e nele colocou o mini ramalhete para se lembrar de sua Vitória. O gesto se espalhou na sociedade Britânica e depois para o mundo”, conta Cecília Soutto Mayor, da Boutonniere Lapelas.

flor de lapela

Caroline Lima Photography

Maily Rocha, da empresa Maily Rocha Event Designer, pontua que a flor de lapela é um acessório imponente que ajuda a destacar a importância dos convidados (no caso de pais e padrinhos) e do noivo. 

“Por ser de um dos poucos acessórios atualmente utilizados pelos noivos, elas provocam um efeito incrível visualmente, trazendo suavidade e um romantismo perfeito para a ocasião”, destaca.

Se você ainda não escolheu sua flor de lapela, veja as dicas para não errar:

1 – Dá para usar flor de lapela em qualquer tipo de traje?

De acordo com Cecília, é possível, sim. “A lapela pode ser usada em ternos, camisas, suspensórios, blazer e coletes. Basta ter criatividade e saber compor”, afirma.

2 – Onde usar a lapela?

A lapela é sempre usada no lado esquerdo. “A dica é colocar na lapela do terno no caseado do terno”, aponta Cecília. No caso de suspensórios, Cecília indica utilizá-lo na alça, neste mesmo lado. Maily lembra também que ele deve ser preso com um alfinete bem discreto na parte interna. 

Leia também: Traje do noivo | A escolha da flor na lapela

Dentre os erros mais comuns ao utilizar a flor de lapela, Cecília menciona:

– Colocar a lapela no bolso do terno;

– Fazer a lapela do tamanho de um mini buquê;

– Colocar a lapela muito abaixo do indicado. 

flor de lapela

Foto: Lindsay Docherty Photography

3 – Flores mais procuradas

Cecília aponta que hoje as flores de lapelas mais vendidas são as suculentas e begônias, além das tradicionais rosas brancas.

Leia também: Flor de Lapela | As 10 mais usadas nos trajes do noivo, pajens e padrinhos

Maily comenta que dentre as flores utilizadas estão também as astromélias, gipsofilas(mosquitinhos), jasmin, orquídeas e mini rosas. “Estamos vivendo a tendência das flores desidratadas, elas têm sido as queridinhas dos casamentos atuais”, afirma Maily.  

4 – Quem usa a flor de lapela?

Quem utiliza a flor de lapela no casamento normalmente são os pais, os padrinhos e, claro, o noivo. “Lembrando que o noivo tem que estar com uma lapela diferente para se destacar”, comenta Cecília.

flor de lapela

Foto: Redfield Photography

Leia também: Terno do noivo | Como escolher o modelo e a cor ideal

5 – Qual é o tamanho da flor de lapela?

Para não ficar exagerado ou parecer um mini buquê, Cecília indica que o ideal é que a flor de lapela tenha, no máximo, 7 cm – mesmo que a pessoa tenha 2 metros de altura. 

6 – Como escolher e combinar a flor de Lapela? 

Na hora de escolher a flor de lapela, vai depender do horário do casamento, buquê da noiva (flores que serão usadas para haver uma harmonia), o traje do noivo, e o local do casamento (campo, praia ou cidade).

“O interessante é que sejam utilizadas flores que estejam compondo também o buquê da noiva. É interessante avaliar também o cumprimento do cabinho que está sendo deixado e o tamanho das flores. Há também pessoas que possuem histórias afetivas com relação a determinada flor. Se não souber qual usar, opte por flores resistentes, sempre combinando com a identidade do casamento”, argumenta Maily.

Leia também: Ternos para noivos | Cores e estampas para fugir do tradicional

Cecília dá algumas dicas:

  • Em casamentos no campo, praia ou mesmo num almoço na cidade, os trajes costumam ser mais claros e há até a possibilidade de usar um blazer sem gravata. “Neste caso, sugerimos lapelas com flores, suculentas, lavandas, rosas claras e uma linha de nó de couro”, afirma Cecília. 
  • Para tarde/noite, os trajes vão mais para azul marinho, azul birkin, grafite, tons escuros até o mesmo preto, com terno completo. “Aí entram lapelas clássicas, como jasmim, camélias, rosas brancas e até mesmo peças com pedras combinando com as abotoaduras”, pontua.
flor de lapela

Foto: Mike Cassimatis MNC Photography

Veja mais inspirações para os noivos no nosso perfil no Pinterest

</>

Sobre:

#
Marina Pastore

Marina Pastore é jornalista e trabalhou na Folha de S.Paulo. Desde 2011, quando começou a organizar seu próprio casamento, se apaixonou pelo assunto e criou um blog, o Vestida de Branco, para dividir ideias, opiniões e dúvidas. Anos depois do seu casamento, ainda adora falar sobre o assunto, ajudar as noivas e com...

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Av. Dr. Chucri Zaidan 1550, 31º - São Paulo - CEP: 04711-130 - CNPJ: 08.762.226/0001-31 © iCasei 2007 - 2020