No meio de tantos preparativos e escolhas do Grande Dia, a decoração de casamento é, sem dúvida, um dos pontos primordiais para que tudo corra bem. Todos os detalhes devem ficar de acordo com o ambiente escolhido e, claro, com o estilo do casal.

Veja também: Decoração de casamento 2019 | Cores, flores e mais tendências!

Casal se beijando no casamento
Foto: Thecablookfotolab

 

Quando começar a pensar na decoração de casamento

Depois que os noivos definem a data do casório, é iniciado o processo de organização que envolve uma série de fatores. Os preparativos devem começar com antecedência, para que o casal tenha um tempo adequado para escolher o que querem ou mudar algo, se necessário.

“A decoração de casamento deve ser um dos primeiros serviços a ser contratado, isso porque, além de ser algo que engloba vários itens, ela também envolve uma parcela significativa do orçamento”, conta a proprietária e decoradora da Fatto Autêntica, Carla Emanuella.

Semelhante opinião tem o head designer da empresa de cenografia e decoração M.Fiori, Gustavo Dudzeviciene. “Os noivos normalmente não imaginam que a decoração custe caro e isso até os assusta quando eles começam a ver os preços.”

Ainda segundo Gustavo, o processo de escolha da decoração deve andar junto com o do buffet. “Dessa forma, a gente consegue dimensionar para os noivos qual o espaço que eles vão precisar, por exemplo, só de decoração, de cenografia ou outro.”

decoração-de-casamento
Foto: Perry Vaile Photograph

 

Como escolher a paleta de cores

Decoração de casamento vermelho e branco ou decoração de casamento azul? Para Carla, a paleta de cores é o primeiro ponto a ser definido na decoração, juntamente com o estilo. “A cartela será a base para tudo e regerá uma porção de outras escolhas como vestido das madrinhas, convite, cor da gravata, buquê e outras.”

Uma boa sugestão para definir a cor pode ser se basear nas estações do ano, seja ela quente ou fria, ou até mesmo em optar na tendência do ano, método muito usual no meio das noivas. “Neste ano, a cor que vai ser tendência é a Living Coral. Porém, mais importante do que seguir modismos, é ir de acordo com gostos e personalidade do casal”, comenta Carla.

Cadeira colorida no casamento
Foto: Ana Lui

 

Estilos de decoração

O que não faltam são opções de estilos para agradar aos noivos. Casamento clássico, moderno, boho, rústico e garden, por exemplo, são algumas das inúmeras opções quando o assunto é decoração.

“A gente sempre tenta unir o gosto da noiva e o do noivo. É importante apresentar várias opções, por exemplo, por meio de fotos, porque assim eles podem ir definindo o que mais os agradam”, conta Gustavo sobre as formas de chegar a uma decoração que seja a cara do casal na reunião de briefing.

Para o estilo, é fundamental que tenha a marca do casal. “Cada casamento precisa ter um estilo para ter a originalidade dos noivos”, diz Carla. “O legal é escolher uma decoração que os convidados olhem para os detalhes e pensem que isso é a cara dos noivos. É preciso criar uma identidade para a festa.”

Essa originalidade deve ser bem trabalhada. “Às vezes, a noiva quer uma cerimônia rústica e um casamento clássico”, afirma Gustavo. “A decoração da cerimônia e do casamento não precisam se conversar necessariamente. É assim que a gente ajuda na escolha do estilo na decoração da festa.”

Decoração no casamento
Foto: Sophie Kaye

 

Para casamento no campo

Charme, delicadeza e muita harmonia. Quando o assunto é casamento no campo, o que não faltam são opções para se encantar. “Casar no campo representa sempre um contato com a natureza e costuma ser um cenário perfeito para casamentos leves, delicados e cheios de luz”, aponta Carla.

Dentre os elementos usados no campo, a decoração de casamento rústico é muito usual. “Nesse estilo, você pode utilizar madeira de fazenda, mobília mais pesada, lustre de ferro oxidado. Já no estilo rústico chique, além de todos esses elementos, utiliza-se uma madeira envernizada ou laqueada”, diz Gustavo.

Ainda de acordo com Gustavo, outra opção que está muito em alta é o boho. “Trata-se de uma decoração colorida, com a qual pode-se utilizar diversos vasos de porcelana e mesclar com prata ou cobre. Nesse estilo, recorre-se tanto a um lustre de cristal como um de ferro.”

Decoração de casamento no campo
Foto: Ana Lui

 

Decoração para casamento na praia

O ambiente praiano oferece muitas possibilidades por ser um cenário ao ar livre e em contato com a natureza. Quando falamos em decoração na praia, não precisamos pensar em algo colorido, tropical ou náutico em tons de azul e branco.

É o que explica Carla. “Respeitando sempre o estilo dos noivos, é possível criar e obter belos resultados usando folhagens, frutas, sementes e flores exóticas. Uma boa opção é abusar do coco, que este ano será uma super tendência.”

Para a especialista, os arcos em formato de guirlandas circulares, os arranjos desconstruídos e os aéreos com flores são ótimas opções. Mas ela dá a dica: “tanto no campo como na praia, devemos evitar usar flores muito delicadas e muito brilho. É sempre bom prezar por elementos metalizados, como o cobre”.

Por falar em cuidado, a atenção deve ser redobrada quando o assunto é decoração na praia. “Como geralmente as festas são à beira-mar, os noivos tem que dar uma olhada na tábua de marés”, aponta Gustavo. “Isso é importante porque ela mostra a altura das ondas e é fundamental para não acontecer delas invadirem a festa.”

Além das ondas, a chuva também é outro fator a ser levado em consideração. “É necessário ter uma cobertura. Caso tenha previsão de chuva, é importante colocar um fechamento lateral também.”

Casamento na praia com vista para o mar
Foto: Lara Grady

 

Dicas para quem vai casar na cidade

Para quem opta pelos casamentos nos tradicionais buffets e salões de festas, existem boas opções de decoração. “Antes as decorações na cidade eram sempre clássicas ou modernas por conta do estilo do lugar”, aponta Carla. “Hoje, com as novas tendências, isso não é mais assim tão usual.”

Segundo a especialista, hoje, muitos buffets, apesar de serem um salão fechado, possibilitam a realização de uma decoração mais rústica, vintage ou ainda mais moderninha. “Podemos mudar principalmente adaptando uma cenografia e mobiliário diferente de acordo com o estilo dos noivos”, conclui.

Mesa de festa no casamento
Foto: Lara Grady

 

Clássico x Rústico

“A principal diferença entre a decoração clássica e a rústica é o material a ser utilizado. Enquanto na primeira, utilizo muito linho, peças em ferro oxidado e uma madeira mais bruta, na segunda, conto com uma cenografia muito grande com mesas espelhadas, jogos americanos e cobre”, detalha Gustavo.

Decoração de casamento clássica

A decoração clássica é composta por cores mais sóbrias como branco, verde e tons pastéis. Outra característica marcante desse estilo são as variedades de flores e a presença de muita iluminação.

“Lustres imponentes, poltronas com cara de realeza, velas, castiçais, itens de vidro e cristal são opções para trazer sofisticação. Flores mais nobres como rosas, lírios e orquídeas, e arranjos em formato de bola estão sempre em alta”, explica Carla.

Decoração de casamento rústica

Já na decoração rústica temos elementos mais descontraídos. “Madeira, paletes, garrafinhas e objetos vintages são opções”, diz Carla. “É possível misturar várias paletas de cores e estilos. Capim dos pampas também é uma grande aposta nos casamentos rústicos, já que traz leveza e versatilidade, assim como o boho, o vintage e o rústico chique.”

Decoração de casamento rústica
Foto: Lara Grady

 

Diferenças entre mini wedding e um casamento tradicional

Para Gustavo, “o mini wedding é uma festa de até 110 pessoas e bem intimista. Nela, é possível fazer uma decoração cheia de detalhes. Normalmente, nessas ocasiões, os noivos acabam priorizando e dando mais atenção à riqueza da história deles”.

Carla concorda com Gustavo. “É uma cerimônia mais econômica. Mesmo sendo uma festa pequena, este estilo de evento requer a mesma atenção que os casamentos tradicionais.”

Na decoração de mini wedding, a personalização dos itens é mais presente e a maioria dos casais opta pela decoração do tipo DIY (faça-você-mesmo, ou, no inglês, do-it-yourself). Com isso, o ambiente acaba sendo mais acolhedor.

Por outro lado, nos casamentos tradicionais, a organização deve ser mais democrática e agradar a todos. É o caso do espaço e da alimentação. “Aqui, a pista de dança é o ponto principal da festa. É o local que os noivos mais têm preocupações”, diz Gustavo. “Nesse local, por exemplo, é necessário ter um bar com drink bem abrangente e um menu mais completo. Assim, aumenta-se a chance de agradar a maior parte dos convidados.”

Casamento minimalista com poucos convidados
Foto: Thecablookfotolab

 

Custo médio

Quando o assunto é decoração de casamento, o preço sempre é levado em conta. Mas o custo médio das festas varia, já que o estilo, a decoração, o local, a lista de convidados e diversos outros fatores interferem diretamente no orçamento.

A faixa de preço pode variar a partir de R$ 20 mil, mas sempre existem boas opções para fazer uma festa marcante sem gastar muito. “Para quem quer economizar na decoração, vale usar e abusar da criatividade. Muitas vezes, até recorrer a objetos dos noivos para incrementar na decoração como velas, livros e lanterninhas”, aconselha Carla.

Noivos no altar durante o casamento
Foto: Carmen Santorelli

 

Veja mais inspirações de decoração para casamento no nosso perfil no Pinterest

</>

Tags da matéria

Comentários