As convidadas e madrinhas de um casamento também podem gastar um tempo se produzindo para a comemoração. O grande dilema, entretanto, é encontrar um vestido que combine com o seu biotipo, o tipo de cerimônia e ainda que não ofusque a noiva – até porque ela é quem deve ser a protagonista da festa. Se a tarefa parece um tanto difícil, damos algumas dicas para não errar na escolha. A seguir, você confere um guia completo sobre vestidos para casamento e como evitar gafes na hora de escolher o vestido.

Vestidos para casamento modelo ideal para cada biotipo
Foto: Pinterest

Vestidos para casamento: de olho na cerimônia

Antes de experimentar – e se apaixonar – por um vestido de festa, a dica é: olhe o convite. Ele dará indícios para qual tipo de casamento você foi convidada e a roupa que a noiva indica que você use.

Para não errar na escolha, primeiro veja em que lugar do Brasil será a cerimônia. Sim, cada estado possui uma etiqueta diferente. “No Rio de Janeiro, as noivas tendem a ser bem tolerantes. Você pode usar vestidos para casamento curtos e ainda combinar com uma rasteirinha, se for um evento diurno”, diz Gabriela Ganem, consultora de imagem. “Já em Minas Gerais, em geral, os vestidos longos são uma exigência independentemente da ocasião”, completa.

Vestidos para casamento modelo curto ideal para cada biotipo
Foto: Thassia Naves

 

Dia, tarde ou noite?

Outro termômetro que determinará os vestidos para convidadas é o período da cerimônia. Será de dia ou de noite? O evento será realizado no salão, na praia ou no campo?

“Casamentos diurnos e em locais abertos, como praia e campo, pedem algo mais leve. Um vestido de festa de casamento longo e estampado é uma boa pedida. Mas fuja de tecidos como viscose ou algodão. Procure um material mais fino, como a seda”, aconselha Gabriela.

mulher-com-vestidos-para-casamento-floral-azul
Foto: Barbara Bela/Divulgação

 

Se o casamento for realizado em um salão de festas e à noite, as opções são mais variadas. Brilho, renda e bordado são bem-vindos. “Se você for madrinha o vestido deve ser um pouco mais caprichado. Isso porque você tem uma posição de destaque no casamento. Mas não abuse para não competir com a noiva”, comenta Gabriela.

Vestidos para casamento modelo noite ideal para cada biotipo
Foto: Marchesa Notte

O vestido ideal para cada biotipo

Em geral, o formato do corpo das mulheres é dividido em cinco biotipos. Por isso, existe um modelo ideal para cada biotipo e é claro que não é uma regra, mas procurar por um vestido que favoreça seu corpo é sempre o mais indicado, especialmente para este tipo de ocasião mais formal.

  1. Corpo ampulheta

    Tem ombros e quadris largos e cintura mais fina. É a típica “garota Kardashian”. Para valorizar este shape, o vestido para casamento convidada deve ser longo com fenda ou saia sereia. O segredo é não criar mais volume na região do busto e do quadril, mantendo a harmonia da silhueta.

    Vestidos para casamento modelo ampulheta
    Foto: Frazer Harrison / Getty Images

     

  2. Corpo oval

    Possui a região da cintura mais larga que os ombros e o quadril. Exatamente por isso, o segredo é criar harmonia dando destaque para as áreas mais finas como pulsos, colo e tornozelo. O vestido para casamento ideal para este biotipo tem alças mais largas, bordados verticais e tons escuros.

    Vestidos para casamento modelo oval
    Foto: Frazer Harrison / Getty Images 

     

  3. Corpo retangular

    Possui ombros, cintura e quadris com medidas parecidas. Ou seja, não tem muitas curvas. O ideal, então, é criar a ilusão de uma cintura, valorizando essa região. Vestidos para casamento traspassados, drapeados, com cinto ou bordados horizontais são uma boa pedida.

    Vestidos para casamento modelo retângulo
    Foto: Pascal Le Segretain / Getty Images

     

  4. Triângulo ou pêra

    Os ombros são mais finos que o quadril. Para que exista uma harmonia, os vestidos para casamento de madrinhas e convidadas indicados são os que valorizam a parte superior, como tomara que caia ou frente única. É importante evitar cintos e optar por saias que não tenham muito volume.

    Vestidos para casamento modelo triângulo
    Foto: Jason Merritt / Getty Images

     

  5. Triângulo invertido

Tem os ombros mais largos que o quadril. Assim, a dica é jogar a atenção para a cintura. Abuse de saias com volume, rodadas, com babados ou drapeados.

Na parte de cima, procure por vestidos de casamento que tenham alças mais largas e decotes em V ou traspassados.

Vestidos para casamento modelo triângulo invertido
Foto: Jason Merritt / Getty Images

Vestido para casamento plus size

Para arrasar na festa, as mulheres plus size devem apostar em vestidos para casamento com design clássico, longo e tecidos nobres com cores neutras. Como a maioria possui corpo oval, a melhor dica é criar harmonia destacando as partes mais finas da silhueta.

A convidada ou madrinha plus size pode seguir dois caminhos na hora de comprar seu vestido. O primeiro deles é escolher por um modelo com tecido mais encorpado, como o tafetá, e que seja ajustado ao corpo. A outra opção é optar por um modelito com material mais fluído, como o crepe, e que demarque a área logo abaixo do busto.

Vestidos para casamento madrinha plus size
Fot: Vincenzo Lombardo / Getty Images

 

As mulheres plus size devem evitar saias amplas e corte princesa. “Tomara-que-caia também não é a melhor opção. Você acaba não aproveitando uma parte do corpo que poderia ser usada para alongar a silhueta”, afirma Gabriela.

Usar preto: pode?

Quem nunca usou um pretinho básico que atire a primeira pedra. Considerado uma peça básica que toda mulher deveria ter no guarda-roupa, ele se sai muito bem em diferentes tipos de cerimônia. Mas essa cor é realmente adequada para casamentos?

“O preto pode ser usado e abusado pelas convidadas, sem problemas. E não existe regra quanto ao comprimento do vestido. Mas, obviamente, ele deve ser evitado no altar por madrinhas e mães. Isso porque a cor representa o luto em nossa cultura. Assim, a escolha pode acabar sendo mal interpretada”, conta Renata Raimo, sócia-proprietária da loja Trinitá Couture.

Vestidos para casamento madrinha preto
Foto: Frazer Harrison / Getty Images

 

Vale ressaltar também que o vestido para casamento à noite pode ser preto, mas não é legal usá-lo em eventos diurnos. “Durante o dia é uma cor que cai bem somente nas convidadas mais modernas”, comenta Georgiana Mascarenhas, diretora criativa da marca Barbara Bela.

Por mais que seja um vestido para casamento simples, é importante destacar que o preto não favorece todos os biotipos. “A cor emagrece, porém, ela também pode derrubar a expressão da pessoa”, alerta Gabriela. Agora, uma cor que deve ser evitada a todo custo é o branco. O tom é destinado às noivas – e você não quer ficar em uma saia-justa com a estrela da festa, não é?!

Aquele modelo curinga

Se o conceito de pretinho básico caiu por terra, saiba que é possível encontrar vestidos curingas que vão substituir o modelo. De acordo com Gabriela, uma modelagem universal é o drapeado. “Aposte naqueles que são feitos de crepe e possuem uma cor sóbria, como azul marinho ou bordô”, diz a consultora de imagem.

Georgiana aponta também que uma boa pedida são os vestidos para casamento de corte seco, design mais clássico, longos e com tecidos nobres, de cor neutra. “Não tem como errar com um modelo que carrega essas características. E mais: eles aceitam vários tipos de acessórios que podem valorizar o look”, conta a diretora criativa da Barbara Bela.

moca-com-vestidos-para-casamento-design-clean
Foto: Barbara Bela/Divulgação

 

Essas dicas, entretanto, não são regra. De nada adianta ter um look da moda se você não se sentir confortável. O segredo para ter um vestido para casamento ideal é saber o que fica bonito e confortável em seu corpo. A própria Gabriela possui um modelo favorito que é um tanto fora da caixinha: um modelito curto de tricô com lurex da Gig.

Tendências de modelos e cores

Saem as transparências e as rendas e entram os modelos mais fluídos. De acordo com as especialistas, os vestidos para casamento com modelagem mais clean e tecidos leves vão invadir as vitrines. A tendência, que começou no final de 2017, deve permanecer ao longo de 2018. “A ideia é menos glamour e mais naturalidade”, afirma Gabriela.

moca-com-vestido-para-casamento-tecido-leve-e-rosa
Foto: Trinitá Couture/Divulgação

 

Sobre as cores, as tonalidades sorbet são uma forte aposta. Elas são leves e claras, conversam com o candy color e trazem delicadeza ao look. É uma paleta que está entre o pastel e o neon. Mas nem todas as mulheres ficam bem com esse tipo de coloração. “Se for apostar nos tons sorbet mantenha a cor longe do rosto. Procure por um vestido que trabalhe com a tonalidade da cintura para baixo”, aconselha Gabriela.

Procurando vestido de festa de casamento para comprar? Veja TOP 10 lojas de vestidos para madrinhas, convidadas e mães dos noivos | São Paulo

Tags da matéria

Comentários