Revista

Pele no frio: 5 cuidados essenciais para o inverno

Confira dicas para cuidar da pele no frio e mantê-la hidratada para subir ao altar

No frio, os cuidados com a pele requerem uma atenção especial – o clima mais invernal combinado com a falta de hidratação e os banhos mais quentes pode deixar a pele mais ressecada e trazer alguns probleminhas.

Por outro lado, esta estação do ano é a melhor época para quem quer realizar tratamentos estéticos que exigem que o paciente evite exposição solar. Confira as dicas de especialistas de cuidados com a pele durante os dias mais frios do ano.

Cuidados com a pele no inverno

O iCasei separou cinco dicas de especialistas, que deram dicas de cuidados com a pele durante as baixas temperaturas. Abaixo, você confere como cuidar da pele no inverno.

1. Combata o ressecamento da pele no frio

cuidados com a pele

Foto: Shutterstock

 

No inverno, uma das principais questões que podem afetar a pele são relacionadas ao ressecamento. “Isso ocorre devido à falta de hidratação, uma vez que no inverno bebemos menos água. É importante mencionar que o hidratante corporal ou facial apenas impede que a água do seu organismo evapore. Portanto se não há a ingestão de água adequada, a pele no frio se apresenta mais ressecada”, aponta Gabriela Silveira, da Clínica Slim Sante.

Outros fatores que podem causar o ressecamento, segundo Damiê De Villa, dermatologista do Kurotel – Centro Contemporâneo de Saúde e Bem-Estar, são a diminuição da umidade relativa do ar, diminuição da transpiração e aumento da temperatura da água do banho. “Tanto a pele do rosto, como a do corpo costumam ficar esbranquiçadas e descamativas que são sinais do ressecamento”, pontua.

Leia também: Cuidados com a pele: como mantê-la saudável antes e depois do casamento?

Para evitar que este quadro se agrave, o ideal é investir na hidratação. “Além da alimentação equilibrada e ingestão de água, usar dermocosméticos com propriedades que estimulam a hidratação da pele. Dermocosméticos que repõe aminoácidos, por exemplo, garantem ação hidratante e   antioxidante. Além do hidratante, use e abuse de máscaras para  estimular a produção de colágeno e elastina, fundamentais para a pele no frio”, sugere Elaine Veríssimo, diretora de desenvolvimento da Árago Dermocosméticos.

Com relação à ingestão de líquidos, a quantidade ideal pode variar de pessoa para pessoa. “O ideal é de 2l por dia, mas pode variar de acordo com peso corporal de cada um”, recomenda a esteticista Fernanda Valadares.

Gabriela também sugere alguns tratamentos: “Para o ressecamento da pele, acne e oleosidade o ideal é realizar limpezas de pele fotônicas frequentemente, pois com os lasers podemos selecionar a luz que mais favorece a pele do paciente e tratá-la de forma mais precisa, como acne, inflamação, estimulação de colágeno, entre outros fatores. Além disso, podemos realizar procedimentos como Skinbooster que promovem hidratação da pele no frio por recrutar água para a região onde o ácido hialurônico foi aplicado”.

2. Cuidado com as dermatites, eczemas e rosáceas

cuidados com a pele

Foto: Shutterstock

 

Coceira, vermelhidão, lesões na pele…isso lhe parece familiar? Quem sofre de dermatite atópica e eczemas costuma padecer um pouco mais no inverno. “Dermatite atópica e outros eczemas, que também estão relacionados ao ressecamento da pele, são comuns nesta época”, afirma Sylvia Ypiranga, Assessora do Departamento de Cosmiatria da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD). Outro  mal que tende a piorar no inverno é a rosácea – doença que afeta a pele principalmente da face e é uma doença vascular inflamatória crônica, que é caracterizada por vermelhidão, vasos finos e pústulas que lembram  a acne.

Damiê também lembra que nesta época pode ocorrer uma piora em doenças como a dermatite seborreica que ocorre em áreas que contenham pelos ou folículos pela desregulação sebácea.

Leia também: Quais cuidados com a pele a noiva deve ter antes e no Grande Dia?

“O banho quente pode piorar essa questão e desencadear outros problemas devido ao efeito rebote de glândulas sebáceas. Esse ambiente quente faz com que as mesmas entendam que precisam liberar seu produto para manter a homeostase local e tentar equilibrar a temperatura da região promovendo, por consequência, essa oleosidade. Isso desencadeia então uma oleosidade no couro cabeludo e também a acne”, explica Gabriela.

Para lidar com as dermatites e eczemas, Sylvia e Damiê sugere a hidratação periódica e uma alimentação saudável.

Dentre outras opções para cuidar destes problemas de pele, Damiê indica também  desde os tratamentos tópicos até procedimentos como lasers e luz intensa pulsada. “Deve-se sempre procurar o seu dermatologista para que este, como entendedor do assunto, possa lhe indicar o melhor tratamento”, afirma.

3. Aproveite para fazer tratamentos estéticos no inverno

cuidados com a pele

Foto: Shutterstock

 

O inverno é também um bom período para fazer tratamentos estéticos e cuidar ainda mais da pele. “Nesta estação, é possível incluir alguns tratamentos que exigem afastamento do sol, como peelings,  e tratamentos a lasers e tratamentos com ácidos. Entretanto, vale lembrar que, mesmo estes tratamentos podem ser feitos em qualquer época do ano, desde que se resguarde a exposição ao sol e haja uma boa orientação do médico”, explica Sylvia.

Leia também: Guia de casamento no inverno: como fazer?

Gabriela cita também procedimentos para os cuidados com a pele,  como o microagulhamento, lasers mais agressivos, secagem de vasinhos e peelings químicos. Fernanda também menciona tratamentos de hiperpigmentação (manchas na pele), hiperpigmentação pós inflamatória (manchas de acne) e controle de melasma com peeling químico. “Além da limpeza de pele, tratamento de acne, hidratação e tratamento para rejuvenescimento”, completa Fernanda.

4. Cuide da alimentação

cuidados com a pele

Foto: Shutterstock

 

A expressão “Você é o que você come” já é batida, mas não deixa de ser verdade. Apesar do clima mais friozinho e da vontade de tomar um vinho, comer chocolates e comidas um pouco mais pesadas, também deve haver um cuidado extra com a alimentação nesta época do ano para uma pele bonita.

“O ideal é comer legumes, hortaliças e frutas, alimentos que são fontes de vitaminas e minerais que neutralizam os radicais livres, prevenindo o envelhecimento da pele. Beber água ao longo do dia também é muito importante”, reforça Elaine.

Leia também: Dicas para adotar a dieta low carb antes do casamento

Damiê também recomenda o consumo da soja, como um dos cuidados com a pele. “Ela é rica em isoflavonas – substâncias que evitam o ressecamento e melhoram a elasticidade da pele”, pontua.  Ela também sugere adicionar castanhas, nozes e amêndoas, que são ricas em vitamina E, selênio e antioxidantes, importantes aliados para manter a pele saudável e bonita.

5. Cuidados caseiros

cuidados com a pele

Foto: Shutterstock

 

Veja as dicas das especialistas de cuidados com a pele no frio que podem ser realizados em casa, no dia a dia:

  • Mantenha os cuidados de limpeza, tonificação e hidratação da pele;
  • Mantenha a rotina de proteção solar, mesmo em ambientes fechados ou nublados;
  • Reforce o uso de hidratantes;
  • Use e abuse de máscaras para estimular a produção de colágeno e elastina, fundamentais para a pele;
  • Evite tomar banhos com água muito quente, é preferível que se aqueça o ambiente;
  • Evite ficar muito tempo em locais com aquecedores que diminuam a umidade relativa do ar. Nesses casos, pode-se recorrer ao umidificador.

Veja mais no nosso perfil no Pinterest

</>

Sobre:

#
Marina Pastore

Marina Pastore é jornalista e trabalhou na Folha de S.Paulo. Desde 2011, quando começou a organizar seu próprio casamento, se apaixonou pelo assunto e criou um blog, o Vestida de Branco, para dividir ideias, opiniões e dúvidas. Anos depois do seu casamento, ainda adora falar sobre o assunto, ajudar as noivas e com...

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Av. Dr. Chucri Zaidan 1550, 31º - São Paulo - CEP: 04711-130 - CNPJ: 08.762.226/0001-31 © iCasei 2007 - 2019