Atemporal é o nome que define o casamento clássico. Os vestidos de noiva princesa, o traje do noivo mais formal, a cerimônia noturna e toda a sofisticação do clássico são as apostas perfeitas para os casais mais tradicionais. E, para isso, nada melhor do que optar por um modelo de convite de casamento tradicional, que tende a ser em tons claros, com detalhes prateados ou dourados, letras desenhadas e papéis mais consistentes e com leve brilho. Relevos e outros detalhes podem aparecer, mas em textura suave e acetinada.

convite-de-casamento-tradicional-brasão-envelope-Tem-Amor-no-Papel
Divulgação: Tem Amor no Papel

 

O convite de casamento tradicional

Entre os profissionais de papelaria e design, os conceitos de tradicional e clássico nem sempre estão ligados. Para Andréa Nocera, do Atelier Andréa Nocera Papelaria Fina, o estilo tradicional está relacionado ao formato do convite. Já o clássico tem relação com as cores escolhidas para a peça.

“Modelos retangulares, na horizontal, em um envelope de carta são um exemplo de tradição. Já as cores peroladas, em marfim, bege ou branco, remetem ao clássico”, diz.

Divulgação SCards

Tradicional, mas com personalidade

O acabamento do envelope é um detalhe que mudou nos últimos anos, mesmo no convite de casamento tradicional. De acordo com Andréa, os casais que escolhem dentro desse estilo podem usar envelopes com fecho reto. Detalhes em dourado e prata podem aparecer como marca da tradição.

Combinar a peça com o gosto dos noivos é a recomendação de Susana Fujita. A profissional afirma que, mesmo no estilo tradicional, os noivos têm desejado deixar uma marca pessoal no convite de casamento. “O movimento que vejo hoje é que mesmo os convites tradicionais podem receber algum detalhe personalizado”.

Papelaria Susana Fuji / Foto: Duo Borgatto / Editorial Classic Wedding

Cores, tamanho e texturas

Além do branco e variações entre pérola e off white, o rosé, grafite, dourado e vermelho aparecem nas indicações de Raquel Salaro, do Tem Amor no Papel. No convite de casamento tradicional, a profissional recomenda utilizar os tons coloridos na fonte ou no lacre.

As opções na papelaria são muitas e isso pode deixar os noivos indecisos na hora de escolher o material para o convite. Dentro da proposta tradicional, Raquel indica os que mais a agrada.

“Gosto muito do papel markatto para convites clássicos. Tem um textura discreta e acetinada. O tintoretto cai bem em uma peça original – é off white e lembra papel de aquarela”.

convite-de-casamento-tradicional
Divulgação Susana Fujita

Tipologias delicadas!

“As tipologias manuscritas são as preferidas dos noivos”, afirma Susana. A profissional acrescenta que a cor fendi, em tom pastel, também tem sido opção para a peça clássica. Além disso, nesse contexto, é comum os nomes dos pais do casal aparecerem antes, como quem convida para a festa.

Entre os casais de Andréa essa tradição vem sendo quebrada. “Vejo que acompanha a mudança social. Hoje, as pessoas decidem quando casar e com quem casar. Por isso o nome dos pais podem nem sempre aparecer. E quando constam no convite, vem logo abaixo dos nomes dos noivos”.

convite-de-casamento-tradicional-scards
Divulgação SCards

 

Mesmo em convites tradicionais, o tamanho pode mudar de acordo com o gosto do casal. Os que acabam tendo mais saída são os modelos 24cm x 18cm e 27cm x 19cm. Além disso, na parte interna e escrita, desenhos florais podem ser incluídos. Deixam a peça delicada e tradicional.

Inspirações entre os estilos

Para os casais que gostam de brincar entre os estilos e trazer diferentes detalhes à peça, a dica é mesclar entre formatos contemporâneos e escritas clássicas. “Por exemplo, uma caligrafia feita à mão e criada pelos noivos, com lacre de cera em formato vertical, que é mais contemporâneo”, afirma Raquel.

Crédito: Tem Amor no Papel

 

Para Andréa, o lacre com cera pode remeter ao tradicional e antigo. Dessa forma, peças em metal e arranjos com flores podem compor o fecho do convite. “Além dos laços em cetim, que quase sempre têm boa saída”.

Fazer a marca de um brasão em alto relevo ou as iniciais do casal também traz peso e tradição à peça. O detalhe pode ser em colorido, no mesmo tom da fita de fecho do convite, por exemplo, ou incolor.

Crédito: Tem Amor no Papel

 

Uma coisa é certa: apostar no clássico é sempre uma ótima opção. Mas isso não quer dizer deixar a personalidade dos noivos de lado. Aposte em detalhes como um brasão ou aquarela personalizados para garantir charme e identidade à papelaria clássica.

Ama esse estilo? Veja mais ideias:

Buquê de noiva clássico | Inspirações para arrasar no tradicional

Vestidos de noiva princesa | Modelos, tecidos e dicas incríveis

Como escolher joias para noivas? Dicas para conquistar a combinação perfeita

Veja mais fotos de convite de casamento tradicional no nosso perfil no Pinterest 
</>

Tags da matéria

Comentários