Revista

Passo a passo para organizar a cerimônia de casamento

Separamos um dossiê bem completinho que mostra a ordem da cerimônia de casamento e promete ajudar você a ter o ritual dos sonhos

A cerimônia de casamento é uma parte importante do Grande Dia. Isso porque, independentemente do local, da religião ou dos rituais, é nesse momento que os noivos confirmam o amor que sentem um pelo outro e a intenção de construir uma vida juntos. E tudo é realizado sob os doces olhares de familiares e amigos, tornando o ato ainda mais especial.

Baixe grátis nosso check list do casamento

cerimônia-de-casamento

Foto: Sally Pinera

 

Quem organiza a cerimônia de casamento?

Quando o assunto é cerimônia de casamento, é importante ressaltar que o estilo da festa influencia diretamente em quem organizará o momento.

Se você vai se casar na igreja, existem regras a serem seguidas. “Geralmente, a própria instituição designa quem cuidará do protocolo. Como cada lugar tem seu manual, somente um especialista saberá organizar de maneira correta”, explica Val Lima, cerimonialista e produtora de eventos na HV7 Cerimonial. No geral, pouco ou nada pode ser mudado na cerimônia de casamento católico ou evangélico.

Agora, se o enlace será realizado no campo ou na praia, é indicado contratar um cerimonialista. “Na cerimônia de casamento ao ar livre, todas as etapas serão planejadas por esse profissional com a aprovação dos noivos para cada instante. Todo ritual ocorrerá conforme o desejo deles”, afirma Val.

As etapas, entretanto, não mudam tanto independentemente do tipo de celebração. Por isso, separamos um guia básico que vai ajudá-la a entender a ordem mais usada para o ritual – e pode até servir de apoio para as noivas que quiserem ter a tarefa de preparar o momento por conta própria.

cerimônia-de-casamento

Foto: Lana Ivanova

 

Cerimônia de casamento: passo a passo

1. Entrada do noivo

O primeiro na ordem do cortejo do casamento sempre é o noivo. Aqui, ele pode realizar dois tipos de entradas. “Os mais tímidos preferem aguardar pela noiva diretamente no altar. Porém, muitos optam por entrar pela nave com sua mãe, o que, geralmente, é uma experiência bastante emocionante para ambos”, revela Adriana Sapag, assessora de casamento na Entrevento. É o noivo quem decidirá qual será a entrada usada no Grande Dia.

noivo-esperando-noiva-na-cerimônia-de-casamento

Foto: Brandon Kidd Photography

 

2. Ordem de entrada de pais e padrinhos

Os pais devem entrar logo após o noivo. Caso o seu amado tenha optado por esperá-la no altar, uma boa ideia é pedir para que eles entrem como casais. “Depois, o pai da noiva retorna para entrar com a filha”, diz Val. Agora, se a escolha dele foi entrar pela nave, vale colocar a mãe da noiva e o pai do noivo juntos abrindo o cortejo e simbolizando a união das famílias.

A partir daí, vem a grande pergunta: na cerimônia de casamento, qual é a ordem de entrada dos padrinhos? “Geralmente, os primeiros da fila são os familiares, seguidos pelos amigos, começando do mais antigo ou aquele que você tem mais intimidade. Mas a ordem pode mudar de acordo com o que o casal achar mais coerente”, comenta Adriana.

Em relação ao posicionamento no altar, a ordem segue a entrada do cortejo: os pais ficam mais próximos dos convidados e cada casal de padrinhos vai se unindo a eles conformem entram na celebração.

entrada-dos-padrinhos-na-cerimônia-de-casamento

Foto: Ether & Smith

 

3. Floristas

As floristas entram antes da noiva e têm o objetivo de abrir a passagem para ela. “É uma tradição forte que representa o desejo de um caminho suave e perfumado para a entrada triunfal”, aponta Val.

Embora as crianças sejam a escolha mais provável para essa entrada, está cada vez mais sendo uma forma de como incluir as avós no casamento. “A beleza do significado será que os noivos desejam a mesma jovialidade, força, vigor, sabedoria e longevidade das anciãs da família”, conta a cerimonialista.

Lembre-se: não há uma regra para quem cumprirá essa função no cortejo. Podem ser meninos, meninas, homens ou mulheres, sem idade máxima como limite.

florista-e-pajem-na-cerimônia-de-casamento

Foto: STUDIO 1208

 

4. A triunfal entrada da noiva

A entrada da noiva é o momento mais aguardado da cerimônia de casamento. Estão todos ansiosos para conferir cada detalhe, desde o look até a música escolhida por ela.

Para não errar, vale se atentar a algumas dicas. “No geral, as noivas optam por entrar de braços ou de mãos dadas com o pai. É algo bem pessoal. Porém, a altura de ambos e o tamanho do vestido podem interferir nessa escolha para que ambos consigam caminhar com boa postura”, alerta Fernanda Penido, também assessora de casamento na Entrevento.

A dica de ouro, entretanto, é caminhar devagar e curtir cada segundo. “Tudo passa muito rápido e a emoção de andar em direção ao seu noivo é indescritível. Aproveite”, aconselha a especialista.

entrada-da-noiva-na-cerimônia-de-casamento

Foto: Lucas Di Vietro

 

5. Decorrer da cerimônia

Após a noiva ser recebida pelo seu amado no altar, é dado o início da celebração. Aqui, a ordem da cerimônia de casamento pode variar de acordo com a religião e os rituais escolhidos pelo casal.

“De forma geral, tem um discurso de boas-vindas do celebrante, seguido de uma mensagem a todos sobre o casal e o que significa o amor, o casamento”, explica Adriana. Depois, está na hora dos votos de casamento. “Em algumas cerimônias, os noivos fazem seus próprios. Em outras, eles repetem os indicados pelo celebrante”, completa.

Após os votos, está na hora da troca de alianças e do tão aguardado “eu vos declaro marido e mulher”.

votos-na-cerimônia-de-casamento

Foto: Alicia Mink

 

6. Troca das alianças

Esse é mais um momento fofo na cerimônia de casamento simples ou sofisticada. Geralmente, pajens ou daminhas são escolhidos para entregar as alianças. Mas isso já não é uma regra. “Qualquer pessoa que represente importância aos noivos poderá cumprir a função”, afirma Val. Essa também pode até ser uma forma de incluir o pet no Grande Dia!

É importante ressaltar que, antes de planejar o momento, você deve verificar se as alianças podem ser entregues de tal forma. Isso porque algumas igrejas não aceitam atos após a entrada da noiva. “Nesse caso, vale deixá-las no bolso do noivo ou fazer pajens e daminhas entregarem junto com as floristas”, aponta a cerimonialista.

troca-de-alianças-na-cerimônia-de-casamento

Foto: Philipe Nogueira

 

7. Cumprimentos e saída

O último ritual da cerimônia de casamento são os cumprimentos. Existem duas formas de realizar o ato: os noivos cumprimentam quem está no altar, passando de casal em casal, ou os padrinhos e pais vão até eles.

Independentemente do jeito escolhido, a saída será a mesma, ocorrendo de forma inversa às entradas. “Primeiro, os padrinhos deixam a cerimônia, seguidos por pais, floristas e pajens. Por fim, o casal sai do altar”, conclui Val.

saída-da-cerimônia-de-casamento

Foto: Tracy Enoch Photography

 

Veja mais inspirações para a cerimônia de casamento no nosso perfil no Pinterest

</>

Sobre:

#
Bianca Bellucci

Bianca Bellucci trabalha como jornalista desde 2012 e já escreveu para grandes portais, como UOL e Terra. Teimosa como uma boa taurina, convenceu os pais a trocarem uma viagem para a Itália para comemorar as Bodas de Prata por uma festa com direito a tudo que manda o figurino. Apaixonada por cultura pop, adora casame...

1 comentário

  1. Avatar Débora Costa

    Amei a sua dica estava precisando de ler um artigo assim.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Av. Dr. Chucri Zaidan 1550, 31º - São Paulo - CEP: 04711-130 - CNPJ: 08.762.226/0001-31 © iCasei 2007 - 2019