casamento na Itália (3)

 

O casamento italiano ainda obedece muitas tradições antigas. Assim como os brasileiros, os italianos são intensos. Impossível, portanto, que essa intensidade não se faça presente em um dia tão especial como o do casamento. Toda essa explosão de sentimentos é transmitida nos detalhes e na simbologia: em um casamento italiano, tudo tem significado, tudo é representação de algum sentimento.

Para entender um pouco melhor sobre as tradições italianas na hora de subir no altar, o iCasei conversou com duas especialistas no assunto: Chiara Viarisio, wedding planner e fundadora do Weddings by Chiara de Turim e com Sara Mazzei, wedding planner e fundadora do Infinity Weddings de San Miniato. Confira as principais.

Mangiare!

mesa farta casamento italiano

Casamento Italiano é sinônimo de mesa farta. Foto: Shutterstock

Veja também Buffet de Casamento | Como escolher o seu?

Na Itália, tudo começa e termina em comida. No casamento – mais importante evento familiar dos italianos, segunda Sara – não seria diferente. Por isso, todos os parentes podem e devem opinar e colocar a mão na massa. Literalmente!

Antes da cerimônia, os parentes se reúnem na casa da noiva num encontro regado à, claro, muita comida. “A festa é um gigantesco almoço para todos (todos mesmo) os parentes”. A regra é clara: “Sentar na mesa e aproveitar, ao máximo, da companhia da família e da boa comida e vinho”, afirma Sara.

Vestimenta

casamento na Itália (5)

O vestido de noiva é o clássico branco. Foto: Infinity Wedding

Para Chiara, a palavra tradição imediatamente remete ao vestido da noiva. Como de costume, ele deve ser branco, e variar no máximo em tons pastéis. Se a cerimônia for religiosa, o véu é indispensável! Sara afirma, porém, que tiaras e outros acessórios são bem-vindos. Além dos itens clássicos que compõe o look da noiva, na Itália existe um rito de passagem um pouco diferente: Sara e Chiara contam que a noiva italiana, assim como a norte-americana, deve portar consigo cinco itens:

1- Um objeto novo, que simboliza a nova vida que está se iniciando;

2- Um objeto velho, que simboliza o passado, que jamais deve ser esquecido com a chegada da nova vida;

3- Um objeto emprestado, que simboliza o afeto das pessoas queridas que se mantém perto nessa passagem do velho para o novo. O ideal é que seja emprestado por uma pessoa querida do casal;

4- Um presente, que simboliza o afeto das pessoas queridas;

5- Uma coisa azul: Símbolo de sinceridade e pureza da mulher. Antigamente, era a cor do vestido da noiva. Nos dias de hoje, o que se usa muito é uma cinta liga decorada com uma fitinha azul.

Bouquet

bouquet de lavanda casamento na Itália

O bouquet é um presente do noivo! Foto: Shutterstock.

Outra coisa bem característica da tradição italiana é a escolha do buquê. Chiara conta que quem decide o modelo é o marido! O arranjo deve ser entregue à noiva pela futura sogra na manhã do casamento. É um último “presente de namorado” por parte do noivo.

Sara explica que, no fundo, representa também a aprovação da futura sogra perante a mulher com quem vai dividir seu filho: “Conhecendo o perfil das mães italianas, esse é um gesto realmente grande!”, afirma.

Confete

chuva de confete casamento na Itália

 Chuva de confete para comemorar o casamento. Foto: Shutterstock.

O confete é outro elemento indispensável. Esses fazem parte da “lembrancinha” que os noivos entregam no final da festa. Sara afirma que o número de confetes não deve ser casual: “Cada lembrancinha contém obrigatoriamente cinco confetes, simbolizando saúde, riqueza, felicidade, longevidade e fertilidade”.

Antes da cerimônia

casamento na Itália (2)

Pela tradição italiana, nada da noiva e do noivo se verem antes do casamento. Foto: Infinity Wedding

Os noivos não devem se ver ou se falar a partir da meia noite do dia anterior à cerimônia.

Assim como no Brasil, o noivo não deve ver a noiva antes do casamento. É sinal de azar! Na Itália, no entanto, o rito é mais radical: nem própria noiva deve se olhar no espelho no dia anterior. Chiara conta que, caso não consiga resistir (e provavelmente não conseguirá!), algum item do vestuário, como o véu ou o sapato, deve ser retirado.

A noiva não pode nem pensar em esquecer qualquer coisa em casa! “Isso é sinal de indecisão e insegurança” afirma Chiara.

Depois da cerimônia

casamento na Itália (1)

Depois da cerimônia é só festa! Foto: Infinity Wedding

O tradicional ditado italiano, lembrado por Chiara, diz: “Sposa bagnata, sposa fortunata” (“esposa banhada é esposa com sorte”, em tradução livre). Como ninguém quer dar sopa para o azar no dia do casamento, pode banhar a noiva com arroz! A cerimônia é coroada com uma verdadeira chuva de arroz sobre os noivos. Simbolizam os votos de fertilidade, riqueza e alegria: “Não dá pra negar que a chuva de arroz seja um ato absolutamente grandioso”, diz Sara. Logo após, se inicia a fila de amigos e parentes que querem cumprimentar os noivos. “Tem que ter paciência, pois os convidados são altamente numerosos. E pode ter certeza que ninguém sairá da igreja antes de cumprir esse gesto sagrado!” conta Sara.

saída da igreja com chuva de arroz - casamento na Itália

 Chuva de arroz para dar sorte aos noivos. Foto: Shutterstock

Veja também Tradições do casamento | Nome na barra do vestido

O caminho da igreja para o local da festa tem, obviamente, seu toque italiano: os noivos seguem sempre em algum meio de transporte alternativo, como carros antigos, vespas, e até pequenos tratores, caso o casamento seja no campo. E esse deve, absolutamente, ser decorado! Assim que os carros dos convidados (“rigorosamente destacados com uma fitinha branca”, de acordo com Sara) partem, se inicia um concerto de buzina! Um gesto que faz com que o evento seja reconhecido a metros de distância. “Isso traz muita alegria paras ruas italianas”, conta Sara.

 

passeata de carros - casamento na Itália

 Passeata de carros e muita buzina também fazem parte da festa. Foto: Shutterstock.

Por fim, ao chegar em casa, deve-se realizar a velha tradição em que o marido cruza a porta com a mulher nos braços. Segundo Chiara, isso é feito para proteger a esposa dos espíritos malignos que esperam na porta. Melhor prevenir!

noiva nos braços do noivo - casamento na Itália

 Noiva no colo do noivo é sinal de proteção. Foto: Shutterstock.

Tradições e tradições, apesar delas – e com elas – o objetivo é só um, afirma Sara: “os italianos vivem o casamento como um momento de pura alegria e diversão, o momento mais feliz na vida de um casal e suas famílias. Nós inventamos mil brincadeiras, mas que servem apenas para multiplicar a alegria do dia, que é o triunfo do amor, da amizade e, claro, a família!”.

casamento na Itália (6)

 E depois de tudo é só curtir a emoção. Foto: Infinity Wedding.

Auguri!

Tags da matéria

Vai se casar?

Assine a nossa newsletter e fique por dentro das últimas novidades e tendências!