Revista

Revista iCasei: Blog de Casamento para Noivas e Noivos

Saiba se é melhor alugar ou financiar um imóvel

Confira as dicas de profissionais e veja se é melhor alugar ou financiar um imóvel

Casais:Vejam os prós e contras de alugar ou financiar um imóvel antes de fechar o negócio (Fotos: ThinkStock)

Casais:Vejam os prós e contras de alugar ou financiar um imóvel antes de fechar o negócio (Fotos: ThinkStock)

As facilidades proporcionadas pelo governo na compra pela casa própria têm aumentado cada vez mais. Porém, os casais precisam ficar atentos antes de optarem em dar o primeiro passo em um financiamento.

Embora muitos classifiquem o investimento em um aluguel como ‘dinheiro jogado fora’, ele também tem suas vantagens e pode ser mais vantajoso em algumas ocasiões.

O gerente de estratégia da APSA, que atua gestão de condomínios e negócios imobiliários, Rogério Quintanilha, sugere que cada pessoa (ou casal) faça uma análise pessoal do seu estilo de vida e veja qual o melhor modelo de moradia para cada caso. “É uma escolha entre ser inquilino do banco [pessoa jurídica] ou de um proprietário [pessoa física]“, afirma.

Quintanilha ainda simulou uma situação para mostrar quando o aluguel é mais vantajoso. Segundo ele, em um imóvel de R$ 400 mil, o valor de aluguel é de, em média, 0,5% do total (R$ 1,9 mil). Em 360 meses (prazo mais comum entre os financiamentos), isso geraria um gasto de R$ 702 mil.

Casal pode fazer uma análise do seu estilo de vida e ver qual o melhor modelo de moradia

Casal pode fazer uma análise do seu estilo de vida e ver qual o melhor modelo de moradia

Já no financiamento, um bem com o mesmo valor, teria uma prestação de R$ 4,5 mil e, assim, no mesmo período o gasto chegaria a R$ 928 mil a mais do que o aluguel.

“No entanto, o cenário de juros é muito favorável atualmente no Brasil. Em média, paga-se cerca de 9% de juros sobre o valor financiado. Em compensação, os imóveis têm tido uma valorização de 15% ao ano. Então, compensa comprar financiado”, analisa Marcelo Prata, fundador e CEO do Canal do Crédito.

Outro fator que pesa a favor dos financiamentos é em relação ao comprometimento das parcelas na renda mensal do consumidor. Isso porque, em alguns casos, o valor do aluguel pode superar o do financiamento, sendo que o imóvel alugado não será propriedade do inquilino.

“Isso vai depender do valor da entrada que a pessoa der no financiamento. Nesta modalidade, as prestações são corrigidas pela TR [taxa referencial], com uma variação muito pequena, e os valores caem com o passar do tempo. Já os aluguéis são reajustados pelo IGP-M [Índice Geral de Preços – Mercado] e ficam mais caras com o decorrer dos meses. Pensando assim, o financiamento é melhor”, completa Prata.

Os custos extras de cada modalidade também devem ser considerados no momento de se fazer uma opção. Com o financiamento, é preciso desembolsar mais dinheiro para arcar com escritura (ITBI), taxas administrativas (vistoria, contratos) e impostos, que podem representar 4% do valor do imóvel. No aluguel, os trâmites administrativos, como certidões, significam o equivalente a um mês de locação a mais, o que o torna mais atraente financeiramente.

Em geral, na opinião dos especialistas, as duas modalidades exigem atenção. Comprar ou alugar um imóvel requer planejamento e metas para não gerar problemas financeiros. “Alugar um imóvel e guardar o dinheiro para comprar à vista ou ainda viver num imóvel alugado o resto da vida e ter dinheiro para viajar, passear, ou dar outro destino a ele também é uma boa opção. Habitação é ter onde morar e como pagar. Seja alugado ou próprio”, finaliza Quintanilha.

Veja os prós e contras de alugar ou financiar um imóvel:

Habitação é ter onde morar e como pagar. Seja alugado ou próprio

Habitação é ter onde morar e como pagar. Seja alugado ou próprio

Aluguel

Prós
– É possível morar em um imóvel com localizações e padrões que seriam inacessíveis caso optasse pela compra;
– Caso precise se mudar, é mais fácil encerrar o contrato de aluguel do que colocar a casa à venda;
– O dinheiro usado para pagar as altas taxas de financiamento pode ser investido em opções que agradem o morador e lhe deem mais qualidade de vida;
– O inquilino tem, garantido por lei, o privilégio de ficar com a casa no caso o proprietário decida vendê-la.

Contras
– Reformas – é preciso da autorização do proprietário para fazer qualquer tipo de alteração no imóvel;
– Não há garantia de estada permanente no imóvel. Caso precise utilizá-lo, o locador pode pedir a saída do inquilino;
– Todo o ano a taxa de aluguel sofre reajuste, o que pode pesar no bolso do morador;
– Não há prazo para deixar de pagar o aluguel. O imóvel não é do inquilino;
– Para alugar uma casa é necessário encontrar um fiador ou pagar caras taxas de seguro-fiança.

Financiamento

Prós
– No fim do contrato, o morador se torna proprietário do imóvel;
– Caso passe por problemas financeiros, o proprietário pode vender o seu imóvel para conseguir mais dinheiro. O imóvel se torna uma garantia;
– Os gastos fixos na parcela facilitam o orçamento mensal.

Contras
– Os juros podem dificultar o orçamento mensal e tornam o imóvel mais caro do que ele realmente é;
– Ao financiar, o proprietário ainda tem que arcar com custos de escritura, RGI e outras taxas;
– Para financiar com boas mensalidades, é preciso economizar bastante para dar uma boa entrada;
– Se a pessoa mudar o local de trabalho, fica mais difícil para mudar para perto, como faz quem mora de aluguel.

Via Revista Zap Imóveis

Seu site de casamento merece ser iCasei
Criar Site Grátis

Sobre:

#
Revista Zap Imóveis

Novo colunista e colaborador da Revista iCasei, o ZAP Imóveis é o maior portal de imóveis do Brasil! Empresa das Organizações Globo, o site reúne informações sobre mercado imobiliário, além de serviços e dicas de decoração. Tudo que você precisa saber antes e depois de casar, na hora de escolher seu imóv...

Av. Dr. Chucri Zaidan 1550, 6º andar - Conjunto 604 - São Paulo - CEP: 04711-130 © iCasei 2007 - 2024