Já pensou na possibilidade de ter uma mesa de sobremesas no casamento no lugar dos tradicionais doces finos? Inicialmente, esta ideia pode parecer um pouco estranha para nós, brasileiros, aficionados por brigadeiro, mas ela já é bastante comum em outras partes do mundo.

Na Argentina, por exemplo, todo o formato do casamento é diferente e isso acaba impactando na escolha das sobremesas. “99.9% dos casamentos são a inglesa e com isso, sempre tem sobremesa”, explica Sofi Nieto, assessora e cerimonial de casamentos argentina que hoje atua no Brasil.

mesa de sobremesas no casamento
Foto: Becca Lea Photography

 

Já em Portugal, utiliza-se muito mais a mesa de sobremesas – embora a moda dos doces finos brasileiros ter aparecido por lá também, segundo Catarina Cerqueira, da My Cake Store.

A especialidade de Catarina, por exemplo, é montar mesas de sobremesas com doces conventuais portugueses.  “Eles ficam como em uma ilha gastronômica, num local só deles. Algumas vezes com o bolo de casamento ao centro. Aqui variam-se as cores das forminhas e as decorações, conforme o tema / decoração do casamento”, expõe Catarina.

Leia também: Doces para casamento: 7 tendências de dar água na boca para 2018

Aqui no Brasil, a mesa de sobremesas no casamento surge como uma forma de resgatar memórias de família.

“Essa ideia veio pela solicitação de noivas que querem sobremesas que fazem parte de nossas vidas. Sobremesas que contam nossa história e que são sabores familiares”, explica Iris Laguna, da Genoveva Doces.

Como calcular a quantidade de doces em uma mesa de sobremesa?

mesa de sobremesas no casamento
Foto: Carly Michelle Photography

 

Em um casamento com a tradicional mesa de doces finos, calcula-se em média de seis a oito doces por convidado. Mas como funciona em uma mesa de sobremesas no casamento?

Para Catarina, de Portugal, a quantidade ideal por convidado, nunca deve ser menos de 8 a 10 docinhos por pessoa, porque os mesmos não são grandes.

“Se houver uma mesa de doces extra (tipo buffet), então calculamos 2 a 3 docinhos por pessoa”, explica. Aqui no Brasil, segundo Deiverson de Lara, da Deiverson de Lara Doces Finos, o cálculo também pode variar – se houver uma mesa de doces finos, calcula-se duas sobremesas por convidados. Se for só a mesa de sobremesas, de três a quatro por convidado.

Mesa de sobremesas no casamento
Foto: Harwell Photography

 

Iris indica servir numa ilha com porções individuais ou com um garçom cortando e servindo em pratos. A quantidade irá depender da variedade de sabores. “O ideal é ter pelo menos uma para cada convidado por sabor. Principalmente se for de chocolate ou cocada de forno”, esclarece Iris.

Na Argentina, segundo Sofi, em geral, o próprio buffet que faz as sobremesas, mas há algumas empresas especializadas também na parte de doces. Na terra dos nossos hermanos, eles calculam aproximadamente de 100 a 150 g de bolos ou doces por pessoa – mas sempre acabam acrescentando um pouco a mais no final.

Como escolher a variedade de sobremesas?

mesa de sobremesas para casamento
Foto: Phil Chester

 

No geral, isso vai depender bastante do gosto do casal – o ideal, segundo Deiverson, é não ter mais do que seis variedades de doces, para que todos possam provar de tudo.

Já Sofi pontua que na Argentina, variedade de doces é o que não falta!

“É mais um salão de doces do que uma mesa. São servidas sobremesas como brownie com chantilly e doce de leite, tortas de morango, pudim, rogel (sobremesa argentina composta de finas fatias de massa cobertas por doce de leite e coroadas por merengue), cheesecake, mil folhas, alfajores, etc”, destaca.

O que servir na mesa de sobremesas no casamento?

Mesa de sobremesas no casamento
Foto: Birds of a Feather

 

Isso vai depender muito do gosto pessoal dos noivos. Iris comenta que alguns dos doces mais pedidos são cocada de forno, apple pie, framboesa com amêndoas, brownie, red velvet, tiramissu, torta de limão siciliano com mel. Deiverson sugere a mescla de sabores, como cítricos, frutas e chocolate.

Leia também: Doces de Casamento | Os mais pedidos

Em sua mesa de doces conventuais portuguesas, Catarina conta que o preferido é “queijinho” (doce com amêndoa e doce d’ovo com formato de queijinho).

Ainda nesta onda de mesas temáticas, é possível pensar em sobremesas que tenham relação com a região de origem dos noivos ou até mesmo da região onde o casamento será realizado – doces árabes, mineiros, gaúchos, italianos, etc.

Dá para ter bolo de casamento?

Mesa de sobremesas no casamento
Foto: Anna Page Photography

 

Uma dúvida comum de quem vai fazer a mesa de sobremesas é se é bacana incluir o bolo também.

Na opinião de Iris, se os noivos optaram por um jantar completo com as sobremesas é possível servir bolo. “Mas aconselhamos a ter bolo para 1/3 dos convidados. Se forem 150 convidados, tenha bolo para 50 pessoas. Este não é um item muito consumido quando há sobremesas”, sugere Iris.

Leia também: Bolo de casamento | O guia completo

Para Catarina, é bem possível ter o bolo. “Normalmente, o bolo faz parte da mesa de doces, ficando por norma sempre ao centro e em altura estratégica. Este pode ser um bolo cênico, e a parte comestível sair da cozinha, ou ser um bolo verdadeiro. Este é partido pelos noivos para a foto e depois o restante é fatiado na cozinha”, destaca.

Dicas para montar a mesa de sobremesas

Mesa de sobremesas no casamento
Foto: Anthony Hoang

 

Decidiu ter uma mesa de sobremesas no casamento? Veja algumas dicas dos especialistas para montar a sua:

  • Opte por sobremesas mais firmes ou que não necessitem estar quentes para serem apreciadas. “O petit gâteau, por exemplo, é o doce que é melhor servido quentinho, para ter o efeito da calda. Não pode ser uma sobremesa que endureça ou amoleça na temperatura ambiente”, indica Deiverson.
  • Como é um formato um pouco diferente, segundo Deiverson, você poderá precisar de copeiras para auxiliar os convidados a se servirem.
  • Ao optar por uma mesa de sobremesas os noivos devem cuidar para não colocar só um sabor ou ir ao extremo e oferecer uma variedade muito grande de sabores. “Se os noivos optaram por um só sabor, existe a possibilidade de algum convidado ficar insatisfeito pois o sabor oferecido não é de seu agrado. Se os noivos optarem por muitos sabores estarão estimulando os convidados a pegar a mais do que poderiam consumir e, nesse caso, cometer desperdício”, alerta Iris.
  • É importante também pensar a respeito do perfil dos convidados. “Se houver convidados de várias partes do mundo, há que levar em conta e colocar algumas sobremesas com os quais os convidados se identifiquem”, conclui Catarina.

Inspirações de mesas de sobremesas

Prepare-se para salvar na sua pastinha de inspirações algumas referências de mesas de sobremesas para casamento:

Mesa de sobremesas no casamento
Foto: Indu Huynh

 

Mesa de sobremesas no casamento
Foto: Jason Smelser

 

Mesa de sobremesas no casamento
Foto: Harlow and Grey

 

Mesa de sobremesas no casamento
Foto: Erich McVey

 

Mesas de sobremesas no casamento
Foto: Kayla Adams

 

mesa de sobremesas no casamento
Foto: Kayla Adams

 

mesa de sobremesas no casamento
Foto: Melissa Marshall

 

mesa de sobremesas no casamento
Foto: Jennifer Young

 

mesa de sobremesa s no casamento
Foto: Kelly Anne Photography

Tags da matéria

Comentários