As tonalidades de roxo estão com tudo em 2018. Após a Pantone escolher o Ultra Violet como o tom do ano, a cor lavanda chega para substituir o nude e se tornar a queridinha das noivas.

Ainda mais se o casamento for diurno e no verão, quando o tom pastel harmoniza com o cenário e dá um toque a mais de romantismo ao ambiente.

noivos-no-meio-de-plantação-de-lavanda
Foto: Kayla Barker Fine Art/Style Me Pretty

 

Porque a cor lavanda virou tendência

O uso da cor começou nos Estados Unidos, onde uma das tradições de casamento mais marcantes é escolher a cor do vestido das madrinhas – e, às vezes, até o corte. “Quem procura por referências no Pinterest sempre acaba esbarrando em looks das bridesmaids com a tonalidade”, aponta a assessora de eventos Ana Julia Figueiredo.

Agora, o tom também está virando tendência no Brasil. E tem tudo para fazer sucesso no verão. “Normalmente, essa estação é associada a coisas boas, divertidas e ousadas. Em relação à cor lavanda, seu significado transmite leveza e pureza, além de ela ser cheia de espiritualidade e energia”, diz Bruna Rabboni, assessora da Santo Casamenteiro.

As noivas que geralmente apostam nessa tonalidade são mais românticas ou gostam de moda. Isso porque lavanda é uma cor marcante.

papelaria-de-casamento-com-detalhes-em-lavanda
Foto: Zara/Style Me Pretty

 

Diferenças entre lavanda e a cor lilás

Por mais que sejam confundidos, lavanda e a cor lilás são tonalidades diferentes de roxo. O primeiro tende a ser mais pálido e é mais próximo do azul e até do cinza. Já o segundo possui pigmentação mais alegre e subtom puxado para o rosa.

Como o lavanda é bem específico, pode ser difícil fazer com que todos os envolvidos no casamento acertem na tonalidade. Para driblar o problema, Ana Julia indica que o melhor é apontar para cada fornecedor o tom que você quer diretamente na relação da Pantone.

Outra alternativa é abraçar todas as nuances de roxo e fazer um casamento mais plural com a cor azul lavanda, a cor lilás e outras tonalidades da mesma família.

noiva-entre-madrinhas-vestidas-com-tonalidades-de-roxo
Foto: Stephanie Williams

 

Como combinar lavanda com outras tonalidades

Se a sua ideia é deixar a cor lavanda como protagonista, vale indicar que o tom deve ser trabalhado apenas nos detalhes do casamento. “Usar a tonalidade como centro das atenções dará uma cara de festa de debutante ao evento”, alerta Ana Julia.

O recomendável é combinar o lavanda com tons pastéis e neutros, como bege e off-white. Agregar o verde à decoração também é uma boa saída. “O ideal é sempre fugir de cores fortes, como pink ou magenta, pois elas vão apagar a tonalidade e roubar a cena”, comenta a especialista.

noivo-usando-lavanda-como-flor-de-lapela
Foto: Merry Photography

 

5 formas de usar a cor lavanda no casamento

A cor lavanda para casamento pode ser incorporada em vários detalhes da festa. Aqui, vale ressaltar novamente, a proposta é sempre usá-la de forma sutil e com cores neutras, que ajudem a exaltar toda sua delicadeza.

1. Lavanda na papelaria do casamento

“O convite é um item muito importante. Ele vai transmitir a proposta da festa e aguçar a curiosidade do convidado para o Grande Dia. Por isso, é importante ter cuidado com o lavanda. Focar na cor pode passar a impressão de que o convite foi feito para uma festa de debutante há 20 anos”, revela Bruna.

Na hora de trabalhar com a tonalidade, o ideal é priorizar papéis de cores neutras, como off-white, bege e kraft, e usar lavanda nos detalhes, como letra e fita. Também vale colocar um ramo da flor como enfeite. Essas dicas servem não só para o convite, mas para toda a papelaria do casamento.

convite-de-casamento-com-flor-de-lavanda-de-decoração
Foto: Reprodução/Pinterest

 

2. Como combinar as flores

A única flor de cor lavanda é a própria lavanda. Sendo assim, na decoração de casamento, o ideal é trabalhar a espécie em conjunto com um mix de flores em tons pastéis e bastante folhagens.

Quem optar por usar nuances de roxo, entretanto, pode encontrar flores na cor lilás e outras tonalidades próximas. De acordo com Bruna, as espécies mais usadas dentro desse contexto são: rosas, hortênsias, centáureas, lisiantos e delfins.

Vale ainda dizer que a espécie não é típica do Brasil, o que pode tornar seu custo alto para usar em toda a decoração da festa. A lavanda vem da região que vai do sul da Europa ao norte da África, da Arábia e das Ilhas Canárias. E mais: floresce apenas no verão.

“Para economizar, uma boa saída é fazer apenas um buquê de lavanda e aproveitar outras espécies na decoração”, conta Ana Julia. Uma boa sugestão é usar a cor em vasos, cadeiras, almofadas, guardanapos e copos. Aí as combine com uma decoração para casamento branca.

noiva-segura-buquê-de-lavanda
Foto: Kelsey Combe/Style Me Pretty

 

3. Altar monocromático

Usar apenas uma cor no altar tem se tornado cada vez mais comum no Brasil. O nude, por exemplo, foi uma das principais escolhas para madrinhas entre 2016 e 2017. “O lavanda chega para substituí-lo. Felizmente, é uma tonalidade bem mais democrática, que combina melhor com diferentes tipos de pele”, ressalta Ana Julia.

Mas não só as madrinhas podem utilizar a cor lavanda na roupa. Os padrinhos podem incorporar o tom no lenço, na gravata, no suspensório e até nas meias. Sem contar que pode ser uma charmosa escolha de flor na lapela.

noiva-entre-madrinhas-vestidas-de-lavanda
Foto: Simply Bloom/Style Me Pretty

 

4. Docinhos e forminhas com a cor lavanda

Já que o lavanda é um tipo de cor candy, nada mais justo do que usá-lo nos doces para casamento. Se no caso das flores não é recomendável tingir as pétalas, aqui, está liberado adotar corante na decoração. “É possível também utilizar a florzinha em cima das guloseimas”, lembra Ana Julia.

Entre as opções de doces com cor lavanda  estão: brigadeiros, cake pop, algodão doce e macarons. Aliás, este último pode não só levar a coloração, mas também ter sabor de lavanda. Pode até parecer estranho, mas é bem comum encontrar comidas que levam a flor na Europa e nos Estados Unidos.

Agora, caso você ache que colorir tudo de lavanda ficará artificial, uma boa alternativa é comprar forminhas que tenham a tonalidade – e mesclar com outros tons neutros usados na papelaria do casamento, claro.

macarons-de-baunilha-com-recheio-de-lavanda
Foto: Hint Of Vanilla Blog

 

5. Lembrancinhas personalizadas

Assim como em cada detalhe do casamento, o uso da cor lavanda deve ser moderado nas lembrancinhas, aparecendo mais em fitas e decorações. “Por exemplo: se você for dar um chinelo, é mais recomendável fazer um modelo bege, com o brasão do casal na tonalidade, e não o inverso”, explica Ana Julia.

Para os casais mais ousados, entretanto, é possível conectar a festa do início ao fim e presentear os convidados com sabonetes de lavanda. Dá até para fazer uma lembrancinha mais rústica, com pedaços da flor no sabão.

cor lavanda
Foto: Sisoo

Cuidados extras para usar lavanda no casamento

A cor lavanda pede ainda um cuidado extra das noivas. Isso porque o tom pode mudar de acordo com a intensidade da luz de um ambiente – e você pode acabar recebendo no futuro fotos e vídeos com uma coloração diferente.

“Para evitar o transtorno, é importante informar fotógrafos e espaço sobre a utilização da cor. Assim, eles podem regular a intensidade da luz. Essa dica vale, principalmente, para casamentos à noite. Festas diurnas não possuem tanta interferência de luz artificial e há menos risco de mudança de tonalidade”, comenta Ana Julia.

Veja mais inspirações de paletas de cores para o seu casamento no nosso perfil no Pinterest

</>

Tags da matéria

Comentários