Cardápio para casamento opções veganas sem glúten e lactose
Foto: iStock

 

Para escolher o menu do seu casamento, você já parou para pensar se terá algum convidado vegetariano ou pessoas com restrições alimentares como doença celíaca ou intolerância à lactose?

Sabemos que são muitos detalhes na hora de planejar o casamento, mas o menu é um item super importante – afinal de contas, você quer que todo mundo coma bem, não é mesmo? E pensar em um cardápio especial no casamento pode ser essencial para uma festa incrível!

Cardápio especial no casamento: por onde começar?

Fazer uma ilha gastronômica no seu casamento ou pensar em pratos que atendam também algumas restrições alimentares é uma maneira simpática de acolher seus convidados.

Para Carolina Antunes, sócia e diretora comercial do buffet Ecila Antunes Gastronomia,  uma festa de casamento tem que ter comida para todos os gostos. “É fundamental incluir itens veganos, sem glúten e sem lactose no menu, mas não precisa ser 100% para esse público. Variedade e equilíbrio com certeza vão garantir o sucesso da festa! Não acho necessário criar ilhas específicas veganas, mas pratos que atendam o público”, comenta Carolina.

Como fazem as noivas vegetarianas?

Vegetariana, a empresária Maita Cardoso diz que muitas vezes passa fome nos eventos. “Vou a aniversário, jantares com os amigos e até almoço de família em que eu não tenho o que comer. Normalmente pergunto se haverá opções para mim e normalmente dizem que não. Às vezes levo minha “marmitinha” (que é a primeira que acaba e volto com fome) ou como antes de sair de casa. Eu aviso as pessoas que estão para fazer festas que sempre pensem que algumas pessoas têm limitações alimentares por ética ou por alergias. Muitas vezes as pessoas não se preocupam com isso, mas são fatores que podem estragar uma festa”, diz.

“A minha sogra, por exemplo, não pode comer alguns alimentos e pensamos em algumas opções para ela em nosso casamento”, conta Maita. A estilista Camila Lutchelli passa pelo mesmo: “Quando eu vou a outros casamentos é complicado, porque dificilmente tem algum prato vegetariano. Mas geralmente fico no arroz e salada”.

Ecila Antunes Gastronomia / Foto: Georgeana Godinho

No seu casamento, embora um pouco contrariada, Maita acabou incluindo também alguns pratos com carne para agradar aos convidados. “O buffet não será inteiramente vegetariano, terá algumas opções para quem come carne. Mas como eu sou vegetariana estrita, vou optar por incluir no cardápio algumas opções sem carne. Vai contra os meus princípios. Queria muito não servir nada com sofrimento animal, mas infelizmente sei que a maioria das pessoas não iria”, declara Maita.

A auxiliar de enfermagem Marina da Glória enfrentou ainda mais dificuldades para fazer o cardápio do seu casamento – ela é ovolactovegetariana desde 2013 e fará um mini wedding.

Ilha-gastronômica-vegana-para-casamentos

 

“Tive muita dificuldade para achar um local adequado às nossas necessidades! Depois de uma busca que durou mais de um ano e uns 40 orçamentos, eu encontrei um local que era adequado à nossa proposta de mini wedding, acessível ao nosso bolso e que o cardápio tinha opções veggie. Pulei de alegria! Eu poderia comer no meu próprio casamento! Mas como tudo que é bom dura pouco, tivemos um sério problema com o local. O valor do cardápio com a quantidade de carne reduzida não foi interessante para o proprietário e ficamos sem ter onde casar. Achamos um local que nos atendeu como se fôssemos reis e por um triz não ficamos sem a nossa data. Mas o cardápio é comum e eu só poderei comer o arroz branco, uma salada e os doces (exceto o bicho de pé que tem gelatina e ninguém avisa!)”, comenta.

Marina chegou a consultar o preço do buffet separado, mas teve dificuldades em encontrar um local para mini wedding que alugue só o espaço e o buffet seja à parte. “Procurei muito e empresas com essa modalidade tem como público alvo festa com cerca de 150, 200 pessoas”, afirma. Depois desta saga, a única saída encontrada por Marina é comer antes de sair de casa. “Irei ao meu próprio casamento de barriguinha cheia! Mesmo sabendo que a noiva nunca come, eu gostaria de poder comer e desfrutar do cardápio que foi escolhido e está sendo pago com tanto suor”, declara.

Quando fazer uma ilha gastronômica vegana?

Na opinião de Carina, o verão é um bom momento para realizar uma ilha vegana, por se tratar de um período mais descontraído. Morena concorda: “Uma ilha vegana pode ser combinada com casamentos no litoral ou em alta temporada de verão”.

Antes de decidir se realmente irão realizar uma ilha gastronômica vegana, Carina recomenda que os noivos levem em conta o paladar de seus convidados. “Se a maioria não é vegana, o cardápio servido por garçons deve ser mais fácil de servir para seus convidados e, assim, explorar a imaginação em uma ilha vegana, que pode ser muito saborosa”, explica.

Morena acredita que em um casamento há diversos tipos de perfis de convidados e a harmonização é importante dentro do cardápio para que atenda à todos. Por ser um menu muito específico, ela acredita que vale a pena investir em uma ilha vegana quando os convidados forem veganos ou vegetarianos.

Ilha-gastronômica-vegana-decoração
Foto: Luca Antunes

 

O que servir para veganos e vegetarianos?

Para Morena, ao montar uma ilha vegana, é importante utilizar pratos que harmonizam entre quente e frio. “Optamos por pratos mais leves e mais fortes, para que possa se ter leveza na combinação”, destaca.

Segundo Carina, a ilha gastronômica pode ser uma atração especial dentro do casamento com pratos frescos, saudáveis e bonitos, explorando as cores variadas de legumes e grãos. “Montar uma ilha gastronômica vegana é um delicioso desafio. As cerâmicas, tábuas de madeira e elementos mais naturais são, com certeza, perfeitos para serem harmonizados a um cardápio vegano”, expõe.

Carolina menciona alguns pratos que podem ser servidos para agradar aos convidados veganos (não necessariamente precisam estar em uma ilha gastronômica): “aqueles que mais fazem sucesso no menu são o bobó de pupunha, que servimos na panelinha, além de gostoso é super charmoso! Tem também o guacamole com nachos, um clássico delicioso!”.

Ilha-gastronômica-vegana-serviço

Dá para fazer um casamento 100% vegano?

Renata Rodrigues, relações públicas do buffet Saint Morit’s conta que a empresa já realizou casamentos 100% veganos. Em sua opinião, a escolha por uma gastronomia totalmente vegana ou intercalar vai muito da vontade e expectativa dos anfitriões e do público que estará presente na festa. “É sempre bom avaliar com carinho e agradar a todos os ‘paladares’ envolvidos. Realizamos alguns mini weddings e os convidados aceitaram bem o menu”, comenta.

Menu sem glúten para casamentos

Alguns buffets já estão preparados também para atender pessoas que tenham a doença celíaca ou até para aqueles que possuem algum tipo de intolerância ou alergia ao glúten.

Carolina indica algumas opções para este público: “tem o carpaccio de polvo com vinagrete de limão siciliano que é leve e não leva farinha. Outra sugestão é a terrine de batata baroa, que é feita com leite de coco. Pode ser um acompanhamento para peixe divino ou também um prato principal vegano, sem glúten e lactose”.

Dentre as opções que Renata sugere para servir nestes casos são gnochi de batata doce, hambúrguer de lentilha, suflê de espinafre e pudim de tapioca e coco.

Aliás, sobremesas com tapioca são uma ótima opção para quem está pensando em um menu sem glúten ou vegano. “Uma que tem boa saída é o pudim de tapioca e coco ou o Manjar de Tapioca, que vem com pérolas de tapioca cozidas em leite orgânico de coco e de amêndoas, adoçado com açúcar demerara”, explica Renata.

Especialmente para quem é celíaco ou tem alguém com a doença entre os convidados, é importante tomar cuidado com a questão da contaminação cruzada, que ocorre quando as partículas ou traços de glúten de um alimento passam para um outro durante o preparo. É bom verificar com o buffet quais são os cuidados que eles tomam para que isso não ocorra no seu casamento.

Cardápio para casamento opções veganas sem glúten e lactose doce
Saint Morit’s / Foto: Elias Albuquerque

Confira algumas sugestões de delícias do Saint Morit’s para compor um menu vegano completo para casamento:

BEBIDAS

Suco de cenoura, abacaxi e capim santo

Suco laranja com morango

 

ÁGUAS AROMATIZADAS – para receber os convidados

Limão siciliano com hortelã

Abacaxi com gengibre

 

Entradinhas

Guacamole

Iogurte Vegano de Ervas

Batata Chips, grissinis e torradinhas

 

CANAPÉS – Volantes

Stick de abobrinha e tomates seco com ervas

Batata Rosti com creme de funghi

Canapê de morangos com caviar de vinho

Tartelete de espinafre

 

MINI FINGER – Volante

Gaspacho

Ceviche de lichia

 

SALADA

Mix de verdes com tomate cereja e chips de mandioquinha – Molho a escolher

 

ILHA DE TAPIOCA – Ilha 3h de serviço – Horário a definir posteriormente

Cogumelos

Caponata

Palmito e Alho Poró

Maça com coco ralado

Goiabada

 

PRATO PRINCIPAL

Bobó de banana da Terra e Coco

Risoto de arroz vermelho com shitake

 

SOBREMESA

Descontruído de banana com crocantes

Verrine Uva com uvas sem semente, creme de castanha de caju com fava de baunilha, açúcar demerara e cobertura de ganache feita com chocolate

 

Na Pista – Volante

Batata Rústica com alecrim

Milk Shake (Leite de Soja) com (Nutella ou Morango)

 

CAFÉ

Mesa de saída com café, chás e bolinho de fubá cremoso

Tags da matéria