O anel de noivado e a aliança de casamento são objetos de grande significado para o casal. Eles representam o amor e o laço que os une nas duas fases tão importantes na vida de qualquer pessoa. Por se tratar de uma representação tão pessoal, é comum que alguns casais queiram modelos não tão convencionais para compartilhar com a pessoa amada. Se esse é o seu caso, confira algumas dicas sobre anéis de noivado e alianças não tradicionais.

Anéis de noivado e alianças não tradicionais: quando usar?

Anéis de noivado e alianças não tradicionais
Foto: Allen Tsai Photography

 

Para alguns casais os modelos clássicos de anéis e alianças encontrados nas joalherias não são capazes de suprir o desejo de encontrar o modelo perfeito. E tudo bem! São para eles que os anéis de noivado e alianças não tradicionais são indicados.

É muito comum que esse tipo de casal procure por profissionais capazes de produzir peças sob medida ou anéis alternativos, como a designer de joias Lica Vincenzi, que costuma receber muitos dos pedidos dos que querem fugir dos modelos tradicionais.

“É normal quem quer ousar mais no modelo do anel ou aliança acabar escolhendo ideias mais divertidas, modernas ou um design que representa, de alguma forma aquele relacionamento”, comenta Deborah Kovari, joalheira da DFK Joias.

Veja também: Anel de noivado Tiffany | Descubra porque ele é tão especial

Materiais utilizados

O material mais utilizado para a produção de anéis de noivado e alianças não tradicionais acaba sendo o ouro. Deborah explica que apesar da busca por alternativas aos clássicos solitários e alianças douradas, o material é o mais escolhido devido à sua grande durabilidade.

Anéis de noivado e alianças não tradicionais
Foto: Brosnan Photographic

 

Porém, outros materiais podem ser utilizados para transformar as peças, as tornando, muitas vezes, únicas e personalizadas para o casal.

“Mesmo não fugindo muito do ouro, já atendi um casal onde ela queria ouro rosa e ele não. A solução chegou na forma de uma aliança invertida, sendo a dela rosa por fora com ouro amarela por dentro e a dele ao contrário. Eles ficaram muito felizes com o resultado”, comenta Lica.

A designer comenta também outro caso, onde o noivo queria uma aliança bem larga, com acabamento em ródio negro, enquanto a noiva optou pelo uso do diamante negro. Ou seja, são muitas as possibilidades.

Veja também: Anel de noivado solitário ou alianças | Qual escolher?

Modelos alternativos

Os modelos  que fogem do tradicional costumam ser mais divertidos. “Há alianças com as digitais do casal ou um coração em baixo relevo que se completa quando as alianças se juntam, por exemplo”, comenta Deborah Kovari.

“Para quem não abre mão do clássico, mas cansou do solitário, as alternativas partem para as meias alianças de diamantes. Alguns clientes as preferem porque esse modelo é fácil de compor depois com a aliança de casamento. Nesse caso, o homem acaba ficando já com a aliança de casamento na mão direita, para, só depois, passar para a esquerda, ou nem a não usam, colocam apenas no casamento”, observa Deborah.

Anéis de noivado e alianças não tradicionais
Foto: Sylvie Gil Photography

O segredo está nos detalhes

“É comum trabalhar com algum tipo de banho nas peças, para dar diferença, ou então com uma cor de ouro diferente, afinal são os diferentes materiais que oferecem identidade ao modelo. Gosto muito de sentar com os casais e entender detalhes como a largura, se gostam da peça reta, arredondoda… Sempre conversamos muito sobre os detalhes”, comenta Lica Vincenzi.

Veja também: Alianças de casamento | 5 dúvidas mais frequentes dos noivos

Como escolher o modelo ideal?

Tanto o anel de noivado quanto a aliança de casamento são peças que precisam expressar à personalidade do casal e nem todos eles se encaixam no perfil tradicional, como vimos. Para evitar problemas na hora de escolher o modelo ideal, é importante que a decisão do modelo seja feita de forma mútua pelo casal.

Anéis de noivado e alianças não tradicionais
Foto: Divulgação Lica Vincenzi

 

O primeiro passo é sentar com o designer e juntos entender os desejos do casal. Eu faço várias perguntas e gosto de indicar sempre os modelos anatômicos, que oferecem mais conforto, ainda mais para os homens, que não estão tão acostumados a usar anel”, comenta Lica.

Quanto aos materiais utilizados nas peças, Deborah atenta para a importância de sempre priorizar materiais nobres, como o ouro, para que se um dia o casal “cansar” do modelo, a aliança poder ser refeita sem grandes prejuízos.

Veja também: Como escolher joias para noivas? Dicas para conquistar a combinação perfeita

Cuidados

Depois de pensar em detalhes e em como os anéis de noivado e alianças não tradicionais podem representar melhor o casal, vale ter alguns cuidados para não ter arrependimentos futuros.

Lica atenta para a importância de escolher um profissional de confiança, que tenha tido uma boa indicação, ou uma joalheria renomada. “É bom ter certeza e garantia da matéria-prima adquirida. Cuidar da peça também é primordial. Como ela é usada diariamente, é normal que ganhe alguns risquinhos e, por esse motivo, é sempre legal levar para dar um novo polimento”, recomenda a designer de joias.

Anéis de noivado e alianças não tradicionais
Foto: Divulgação Lica Vincenzi

 

Veja mais inspirações de anéis de noivado e alianças no nosso perfil no Pinterest

</>

Tags da matéria

Comentários