Revista

“Foi perfeitamente imperfeito. O melhor dia da minha vida” | Carol e Lucas

Um casamento ao ar livre de tirar o fôlego, cheio de personalidade dos detalhes e noiva de vestido rosa! Veja os lindos cliques e se emocione com o casamento de Carol e Lucas!

Daqueles encontros da vida que amamos! Carol e Lucas se conheceram na igreja e uma paixão por moda e fotografia foi o que os aproximou! Depois de muitas conversas, decidiram encarar o relacionamento, que os levou ao altar!

Como tudo começou

“Eu conheci o Lucas em uma célula da igreja, sentamos um ao lado do outro na primeira reunião, mas não tivemos interesse no início. Eu estudava design de moda e um dia ele me disse que a mãe e a avó deve costuravam. Foi aí que me interessei”, conta a noiva.

“Conversamos bastante nesse dia e depois ele puxou assunto no whatsapp. Me mandou foto de um vestido que a mãe estava fazendo e pediu opinião (lógico que isso foi só uma forma de iniciar conversa, pq ele não estava nem aí pra vestido nenhum haha)”, diz.

Baixe grátis o nosso e-book sobre os melhores meses para casar!
Baixe grátis nosso e-book “12 passos ao altar”

Nessa época, Carol conta que não tinha interesse em um relacionamento amoroso. Estava focava nos estudos e em tirar a carteira de motorista. Mas, sempre teve o sonho de se casar e construir uma família. E, então, entre um papo e outro foi se interessando em conhecer melhor Lucas até que marcaram de sair.

“Saímos uma vez para ir ao cinema e foi aí que me apaixonei ainda mais: vi que ele tinha boas intenções, já que nesse encontro ele não tentou me beijar nem nada. Só conversamos bastante após assistir um filme péssimo”, ri Carol.  “Exatamente 1 mês após termos começado a conversar, ele me chamou para sair e me pediu em namoro. Eu tinha 18 anos”, diz a noiva.

O tão sonhado “sim”

Depois de passarem por uma decepção na vida profissional, Carol e Lucas enfrentaram diversos desafios no relacionamento. Com o namoro desgastado e alguns problemas pessoais também, chegaram a cogitar o fim. Mas, o impasse foi o fator principal que os ajudou a tomar a decisão que mudaria suas vidas: o casamento!

“Estávamos bem desgastados. Um belo dia, peguei o carro e fui até a casa dele. Saí determinada a ir terminar com ele. No caminho, minha oração foi mais ou menos assim: ‘Deus, eu nem vou te pedir nada porque eu sei que não vai adiantar’. Chegando lá, começamos a conversar, choramos, oramos e por fim decidimos casar. E casar naquele ano mesmo! Olhamos no calendário e o dia 2/11 seria um sábado (nosso aniversário de 4 anos de namoro).

E aí começamos a olhar tudo! Nunca quisemos fazer festa, e como trabalhamos com casamento, queríamos realmente fugir de todos os clichês e de tudo que já estávamos cansados de ver em toda cerimônia”, conta Carol.

Veja também: Pedido de casamento | Guia completo para fazer a proposta

O sonho do casal era de um casamento ao ar livre e o Lucas teve a ideia que fosse em um mirante. “Pouco tempo depois, dia 2/4/19 (tudo acontece no dia 2!), Lucas me disse que nosso fotógrafo queria fazer umas fotos nossas de portfólio (e eu acreditei). Foi no terraço do prédio dele e foi quando ele fez o pedido e me deu um livro com várias fotos de momentos que vivemos, e o anel de noivado feito exclusivamente pra mim com coração de ametista”, lembra Carol. Emocionante!

Planejando um dia inesquecível!

Carol e Lucas decidiram se casar faltando 8 meses para o Grande Dia. E, por isso, o tempo dos preparativos ficou mais curto e corrido. Carol conta que muitos foram os desafios até a chegada ao altar. Como ela e o noivo queriam preparar tudo nos mínimos detalhes, acabaram ficando sobrecarregados.

“Foi um período de muita agitação e ansiedade para nós dois, já que também estávamos pela primeira vez trabalhando exclusivamente como autônomos. Eu com meu ateliê de sob medida e ele com a fotografia. E no meio disso tudo, ainda resolvemos fazer várias coisas do nosso casamento sozinhos, o que nos sobrecarregou muito! Eu amo a parte da criação, desde o desenho no papel, até os últimos bordados à mão. Eu mesma criei um desenho de aquarela que emolduramos e demos aos padrinhos, também fiz os croquis de todas as minhas damas adultas com o rostinho parecido com o delas.  E nem preciso dizer que inventei de costurar tudo sozinha”, conta Carol.

Veja mais: Organização de casamento | Como fazer uma planilha de gastos
Fornecedores de casamento | 5 dicas para acertar na escolha dos serviços

O noivo também botou a mão na massa! Foi Lucas que fez a arte dos convites, mandou imprimir em papel A3, cortou um por um, fez os bombons que colocaram caixa dos padrinhos e até a lista de presentes!

Com muitas ideias e pouco tempo, os noivos contam que organizar tudo deu bastante trabalho. O trabalho, em especial, demandou bastante cuidado! Eles se casaram no Mirante do Rola Moça, um parque estadual de Minas Gerais, que, apesar de muito lindo, não tem estrutura para eventos.

“Tivemos que levar gerador de energia, banheiros químicos (achamos cor de rosa haha), mesas e cadeiras… E ainda teve a tensão da possibilidade de chuva. Não podíamos colocar tenda, não foi autorizado – além de ser caro -, então até o último minuto o jeito foi orar pra não chover, porque não existia plano B!”, conta Carol!

O vestido dos sonhos de Carol: todo rosa!

“Desde pequena sempre sonhei em me casar de rosa, minhas amigas mais antigas lembram que eu falava isso. E assim foi feito! Eu mesma quis fazer tudo: desenho, bordado, modelagem, corte, costura… Mas, no final, precisei pedir ajuda”, diz a noiva.

Inspire-se também: 20 inspirações de vestido de noiva com cor para usar essa linda tendência

Pra ela, para criar um vestido de noiva não basta pegar uma renda ou tecido bonito e costurar um momento. É necessário ter um conceito, um significado e história. “Tem que ter a ver com a noiva, tem que representar fielmente quem ela é. Por isso eu tive muita dificuldade de escolher o que fazer no meu vestido, tinha infinitas possibilidades! As únicas certezas que tinha era que seria rosa, com brilhos e muito volume”, conta.

O processo de criação e confecção começou em maio e terminou literalmente no dia do casamento. “Se deixasse, até hoje estaria colocando mais detalhes nele”, ri a noiva. “Em junho, desenhei nossas alianças com as iniciais C e L. E aí decidi usar esse desenho também para criar a renda do vestido. Foi feito com tule e linha de bordar! Tudo manualmente. Cada fileira levou cerca de 3 horas pra ficar pronta. Eram dezenas de fileiras… também rebordei com pedrarias a parte que ficou na cintura. Para a saia, usei camadas de tule rosa e branco. Aprendi na época a fazer o teste de coloração pessoal, o que me ajudou a escolher o tom de rosa e branco que ficam melhor com minha pele. Fiz também manualmente algumas florzinhas com paetês forrados de tule e pedrarias, pétalas a pétalas, costuradas uma a uma. Todas foram aplicadas na saia. O conceito do vestido era ‘florescer'”.

A mesma renda do vestido foi usada na sandália da noiva, que desenhou e mandou fazer sob medida. Lindíssimo, né?!

Dos desafios da organização do casamento

Organizar e conter a ansiedade antes do casamento não é uma tarefa fácil. O processo, muitas vezes, pode ser desgastante e cansativo. Mas dividir as tarefas pode ajudar e muito! Carol conta que quis produzir cada coisinha do casamento e estar à frente de todas as criações. Mas, pra ela, acabou sendo muito estressante.

“Eu quis tanto que tudo fosse perfeito que acabei tentando manipular tudo, controlar todos os aspectos e detalhes, mas acabei me perdendo no meio de tudo isso. Me sobrecarreguei tanto, desgastei meu relacionamento e esqueci do propósito pelo qual estávamos casando, e acabei deixando Deus de lado”, desabafa.

Acabei tendo uma crise terrível de ansiedade, mas só assim pude acordar e perceber que nada é perfeito, mesmo que a gente se esforce muito. “Comecei a colocar a vontade de Deus no centro da minha vida, e não mais a minha vontade. Me tranquilizei, comecei a fazer caminhadas, respirar fundo mesmo! Fui a um retiro espiritual onde Deus falou muito ao meu coração e tive a certeza de que deveria sim me casar, e não adiar o casamento. Mas eu não me preocupava mais com os detalhes, com decoração, vestidos, enfim.. todos os dias eu me lembrava qual o motivo de estar casando: estava unindo meu propósito de vida a outro propósito. Tudo feito para Deus”, conta.

Só então que tudo fluiu com tranquilidade. As coisas foram se ajeitando mesmo com tempo curto, o casal voltou a ficar bem e livre de todo o estresse e ansiedades desnecessários.

Um casamento dos sonhos!

É verdade que até a caminhada ao altar muitos desafios podem chegar, mas Carol e Lucas provaram que vale a pena, sim, decidir pela união e sonhar! Apesar de todos as dificuldades que o casal enfrentou, o Grande Dia foi incrível!

Carol se emociona e conta: “A cerimônia foi ao ar livre, em formato circular. Nós dois e o pastor ficamos no meio, em um tapete circular (que eu costurei também). Foi bem interessante, pois podíamos ver todo mundo e interagir com as pessoas, rir, ver suas expressões… Eu e o Lucas entramos simultaneamente com nossos pais. Os pais entraram e, em seguida, eu passei pelo corredor, onde estavam minhas damas. Fui pegando com cada uma algumas flores e abraçando. Isso formou meu buquê. Fui caminhando até o encontro do Lucas. Esse momento foi o que mais me marcou! Escolhemos para essa hora a música “Nunca foi Sobre nós”, que fala assim: “Não, nunca foi sobre nós, nem sobre o que podemos fazer, é tudo sobre você, tudo para você, Jesus”. Isso representa tudo o que vivemos. Senti a presença de Deus naquele momento. Foi um casamento lindo e não foi sobre nós! Foi sobre Deus”.

Durante os votos, o Lucas a surpreendeu com um presente: um colar que ele mandou fazer exclusivamente para a noiva com uma pedra rosa (quartzo) que ele encontrou brincando num lote vago quando tinha 8 anos de idade. Era uma pedra em formato de coração e ele tinha assistido o filme Happy Feet, onde um pinguim macho escolhe a melhor pedra e dá para a fêmea, e eles são fiéis até a morte. Não trocam nem abandonam seu parceiro.

Inspirado nisso, ele resolveu guardar a pedra para dar pra sua esposa um dia. O mais incrível é que o colar era rosa e prateado, exatamente as cores do vestido da noiva! E é claro que o noivo não tinha visto o vestido até então. “Pedi para ele colocar o colar em mim durante a cerimônia mesmo. Simplesmente amei! Não fazia ideia que ele tinha essa pedra, muito menos da história. Todos comentam sobre isso até hoje”, conta Carol.

Que história, né?! Veja os cliques desse dia lindo e muito, muito emocionante!

Veja o teaser desse casamento incrível!

 

Ver essa foto no Instagram

 

Um vídeo que vale a pena ver e rever porque esse dia foi lindo demaisss! @carolsacchettoatelie & @lucasdornas_, cada momento ficará guardado em nosso coração ❤

Uma publicação compartilhada por M O R A D A (@morada.wedding) em

Fornecedores 

Vestido noiva / mãe da noiva / damas: Carol Sacchetto Ateliê
Cerimonial: Maisa Mor
Decoração: Flor com Amor
Local do casamento: Parque Estadual da Serra do Rola-Moça
Terno Noivo e pajem: Alfaiataria Questta
Make e penteado: Indianara Araújo
Vídeos Noivado e Casamento: Morada Wedding
Fotos Noivado: Diego Couto
Fotos do casamento: Diego Couto – Edição: Lucas Dornas

Sobre:

#
iCasei

Somos o maior portal de casamentos do Brasil, e nada melhor do que especialistas no assunto para trazer dicas, notícias e tendências desse universo maravilhoso e encantador. Desde 2007 no mercado, mais de 1 milhão de noivos já usaram nossa plataforma.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Av. Dr. Chucri Zaidan 1550, 31º - São Paulo - CEP: 04711-130 - CNPJ: 08.762.226/0001-31 © iCasei 2007 - 2020