Kate Middleton e Meghan Markle optaram por aqueles com barrados em renda. Já a atriz global Camila Queiroz escolheu um modelo feito em tule, sem nenhum detalhe. Os tipos são muitos e nem sempre é fácil escolher o melhor véu de noiva para o Grande Dia.

Mais do que um detalhe do look, eles são parte importantíssima da cerimônia e da festa e devem casar bem com ambiente, estilo, decoração e outros itens da celebração. Mas, antes de saber como optar pelo acessório que mais se encaixe com você, é importante lembrar seu papel na história dos casamentos.

véu-de-noiva-liso-de-Camila-Queiroz
Crédito: Instagram Lethicia Bronstein

 

Véu de noiva: significado e cores

A trajetória do véu de noiva percorre o tempo com diferentes histórias. As mais conhecidas estão ligadas à nobreza (quanto mais longo o adereço, mais nobre ela era e mais posses tinha) ou à pureza da mulher.

Em algumas crenças, o acessório ainda pode ter significado bastante específico. Esther Bauman afirma que a tradição judaica é uma delas. “As noivas usam um véu pequeno cobrindo o rosto como sinal de respeito à grandiosidade de Deus”, explica a estilista à frente do ateliê Esther Bauman/Acquastudio.

“Por isso, durante a cerimônia de casamento, a noiva de origem judaica permanece com o véu até os momentos finais”, acrescenta Priscila, assistente no ateliê Esther Bauman/Acquastudio.

Antigamente, a cor predominante tanto no véu de noiva quanto no vestido era o branco. Nos dias atuais isso também mudou. “A cor mais tradicional até reflete o azul, em situação de incidência de luz. O off-white é a tonalidade mais quente do tom. E o véu pode seguir a mesma ideia”, diz Carol Caliman, consultora de imagem da Assinatura de Estilo.

véu-de-noiva
Crédito: Sandro Barros

 

Tipos de modelos

Para orientar as noivas em dúvida, o estilista Sandro Barros divide o acessório em três tipos. “Basicamente, no Brasil, há a mantilha, o véu de tule com bico de renda e o véu de tule francês.” As principais diferenças entre eles giram em torno da tradicionalidade, sofisticação e simplicidade.

1. Véu de tule com bico de renda

Barros explica que esse tipo de adereço não conta com detalhes no meio, como aplicações de renda. Eles ficam somente no contorno do véu e, dessa forma, mostram mais as costas do vestido.

“Esse tipo de véu é o mais usado hoje. Mas recomendo que a renda do adereço converse com a que é usada no vestido da noiva. O comprimento depende do tamanho da igreja ou do local onde é realizada a cerimônia”, explica Barros.

Carol concorda com o estilista: o ideal é que você se veja com o look completo antes de decidir. “As noivas podem imaginar composições que, quando combinadas, não têm o resultado esperado. Elas podem sentir falta de algo ou achar que há excessos.”

véu-de-noiva-com-bico-de-renda
Crédito: Facibeni Fotografia

 

2. Véu de tule francês

É a opção mais simples entre os véus mais comuns e é principalmente indicado quando o vestido de noiva já é bem incrementado. “O véu de tule francês precisa ter duas camadas e ser longo, para não ficar simples demais. Foi bastante usado nos anos 1990 e 2000”, ressalta Barros.

“Aconselho aplicar o conceito high low, que é a técnica de combinar extremos no look. Por exemplo, se o vestido já conta conta muita renda e pedraria, o véu simples, que é o tule francês, pode cair melhor”, explica Carol.

véu-de-noiva-francês
Crédito: Feather And Stone

 

3. Mantilha

A mantilha segue os conceitos europeus. “Ela é feita de tule francês e organza, tem contorno de renda com flores bordadas. Além de um medalhão rendado e bordado no final”, conta Barros. O acessório é indicada para as noivas que querem surpreender. “Cai bem em todos os tipos de vestido”, completa o especialista.

A mantilha tem origem hispânica e remete à tradição de passar o adereço de geração em geração. É similar aos véus compridos, pois cobre os ombros da noiva. Só que o material é mais denso. Por esse motivo, esconde mais as costas da futura esposa.

véu-de-noiva-estilo-mantilha
Crédito: Sara Weir Photography

 

Comprimentos do véu de noiva

Com exceção da mantilha, que uma das características é ser longa e mais trabalhada, o véu de noiva pode ser curto, médio ou comprido. Para escolher entre os diferentes acessórios, deve-se levar em consideração o ambiente em que será realizada a cerimônia.

“Não faz sentido optar por um modelo de véu de noiva longo quando o casamento é no campo, por exemplo. Algo de cor clara, que é para ser imaculado, vai sair manchado nas fotos”, comenta Carol. A consultora de imagem recomenda também pensar no conforto e praticidade da escolha.

“Indico usar e abusar de referências da internet. Depois de encontrar o que gosta, tente identificar o que mais chamou a atenção nas imagens. Com isso em mente, você terá um fio condutor que ajudará a escolher os detalhes do casamento”, diz Carol.

1. Véu de noiva longo

É o véu com comprimento mais tradicional, que varia entre dois e cinco metros. De forma geral, os modelos de vestido de noiva com renda, por exemplo, e com cauda longa são a melhor escolha para usar com esse tipo de adereço.

Para cerimônias realizadas à noite, em igrejas, recomenda-se o uso de véu de noiva longo. Comprar o item pode custar a partir de R$ 100 em lojas online.

véu-de-noiva-longo
Crédito: Justin DeMutiis Photography

 

2. Véu de noiva médio

O modelo também é conhecido como ponta de dedo, pois quase alcança as mãos da noiva. Esse véu é uma opção curinga, combina com diferentes estilos de vestidos – com exceção dos curtos. Foi, inclusive, o comprimento adotado pela duquesa Kate Middleton no dia de seu enlace.

Esse véu pode ser liso ou com barrado em renda. Só não é aconselhado carregar demais nas aplicações, uma vez que a peça não é tão comprida.

véu-de-noiva-médio
Crédito: Elizabeth LaDuca

 

3. Véu de noiva curto

Quando se pensa em véu de noiva curto, a futura esposa tem duas opções: deixar o adereço na altura dos cotovelos ou dos ombros. No primeiro cenário, a cintura da noiva pode ficar mais desenhada e alinhada.

Já o acessório na altura dos ombros é mais despojado. É, inclusive, indicado para cerimônias durante o dia e com vestidos tomara que caia, ao usar um véu de noiva curto. Comprar a peça pode custar a partir de R$ 40 em lojas online.

véu-de-noiva-curto
Crédito: Heather Roth Fine Art Photography

 

4. Voilette

Além desses três comprimentos, o voilette surge como uma quarta opção. É o véu de noiva curto, feito em tule mais firme, posicionado de forma a cobrir parte do rosto da mulher. “Tem uma pegada mais vintage. Geralmente é a escolha das noivas que prezam pelo visual mais clean, em casamentos durante o dia”, explica Carol.

Como inspiração para o modelo de véu de noiva, a novela global “O Astro” foi umas das obras televisivas que trouxe a opção. Na trama, Amanda (Carolina Ferraz) se casou com Herculano (Rodrigo Lombardi) com um modelo de vestido brilhante e o adereço na cabeça.

véu-de-noiva-estilo-voilette
Crédito: Alexandra Meseke Photography

 

O posicionamento correto do véu

Sobre o posicionamento do véu no look, Barros recomenda que fique na altura da curva da cabeça. “O véu preso na nuca tem um risco gigante de cair, pois não tem onde sustentá-lo.”

A exceção fica para a mantilha, que é colocada sobre a cabeça da noiva, quase cobrindo-a inteira. O barrado de renda fica pouco centímetros recuado, deixando a franja ou parte da frente do penteado aparecendo.

A Grinalda

As peças que compõem o penteado são chamadas de grinalda. Esses acessórios podem ser tiaras, coroas ou presilhas, por exemplo. “Pentes com cristais e pérolas, joias e flores naturais são outras opções”, aponta Luiza de Moraes, do ateliê Esther Bauman/Acquastudio. “O ideal é que o detalhe converse com o vestido de forma harmônica.”

Sobre a cor, Carol recomenda seguir o tom do véu e vestido. “Mais frio, se for branco puro, e mais quente, se for off-white. Oriento às noivas escolherem uma opção que funcione sozinha também. O momento da festa de casamento, por exemplo, é a hora de tirar o véu. Dessa forma, o ideal é o arranjo ficar no penteado.”

véu-de-noiva-e-grinalda
Crédito: Photography by Ciara

 

Como fazer o véu de noiva

Não se encontrou em nenhum modelo de véu de noiva, seja para comprar ou alugar? A opção pode ser você mesma fazer o adereço. No Youtube é possível encontrar diversas dicas de como fazer o seu véu de noiva. 

Veja mais inspirações de véu de noiva no nosso perfil no Pinterest

</>

Tags da matéria

Comentários