O Save The Date é um item relativamente novo na papelaria dos casamentos brasileiros. Também chamado de Reserve a Data ou Salve a Data, é o primeiro contato que os convidados terão com o que está sendo preparado para o Grande Dia. E, se você caprichar no visual, é possível deixar amigos e familiares com um gostinho de “quero mais” sobre o que está por vir.

save-the-date-impresso
Foto: FestaComCores/Divulgação

 

Save The Date: significado

De forma simples e direta, o Save The Date é um convite não oficial que serve para comunicar qualquer evento com antecipação. Seu objetivo é que os convidados possam se organizar para aproveitar a festança.

“No mundo dos casamentos, o item veio para agregar mais personalização e completar a papelaria tradicional”, diz Nara Moreira Lima Souza, designer e sócia do ateliê FestaComCores.

De acordo com a especialista, o uso do Save The Date começou nos Estados Unidos. “Ele virou tendência no Brasil graças às redes sociais. Principalmente as de compartilhamento de fotos e inspirações”, comenta.

save-the-date-cartão-postal
Foto: Chuva de Papel/Divulgação

 

Para qual tipo de casamento

O Save The Date pode ser usado em qualquer tipo de casamento, do rústico ao mais tradicional. Mas é indispensável apenas nas destinations weddings, aquelas cerimônias que acontecem fora da cidade ou do país em que os noivos moram. Neste contexto, ele entra para ajudar os convidados a planejar melhor a viagem.

“Também é de grande importância para convidados que são muito ocupados ou realizam várias viagens, pois permite que se programem para ir à cerimônia mais tranquilamente, sem apertar orçamento ou atropelar compromissos”, conta a designer de convites e lembrancinhas Giselle Branco.

save-the-date-marcador-de-página
Foto: Sail and Swan Studio

 

Online ou impresso?

Por não ser o convite de casamento oficial, o Save The Date pode seguir uma linha mais informal. Assim, os noivos podem escolher se preferem fazer o item no formato impresso ou online.

O Save The Date online é mais comum por causa da praticidade e do preço mais baixo. “É de fácil acesso e pode ser enviado a todos os convidados de maneira rápida por meio das redes sociais”, aponta Nara.

Já o modelo impresso tem custo mais elevado, pois precisa passar por todo um processo de produção. Sem contar que a distribuição pode ser tão trabalhosa quanto a do convite oficial. Isso porque você precisará encontrar os convidados para fazer a entrega em mãos.

Uma solução interessante para quem quer optar pelo Save The Date impresso é apostar no formato cartão-postal. “Os convidados vão adorar receber essa surpresa pelo correio! E você não precisa se preocupar em entregar em mãos, já que a graça é justamente surpreendê-los”, revela Carol Massumoto, designer no ateliê Chuva de Papel.

Vale ainda destacar que é possível apostar em um Save The Date criativo. Aqui, a ideia é usar a imaginação. Dá para fazer vídeo, foto, site de casamento ou até mesmo lembrancinhas que os convidados poderão usar depois, como calendário, botton e ímã de geladeira.

Save the Date do iCasei

Tecnologia a seu favor! O site de casamento iCasei oferece aos noivos uma série de facilidades na organização do casamento. Uma delas, claro, é o Save The Date online.

Como escolher quem receberá meu Save the Date iCasei passo a passo:

Seus envios são realizados somente para os mais próximos!

  1. Acesse  Save the date no menu do seu painel de controle e selecione  .
  2. Você pode adicionar pessoas de 2 jeitos:
    Usando a opção , respeitando este formato:

    Ou incluindo os nomes e e-mails manualmente, sempre usando o botão .

    3. Se quiser remover alguém, selecione  , escolha   e pronto!

Como deve ser o design do Save The Date

O Save The Date é uma papelaria complementar, logo, deve seguir a identidade visual do casamento, para que tudo fique na mesma sintonia. “Um visual homogêneo e constante deixa tudo mais harmonioso e combinadinho”, afirma Carol.

save-the-date-online
Foto: Chuva de Papel/Divulgação

 

Mas isso não significa que o Save The Date precisa ser idêntico ao convite de casamento. “É legal usar o mesmo padrão de cores, fontes e papéis. Assim, todos os itens de papelaria relacionados ao evento vão ser similares, mas sem perder a própria personalidade”, aconselha Nara.

As informações que não podem faltar

A ideia do Save The Date é comunicar sobre o casamento de maneira informal. Sendo assim, não é necessário enchê-lo de dados sobre o Grande Dia. “Afinal, todos os detalhes serão apresentados no convite oficial”, lembra Giselle.

Neste item, poucas informações devem estar presentes. O ideal é colocar apenas:

– Dia;
– Local;
– Horário da cerimônia.

“Se os noivos tiverem o site de casamento pronto, é legal incluir também”, aponta Carol. Assim, os convidados poderão acessar as novidades do casório em apenas um clique.

save-the-date-com-glitter
Foto: Just Invite Me

 

Quando entregar o Save The Date?

Uma das maiores dúvidas dos noivos quando o assunto é Save The Date é em relação ao envio. Quanto tempo antes o item deve ser entregue aos convidados?

De acordo com Giselle, a peça pode ser confeccionada assim que os noivos souberem o dia e o horário do casamento. Com o item em mãos, é necessário enviá-lo, pelo menos, com seis meses de antecedência.

O tempo máximo para a entrega é de até 90 dias antes do Grande Dia. “Após esta data, o envio do Save The Date acaba complicando o planejamento dos convidados que moram longe e precisam planejar a viagem, reservar voos e estadia em hotel, e mais detalhes”, alerta a designer de convites e lembrancinhas.

save-the-date-cartão-postal
Foto: Chuva de Papel/Divulgação

 

Save The Date: preço

Os valores do Save The Date variam de acordo com o formato escolhido pelos noivos. “Os custos até podem ser equivalentes aos de um convite oficial”, garante Nara. E mais: no caso do impresso, podem também sofrer alterações dependendo do papel, tamanho e demais adereços escolhidos.

No ateliê da Giselle Branco, os itens impressos variam de R$ 5,60 a R$ 8,20. Para quem prefere o modelo online, é possível encontrar fornecedores na internet que fazem a peça por cerca de R$ 3. “Uma opção financeiramente agradável também é fechar pacote completo de toda a papelaria”, conclui Nara.

Veja mais inspirações de papelaria para casamento no nosso perfil no Pinterest

</>

Tags da matéria

Comentários