Revista

Revista iCasei: Blog de Casamento para Noivas e Noivos

Dicas de etiqueta para pais separados

O casamento é um marco na vida dos noivos, por isso, é muito importante que tudo ocorra bem. Dessa maneira, a etiqueta para pais separados e fundamental. Assim, evitam-se desavenças e criam-se boas memórias.

O dia do casamento é, sem dúvidas, uma das datas mais importantes na vida do casal. Dessa maneira, é natural que os noivos desejem comemorar com amigos e familiares o início da nova vida juntos. 

Porém, existem alguns casos em que essa reunião se torna uma tarefa bem difícil. Esse é o caso quando um dos dois – ou até mesmo os dois – possui pais separados e brigados. 

Em algumas famílias as divergências são tantas que o pai e a mãe não conseguem permanecer no mesmo ambiente sem discutir e criar um climão daqueles. E essa situação pode gerar muita ansiedade no casal, que já está passando por tantas pressões e ansiedade. 

Por isso, trouxemos dicas de etiqueta para pais separados. Continue a leitura para conferir!

4 dicas de etiqueta para pais separados 

Os pais também são protagonistas no casamento dos filhos e participam em todas as fases da cerimônia, desde o convite, até mesmo nas fotos de casamento

E o problema pode começar logo cedo. 

Hoje, com as famílias mais modernas, que incluem outras pessoas como madrasta, padrasto, namoradas, filhos de outros casamentos, etc., muitas vezes essas novas relações causam dor e sofrimento aos anteriores. Montar a cerimônia sem magoar ninguém pode ser um grande desafio.

Por isso a etiqueta para pais separados deve ser sempre conversada, para evitar qualquer constrangimento. 

Essa situação precisa ser resolvida e os noivos não podem deixar tudo isso ofuscar o brilho do momento. Então, já vamos te dar a primeira dica, e talvez a mais importante de todas!

1. Converse com seus pais de maneira franca

Exponha a vontade de ter os dois ao seu lado, de forma civilizada, durante a cerimônia. Seja bem claro, e demonstre como isso é importante para você. 

Certamente, os dois também sentem vontade de estar presente e você pode ajudar a delinear essa trégua para o grande dia. 

O noivo ou a noiva deve conversar com os pais, considerando todas as pessoas envolvidas e traçar um plano, determinando onde cada pessoa ficará e reiterando a necessidade dos dois se comprometerem a não criar discussões.

Dessa maneira, será possível ter momentos especiais e personalizados de acordo com as particularidades de cada família.  

2. Convite: como endereçar o convite de casamento para pais separados?

Como já citamos, as dúvidas sobre etiqueta para pais separados já começam na hora de fazer o convite de casamento

Tradicionalmente, são os pais dos noivos que convidam para a cerimônia de casamento dos seus filhos. Quando um dos ascendentes já faleceu, o nome deve constar ainda no convite, mas acompanhado da expressão “in memoriam”. 

Mas, hoje também já é admitido que os próprios noivos convidem para o seu casamento. E essa alternativa é muito usada quando eles não desejam colocar o nome dos pais no convite. 

O que não é recomendado é colocar apenas o nome de um dos pais e deixar o outro de fora. Isso acaba chamando mais atenção do que o próprio convite. 

Uma dúvida frequente é se devem ser incluídos também os nomes dos padrastos ou madrastas. Essa prática também não é recomendada, já que, independentemente do que tenha acontecido, os pais continuam sendo os mesmos e legítimos.

Texto para convite de casamento para pais separados

É comum que os noivos escrevam textos diferenciados e especiais no convite para padrinhos e pais. Isso demonstra um carinho a mais com essas pessoas. E não é porque os pais estão separados que essa tradição deve ser alterada. 

O texto para o convite de casamento para pais separados deve ser o mesmo escrito para pais ainda casados. A única diferença é que deverão ser feitos 2 convites, sendo cada um endereçado para uma casa. 

O texto pode expressar o seu amor e gratidão pelos cuidados recebidos e demonstrar que está pronta para seguir para uma nova etapa da vida.   

3. Cerimônia: como fazer com pais separados no casamento? 

A cerimônia é um dos momentos mais críticos do casamento de noivos com pais separados. O ideal é montar um cronograma do cortejo, utilizando um formato que fique bom para todos, sem forçar ninguém a vivenciar uma experiência ruim e evitando também constrangimentos no altar.

Tradicionalmente, a etiqueta de casamento orienta da seguinte forma sobre a cerimônia:

Entrada:

  • Noiva entra com o pai;
  • Noivo entra com a mãe;
  • Mãe da noiva entra com o pai do noivo.

Saída:

  • Pais do noivo saem juntos;
  • Pais da noiva saem juntos.

Casal no altar, com flores brancas ao redor.

Entrada de pais separados no casamento

Mas, quando existem outras pessoas envolvidas, como madrasta ou padrasto, por exemplo, é importante incluí-los também no cortejo da cerimônia. 

Em alguns casos, a noiva vê o padrasto como um segundo pai e o noivo vê a madrasta como uma segunda mãe. Nesses casos, ambos podem entrar de braços dados com as duas pessoas (pai e padrasto / mãe e madrasta). Ou então apenas com o padrasto ou madrasta, caso os genitores não estiverem presentes. 

Essa decisão depende mais do nível de proximidade com essas pessoas e também da possibilidade ou não de magoar os pais. 

Também existem os casos em que a noiva não tem relacionamento com o pai, e nesse caso nada impede que ela entre com outra pessoa: um avô, irmão ou até mesmo sozinha. 

A verdade é que, quando existe qualquer possibilidade de atrito ou de constrangimento, o ideal é abandonar o protocolo e usar soluções alternativas. 

Nesses casos, por exemplo, pode ser mais interessante recrutar um parente para acompanhar seu pai ou sua mãe na saída do cortejo, para evitar que eles fiquem juntos. 

O mesmo pode acontecer quando os genitores têm outros companheiros. A entrada pode seguir o protocolo de etiqueta e, depois, cada um fica próximo do seu acompanhante. Caso um dos dois esteja sozinho, também pode ser recrutado alguém para fazer esse papel. 

Como montar altar com pais separados

Ao chegar ao altar, a noiva deixa o braço do pai e coloca-se ao lado esquerdo do noivo. No protocolo de etiqueta para pais separados, a madrinha se posiciona ao lado esquerdo na noiva e o pai da noiva fica à direita do noivo, ambos voltados para o altar. 

Também é possível reservar os primeiros bancos para os familiares e padrinhos, sempre mantendo os da noiva do lado esquerdo e os do noivo do lado direito. Dessa maneira permanecem no altar apenas os noivos e o celebrante. 

4. Fotografia de casamento: dicas para a hora das fotos 

Aqui também depende do nível de disposição dos pais. O ideal é que eles se disponham a tirar ao menos uma foto com o filho e com o casal. 

É um momento especial e as fotografias serão guardadas pelo casal por muitos anos, podendo ainda passar entre gerações. Sendo assim, naquela conversa que falamos na dica 1, não se esqueça de falar também desse momento. 

Dessa maneira, eles terão tempo também para se preparar para cada parte da cerimônia e dos ritos do casamento. É a melhor chance de evitar problemas. 

Pai e filha entrando na igreja para celebrar casamento.

Evitando possíveis conflitos

Mas, dependendo do caso e do nível de mágoas e ressentimentos envolvidos, isso pode não ser possível. Nesses casos, o fotógrafo pode propor fotografar separadamente os noivos com cada genitor e também com a nova família, caso exista.

O importante é saber lidar com a situação da melhor maneira, sempre com leveza e tentando encontrar soluções diferentes para cada dificuldade que se apresenta. 

Sendo assim, apesar de todas as dicas, cabe aos noivos saberem sobre sua situação particular, quanto aos pais separados, e como lidar com o caso deles em específico. 

O dia do casamento é um momento importante e deve ser comemorado da melhor maneira possível. O bom senso deve prevalecer entre todos os participantes, especialmente os pais dos noivos. 

Serão poucos minutos de esforço, para garantir que os filhos realizem o seu grande dia com tranquilidade. 

Aqui no iCasei nós somos apaixonados por casamentos e já ajudamos mais de 1,5 milhão de noivas a realizar seus sonhos. Conheça nossos layouts exclusivos para site e crie lindas memórias nessa data tão especial. 

Seu site de casamento merece ser iCasei
Criar Site Grátis

Sobre:

#
Marcia Possik

A advogada Marcia Possik, diretora da Marriages, desenvolve e organiza os mais diversos tipos de eventos e detém uma fatia especial no setor de cerimonial e casamentos. Marcia é considerada uma "fada das noivas". Dando consultoria e assessoria, desde a logística até a realização do evento, a Marriages faz com que...

Av. Dr. Chucri Zaidan 1550, 6º andar - Conjunto 604 - São Paulo - CEP: 04711-130 © iCasei 2007 - 2024