Lembrancinha de casamento para convidados inserido na decoração da mesa
Foto: Pinterest / Reprodução

Love is in the air, literalmente, no dia de um casamento. É muito amor envolvido entre as pessoas que estão celebrando juntas um dia pra lá de especial. Da parte dos noivos, existe um sentimento enorme de gratidão a todos os parentes e amigos que toparam dividir esse momento intenso e feliz com eles. Nesse contexto, as lembrancinhas de casamento para convidados surgem como um singelo gesto de carinho, algo que carrega a mensagem “Obrigado por vir e compartilhar essa emoção conosco”.

Lembrancinhas de casamento podem participar da festa

Toda esta delicadeza não precisa, necessariamente, estar isolada num cantinho da festa, próxima à porta de saída. As lembrancinhas para casamento podem participar da celebração, servindo de enfeite e compondo o cenário da cerimônia ou da festa. Com lembrancinhas espalhadas pela decoração de casamento, os convidados ficam à vontade para levar como recordação algo que é parte do grande dia e será mais facilmente associado ao evento.

Além de optar por peças que combinem com a paleta de cores e com o conceito da decoração do casamento, Vera Cid, decoradora e paisagista da Cabana Home & Garden, chama a atenção para outro aspecto importante: “É preciso deixar claro para os convidados que eles podem levar aqueles itens”.

Para você acertar na escolha, reunimos quatro dicas importantes na hora de selecionar objetos que embelezam a decoração para casamento e, ao mesmo tempo, servem como ótimas lembrancinhas para os seus convidados.

Lembrancinha de casamento para convidados azeite para o número da mesa
Foto: Pinterest / Reprodução
  1. Apresentação é tudo

    “Para tornar a lembrancinha um objeto decorativo, basta escolher uma embalagem interessante ou uma forma diferente de apresentá-la”, explica Vera. Assim, mesmo presentes simples, como as tradicionais amêndoas confeitadas, incrementam a mesa dos convidados. Uma das sugestões de Vera é uma sacolinha de tecido com detalhe em crochê, que pode ser posicionada ao lado dos pratos, por exemplo.

  2. Úteis e decorativos

    Bruna Puoli, à frente da Bru Puoli Gifts, ressalta que é interessante usar na decoração de casamento itens que ajudem a compor o visual do espaço, mas que também tenham utilidade para os convidados durante a festa e depois dela. Nessa linha, ela sugere, por exemplo, as pashminas, que podem ser enroladas com um laço e acomodadas dentro de cestos de palha ou em gavetas de um belo móvel de madeira. Outras ideias são leques, apoiados sobre as cadeiras da cerimônia, ou mesmo guarda-chuvas, para eventos ao ar livre com previsão de tempo pouco favorável. “Depois, o convidado leva o item como suvenir e usa ele em outras ocasiões”, diz Bruna. O importante, ressalta ela, é que haja coerência entre as cores e materiais das lembrancinhas para casamento e o restante do ambiente. “Até mesmo as rasteirinhas, se pensadas nos mesmos tons e acomodadas em uma mesa bonita, complementam a decoração”, afirma.

  3. Sem sombra de dúvida

    Mas como o convidado vai saber se pode ou não pode levar aquela vela que está sobre a mesa? Para que não exista esse tipo de dúvida ou qualquer constrangimento, Bruna reforça a necessidade de identificar bem a lembrancinha que compõe a decoração do casamento. Um conselho de Vera Cid para evitar problemas é colocar uma tag de identificação com o aviso “leve-me” ou outra mensagem do gênero.

  4. Nada de exageros

    A proposta é integrar as lembrancinhas à decoração de casamento, mas não exagere no tamanho do objeto escolhido. Descarte a ideia de um vaso pesado ou de um suvenir volumoso. “É elegante, por parte dos noivos, evitar que os convidados saiam da festa muito carregados”, defende Bruna.