O convite individual para casamento divide opiniões, tanto dos noivos quanto dos convidados. Mas o cartãozinho pode ser anexado sem grandes problemas. Até porque eles são grandes aliados na hora de organizar um evento desse tamanho, que precisa do controle da lista de convidados.

convite-individual-para-casamento
Foto: Divulgação/Tem Amor no Papel

 

Para que serve o convite individual para casamento?

A ideia do convite individual para casamento é simplesmente controlar a lista de convidados.

“Algumas casas de festas não comportam um número grande de pessoas, e os noivos têm a preocupação de ter a quantidade certa no espaço. O cartão surge como uma maneira elegante de controlar o número de convidados nesses casos”, explica Raquel Salaro, designer e proprietária do estúdio Tem Amor no Papel.

O cartão em anexo também é uma forma de evitar situações constrangedoras. Por exemplo: dois convites individuais indicam para o convidado que apenas duas pessoas foram chamadas para o evento. Está bem claro que não é possível levar o namorado da filha, a prima ou um amigo.

convite-individual-para-casamento
Foto: Divulgação/Atelier Andréa Nocera

 

Como deve ser o convite individual para casamento

O primeiro ponto que você deve pensar é no texto do convite individual para casamento. O ideal é não colocar muitas informações. Isso porque o pedaço de papel é pequeno, e o excesso de conteúdo tende a soar poluído e confuso.

O recomendável é seguir a clássica estrutura nome dos noivos + data + local e horário + a frase: “Indispensável a apresentação”.

Em relação ao design, o convite individual para casamento costuma ter tamanho de 6 x 4 centímetros. E ele sempre deve ser feito com os mesmos papel, grafia e cores usados no convite da festa. “É um item discreto, que não deve roubar a atenção do elemento principal”, conta Andréa Nocera, proprietária do ateliê de convites que leva seu nome.

Aqui, ainda vale ressaltar que o cartão pode ser anexado de duas formas. Você pode optar pelos tradicionais miniclips ou fazer um compartimento para abrigar os convitinhos, como se fosse uma espécie de mini-envelope ou bolsinho.

convite-individual-para-casamento
Foto: Reprodução/Instagram @renatasecco_id

 

É falta de educação anexar o convite individual?

No início, os cartões individuais provocavam uma certa estranheza em que os recebia. Hoje, entretanto, tornou-se bastante comum anexá-los ao convite de casamento. Não se preocupe, pois não é falta de educação usá-los.

É importante ressaltar, no entanto, que você só deve adotá-los caso se sinta confortável com a situação. “Cada casal conhece bem seus convidados. Caso os amigos e familiares não tenham o hábito de levar outras pessoas, não há necessidade de recorrer ao convite individual”, comenta Andréa.

Uma alternativa para quem não quer usar os convites individuais é fazer o RSVP por telefone. “É possível contratar um serviço especializado, que vai entrar em contato com todos os convidados. Caso a pessoa confirme a presença de quem não está na lista, o atendente pode informar que a relação é inflexível”, diz Vera Cicolo, diretora da empresa de convites que leva seu nome.

Você ainda pode apostar no RSVP online, que é um dos maiores motivos para criar um site de casamento. Prático, os convidados acessam a página e confirmam a presença. Tem até um bloqueio que serve para não burlar a quantidade de pessoas por família.

convite-individual-para-casamento
Foto: Reprodução/Pinterest

 

Outros cartões individuais que você pode anexar

Muito além do convite individual para casamento rústico ou tradicional, existem outros tipos de cartões que podem ser usados para orientar os convidados.

Um deles é o convite individual de casamento para confirmar presença. Nele, são inseridas informações para que a pessoa realize o RSVP online. Aqui, é importante informar o site do casal e também a data limite para dizer se a pessoa vai ou não comparecer ao evento.

Caso sua festa seja realizada em uma fazenda ou na praia, por exemplo, Raquel aponta que vale anexar o mapa do local. “Nem todos os convidados costumam saber como chegar à festa”, ressalta.

O cartão mais comum, entretanto, é o da lista de presentes. Embora não seja deselegante anexar esse tipo de conteúdo, não é legal colocar o papel que as próprias lojas fornecem. “Eles quebram o padrão do convite e chamam muita atenção. Prefira imprimir um modelo que siga a linha do seu casamento”, afirma Andréa.

convite-individual-para-casamento
Foto: Divulgação/Tem Amor no Papel

 

Preço por unidade

Os convites individuais para casamento são cobrados a parte, mas costumam ser baratinhos. Segundo Andréa, o tíquete médio de um cartão simples, com o mesmo papel do convite e sem relevo, sai por R$ 60 o pacote com 100 unidades.

Mas se você está procurando dicas para economizar no convite de casamento, uma boa ideia é confeccionar os papéis em casa. No vídeo, a youtuber Thaynã Lyasak ensina de forma prática e simples como você pode fazer convite individual de casamento para imprimir e usar.

Veja mais inspirações de convites no nosso perfil no Pinterest 

</>

Tags da matéria

Comentários