casamento real
Foto: Luís Henrique Fotográfo

 

Talvez você tenha encontrado o amor da sua vida e ainda não sabe! Ele já pode ter passado pela sua vida, mas no momento certo, vocês vão se encontrar.  Isso foi o que aconteceu com a Carólis e com o Gão.

Os dois se conheceram no aniversário de um amigo em comum, porém na época eles não tinham muito a ver e cada um seguiu seu caminho. Até que dois anos depois do primeiro encontro, eles se reencontraram.

“Nos reencontramos verdadeiramente em 2014, onde eu contatei ele para convidar para fazer um curso de dança que havíamos demonstrado interesse em 2012 e havia entrado em promoção”, relembra a noiva.

 

casamento real
Foto: Luís Henrique Fotográfo

 

O momento para o reencontro não poderia ter sido melhor, já que agora eles viram o quanto tinham em comum um com o outro.

“Daí pra frente foi só alegria, ele descobriu que eu havia conhecido Jesus nesse meio tempo e eu descobri que ele havia O encontrado há uns anos atrás, mas estava afastado dos caminhos dEle. Começamos a frequentar a mesma igreja e daí pra frente nosso amor só aumentou, começamos a namorar em maio de 2015, até que chegou fevereiro de 2017, quando fui pedida em casamento”, conta Carólis.

O pedido

Carólis conta que o sonho de casar sempre foi do Gão, e que ela não pensava muito sobre o assunto. “Meus pais se casaram, mas sem uma grande festa, na verdade nas nossas duas famílias os casamentos não foram grande referência”.

Mas o pedido aconteceu em um lugar muito especial e que faz parte da história do casal.

 

casamento real
Foto: Luís Henrique Fotográfo

 

” Foi em uma praia que gostamos muito e fica há 400 km de nossas casas: Imbituba. Foi nessa praia que nos habituamos a ver o nascer do sol, sentados pedras. Tínhamos nosso lugarzinho especialmente para isso e, obviamente, foi nesse mesmo lugarzinho que ele me pediu em casamento, vendo o sol nascer. Foi lindo demais!“conta a  noiva emocionada.

Carólis lembra que a família foi um ponto importante para os preparativos do casamento.

” Minha família ajudou MUITO nos preparativos. Ajudaram a fazer, a escolher, a me posicionar, a pagar, enfim… ajudaram em tudo! Opinaram, salvaram referências, cobraram um bom trabalho dos fornecedores e fizeram tudo que estavam ao alcance deles e muito mais”, relembra a noiva.

 

casamento real
Foto: Luís Henrique Fotográfo

 

A escolha do vestido

A noiva conta que já tinha em mente uma ideia do que gostaria de usar para o seu Grande Dia,  mas ainda assim provou vários modelos, e fez diversas pesquisas onde encontrou modelos “quase”como ela queria.

casamento real
Foto: Luís Henrique Fotógrafo

 

“Depois de muito pesquisar, aos 45 do segundo tempo encontrei um atelier numa cidade vizinha, cuja estilista era tão prática, simples e competente, que não tive dúvidas de que seria ela. Foi arriscado pelo curto período de tempo que tínhamos, mas o resultado não poderia ter sido diferente. O vestido ficou a minha cara, leve como eu sempre quis, off-white com algumas transparências, detalhes no ombro, um tecido super fluído para a saia, enfim… não teria mudado nada nele“.

O Grande Dia

Após planejar cada detalhe, o tão sonhado dia chegou, e Carólis lembra que alguns detalhes não saíram como o planejado, mas nada estragou sua felicidade e o seu grande dia.

O dia foi lindo! A festa foi leve, descontraída, alegre… Claro que diversas coisas não aconteceram como eu esperava, mas eu sempre procuro me manter calma e estar preparada para adversidades”, relembra.

casamento real
Foto: Luís Henrique Fotógrafo

 

” Sem contar a certeza de que só eu saberia o que estivesse fora dos meus planos, então não seria tão prejudicial alguma coisa não funcionar. Sempre busquei ser resiliente, então as coisas que davam errado eu sempre usava para me fortalecer em alguma coisa, nem que fosse no planejamento para as demais”, complementa a noiva.

A noiva lembra que a festa teve a cara e o jeito dos noivos. Por serem mais diurnos, optaram por fazer uma cerimônia em domingo de manhã. “Algumas pessoas reclamaram no começo, mas depois todos entenderam que só poderia ser assim, para ser nosso. Foi lindo!”

casamento real
Foto: Luís Henrique Fotógrafo

 

Um outro ponto da festa que Carólis e Gão fez questão de deixar com a cara deles, foram os trajes, já que todos os convidados tinham que ir em tons pastel.

‘Esse me trouxe algumas dores de cabeça, pois muita gente se incomodava por não poder usar preto. De qualquer forma, me posicionei pois o meu sonho era ter uma festa em que todos os convidados utilizassem tons pastel. O resultado final não poderia ter sido diferente, as fotos ficaram espetaculares e cada convidado se descobriu nesses tons. Ficou divino“.

Cada detalhe foi pensado pelos noivos com muito carinho! Os padrinhos estavam padronizados, elas com um vestido que levava as estampas das flores dos convites, eles com um suspensório que foi enviado com o convite.

 

casamento real
Foto: Luís Henrique Fotógrafo

 

A noiva relembra que a roupa do pajem e da daminha roubou  seu coração!

“A roupa da daminha foi feita pelo mesmo atelier da noiva, uma réplica em miniatura do meu vestido, com sutis diferenças só alterando as transparências para um rosa clarinho, nude”, relembra.

“A roupa do pajem inicialmente era pra ter sido o suspensório como os padrinhos, mas na semana que antecedia o casamento, a mãe do pajem e eu conversamos e decidimos fazer uma miniatura da roupa do noivo, mesmo o pajem morando longe e a costureira que faria, morando na minha cidade. Tinha tudo pra dar errado, mas não deu. Ficou a coisa mais linda do mundo, não tinha quem não amasse“, conta a noiva emocionada.

 

casamento real
Foto: Luís Henrique Fotógrafo

 

Outro detalhe que chamou a atenção foram os ninhos em que o pajem e a daminha levaram as alianças, que foram feitos pela irmã da noiva.

“Desde que comecei a planejar o casamento, queria que as alianças fossem levadas em ninhos. Tentamos diversas coisas, até que deleguei para uma madrinha fazer. Depois de certo sofrimento, ela descobriu a fibra de côco e fez os ninhos. Ficaram lindos demais! O noivo queria que fossem dois (um para o pajem e outro para a daminha) e isso também foi muito legal, pois nenhum ficou com “ciúmes”.

 

casamento real
Foto: Luís Henrique Fotógrafo

 

Um dos pontos mais emocionantes da cerimônia foram os votos. A noiva relembra que os votos dela foram feitos no último momento.

“Eu deixei para fazer meus votos de última hora, fiz no salão, horas antes da cerimônia. Sempre tive esse perfil de trabalhar melhor sob pressão. Já o noivo, também fez com o tempo corrido, mas ele sempre teve o perfil da espontaneidade (sem contar que é ótimo com as palavras, então nem precisava de um papel). De qualquer forma, foi um momento lindo e único, nossos votos foram sinceros como tudo que procuramos fazer, direto do nosso coração.”

 

casamento real
Foto: Luís Henrique Fotógrafo

 

Os noivos também fizeram uma coreografia com os padrinhos, o que deixou a festa ainda mais animada.

“O noivo não queria de jeito nenhum essa parte, mas por amor a mim acabou topando. Fizemos uma coreografia linda, junto a um professor de hiphop. O tema das músicas da nossa festa era black music, mas começamos com a dança dos noivos lentinha ao som de Elvis e no meio da mixagem entrou Run DMC, puxando a festa e os padrinhos para a coreografia com eles. Foi muito interativa e divertida essa parte. Todos elogiaram muito“.

Para finalizar a saída dos noivos, ao invés da tradicional chuva de arroz, os noivos optaram por bolhas de sabão e para que tudo saísse como o planejado, eles compraram duas máquinas que fazem bolhas automaticamente.

 

casamento real
Foto: Luís Henrique Fotógrafo

 

A decoração

Inúmeras molduras foram penduradas no local, o que deu um charme a mais na decoração rústica que combinou perfeitamente com os noivos.

Na mesa de doces, o tradicional bolo foi substituído por vários cupcakes e topo os noivos feitos de crochê, pela irmã da noiva, nos mínimos detalhes! Até as tatuagens foram representadas.

 

casamento real
Foto: Luís Henrique Fotógrafo

 

Para identificar o número das mesas, os noivos pediram para os sogros pirografrem tocos de madeira.

“O noivo e meu sogro escolheram uma fonte linda para os números, que combinou com toda a comunicação do casamento e, para a nossa surpresa, eles escreveram na parte de baixo de cada tronquinho: “carólis e gão”, que são nossos apelidos. Ficou lindo, muitos queriam levar para casa“.

Além disso, diversos lounges foram espalhados pelo salão, para deixar os convidados ainda mais confortáveis.

 

casamento real
Foto: Luís Henrique Fotógrafo

 

As lembrancinhas

Cárolis conta que as lembrancinhas já haviam sido definidas: seriam fotos impressas na hora e que ficavam penduradas em um mural. Mas ela queria um algo a mais para os convidados.

“Minha mãe deu a ideia de plantarmos suculentas em pacotinhos de panetone, então mandei fazer dois carimbos (um com nosso monograma e outro com uma frase bacana) e carimbamos dois lados de cada pacotinho. Compramos terra, plantamos as mudinhas com meses de antecedência e assim ficaram nossas lembrancinhas, vivas e lindas”.

 

casamento real
Foto: Luís Henrique Fotógrafo

 

Carólis conta que aprendeu muito durante esse período que estava organizando o casamento, e que enfrentou um grande desafio:

“Entender que há um limite entre as opiniões das pessoas e elas decidirem sobre o meu dia. Pude contar com a ajuda da minha irmã mais velha, madrinha e pedagoga, nessa parte. Aprendi que eu devo impor esses limites, me posicionar e mostrar para as pessoas (em amor) até onde elas poderiam ir”.

” Eu sempre fui uma pessoa muito aberta a opiniões e tinha uma mania feia de querer agradar todo mundo. Com o meu casamento, aprendi que devo agradar sim, mas antes a mim mesma (nessa ocasião em que eu e meu noivo seríamos os protagonistas). Daí pra frente, todas as decisões eram refletidas mas decididas somente entre nós dois. Tudo fluiu incrivelmente melhor e me tornei uma pessoa mais madura, com toda a certeza do mundo“.

 

casamento real
Foto: Luís Henrique Fotógrafo

 

casamento real
Foto: Luís Henrique Fotógrafo

 

casamento real
Foto: Luís Henrique Fotógrafo

 

casamento real
Foto: Luís Henrique Fotógrafo

 

casamento real
Foto: Luís Henrique Fotógrafo

 

casamento real
Foto: Luís Henrique Fotógrafo

 

casamento real
Foto: Luís Henrique Fotógrafo

 

casamento real
Foto: Luís Henrique Fotógrafo

 

casamento real
Foto: Luís Henrique Fotógrafo

 

casamento real
Foto: Luís Henrique Fotógrafo

 

casamento real
Foto: Luís Henrique Fotógrafo

 

casamento real
Foto: Luís Henrique Fotógrafo

 

casamento real
Foto: Luís Henrique Fotógrafo

 

casamento real
Foto: Luís Henrique Fotógrafo

 

casamento real
Foto: Luís Henrique Fotógrafo

 

casamento real
Foto: Luís Henrique Fotógrafo

 

casamento real
Foto: Luís Henrique Fotógrafo

 

Lista de fornecedores

Tendas: Expotendas Caxias Sul – Carlos Conci

Design: Fabulouser – Débora

Cerimonial: Delphi Eventos – Jéferson e Bruno

Brincos e noivinhos de crochê: Bruna Scopel do Crochê descolado!

Alianças: Bruna Vebber

Fotografia: Luís Henrique Fotógrafo – Luís Henrique Bisol Ramon e equipe

Vídeo: Luvi Filmes – Vinicius Pergher e equipe

Coreografia e intervenção na festa: Fernando BittencourtGeovani de GregoriRenata Schneider

Cabelo e make dos noivos e do time de padrinhos: Nelson Studio – contato com Adriana Camassola

Espaço e gastronomia: Schuck Eventos e Gastronomia – Argelio Schuck

Vestido: Amoura – Andressa de Moura

Som e luz: Parafernália Som e Luz – Silvia Monteiro

Traje do noivo: Geneci Machado

Traje do pajem e roupinha da Lola: Janete Toscan

Vestido das madrinhas: Lucia Toscan

Decoração profissional e buquês: Cazzare Decorações e Eventos – Eduardo Scalcon e Tiago Boeira Nunes

Decoração extra e ninhos das alianças: Ecleia Ferreira Beux

Doces: Nona Vida Doces Finos e Eventos – Déborah Feltrin

Cupcakes: Invention Cupcakes – Deise Keli Moreira

Site: ICasei e Pablo Lizot

Impressão de fotos do dia: Polafoto

Convites e menus: Golden Gráfica Digital – Lucas Rezzadori

Sinalização em banners de lona: Clm & Dgraf – Darci Nunes

Robes das madrinhas, damas, mães e vó da noiva: Ateliê Levul, pelo Elo7

Suspensório dos padrinhos: Fashion Griff, pelo Mercado Livre

Máquinas de bolhas de sabão: Classic Vendas, pelo Mercado Livre

Véu da noiva: Elas.Cia, pelo Elo7

Sinete para o selo de cera do convite: Sellart – Ceras Para Lacre

Caixas de convite dos padrinhos em madeira: Conexão Bazar

Tags da matéria

Comentários