A gravata é um acessório fundamental na composição visual do noivo e dos padrinhos. E, dependendo do estilo da cerimônia, entra também no vestuário dos convidados. Diante da importância da peça, mais do que encontrar o modelo ideal, é preciso estar pronto para escolher e dar o nó de gravata de maneira adequada.

Nó de gravata
Foto: Alex Warschauer Photography

 

A gravata ideal

“A gravata é o diferencial do noivo, mesmo que muitos a estejam abolindo”, destaca Camila Teixeira, consultora de imagem da { fit } consultoria de imagem. Ela explica que, quando usada, a peça é a mais importante do traje do noivo. E, por ficar perto do rosto, é bastante notada.

Em qualquer casamento, é impossível não reconhecer a noiva. Para a O Francês Gravataria, os convidados precisam ter a mesma impressão com o noivo. A marca acredita que ele deve sempre se destacar dos padrinhos e convidados. E é a gravata e os outros acessórios que colocarão o noivo à altura da dedicação do visual de sua amada.

Na hora de escolher a gravata, é necessário analisar o estilo do noivo e da cerimônia. A gravata borboleta, por exemplo, vai super bem em cerimônias com uma pegada mais descontraída. Agora, se você procura algo mais tradicional, a O Francês Gravataria recomenda uma gravata no modelo regular, em estampas xadrez, floral ou em tecidos como o linho.

nó-de-gravata
Foto: Lindsay Madden Photography​

 

Convidados e padrinhos

Já para as gravatas para padrinhos, Daniela Bergamo, gerente de produto da Alfaiataria Paramount, sugere a padronização. “Pode-se eleger uma tonalidade única para todos e deixar o altar mais harmônico”, comenta. Segundo ela, nesse caso, é gentileza do noivo presentear seus padrinhos com o acessório.

Agora, para os convidados, a regra é a mesma dada à composição do look feminino: confira o dress code no convite. A partir do traje sugerido pelos noivos, o local e o horário da festa, fica mais fácil escolher o modelo, a cor, o nó de gravata e o tecido mais indicado a se usar.

O Francês Gravataria explica que o estilo black tie, por exemplo, pede smoking com nó de gravata borboleta preta. Já o traje social completo combina com terno e gravata sofisticada, tradicional ou borboleta, em seda ou jacquard de algodão. Já para as ocasiões menos formais, a marca recomenda as gravatas de linho ou lã.

“Outro ponto importante para os convidados é que nunca se deve usar gravata branca, off-white ou prata. Essas cores são reservadas para o noivo”, explica Camila. “Seria como uma mulher aparecer de vestido branco em um casamento.”

Nó de gravata
Foto: Allen Tsai Photography

 

Nó de gravata simples e rápido

Daniela comenta que os nós de gravata mais populares são o nó Simples, o nó Duplo, o nó Semi-Windsor, o nó Windsor e o famoso nó gravata borboleta. A escolha vai de acordo com o evento e, principalmente, a técnica e o gosto do homem.

Quando o assunto é nó de gravata para o casamento, é importante ter em mente que eles partem dos mais simples e vão até os mais elaborados. Por isso, quem não usa gravata no dia a dia, tende a ter mais dificuldade para dar o nó. Nesse caso, o ideal é buscar pelas técnicas mais fáceis.

Nó de gravata em 5 segundos? De acordo com Camila, o nó de gravata Four in Hand é um dos mais fáceis de se fazer. “Ele é um pouco assimétrico e fino”, comenta. Versátil e simples, ele também é uma opção que funciona muito bem para o dia a dia.

Nó de gravata
Nó de gravata Four in Hand | Foto: O Francês Gravataria

 

Outra opção é o nó Simples, também conhecido como Kent e Petit Noeud. A gravataria explica que ele tem o menor número de etapas no processo, o que o torna um nó superprático de se fazer.

Nó de gravata
Nó de gravata Simples | Foto: O Francês Gravataria

 

Nó Simples x Nó Duplo

O nó de gravata Duplo é outro que está entre os queridinhos dos homens. Segundo a O Francês Gravataria, em poucas palavras, ele é o nó de gravata Simples, mas, em vez de dar uma volta por cima, são feitas duas voltas na etapa final. Isso garante um nó mais cônico, que consome mais tecido da peça – e faz com que ele funcione melhor para homens mais baixos. Fica a dica!

Já um nó de gravata diferente e famoso é o Prince Albert. De acordo com a gravataria, este estilo também também tem duas voltas e um formato mais cônico, trazendo um toque especial para o visual.

nó-de-gravata
Foto: Lauren Fair Photography

 

Atenção ao colarinho!

Qual é o nó de gravata mais elegante? Depende. O Francês Gravataria afirma que é preciso considerar aspectos como o volume do nó e o ângulo de abertura do colarinho da camisa que será usada.

Um colarinho mais fechado, por exemplo, pede um nó mais esbelto, como o Four in Hand. Já para os colarinhos mais abertos, Camila recomenda o nó de gravata Windsor, que é mais clássico, triangular simétrico e sólido, e que pede gravatas mais largas. Ótimo para uma ocasião bem formal.

Curta o momento

Não tem jeito, a familiaridade com os nós de gravata virá do hábito e da prática. Mas, para facilitar, Daniela dá a dica: o ideal é fazer o nó de gravata com ela já no pescoço. “Dessa forma, você pode medir o comprimento final exato, deixando a ponta do acessório na altura que coincida com o cós da calça ou do cinto”, explica.

“Esqueça as gravatas de nó pronto! Aprenda a dar um nó de gravata na mão e você está salvo”, diz Camila. A consultora de imagem destaca que é essencial praticar o nó antes do Grande Dia para alcançar um visual impecável. “Não encare o uso da gravata como algo chato. Aproveite, ouse e se divirta!”.

nó-de-gravata
Foto: Jenny Quicksall Photography

 

Veja mais inspirações no nosso perfil no Pinterest

</>

Tags da matéria

Comentários

1 comment

  1.    Responder

    Amei as dicas. Não dava muita importância, no entanto achei muito útil. Daqui a três semanas serei noivo e não vou perder a oportunidade.