O ano noivo judaico está chegando, 11 de outubro, e para comemorar a data vamos falar de como fazer uma ilha gastronômica Kosher.

Deliciosa, variada e muito, muito rica, a culinária judaica é mais complexa do que imaginamos. Segundo Breno Lerner, gourmand, escritor e cozinheiro, o judaísmo apresenta um vasto código de mandamento e, por isso, essa gastronomia divide-se em duas vertentes distintas. “Existe a comida Kosher, que segue as leis alimentares da Kashrut, e a Treif, que não está de acordo com os preceitos judaicos”, revela Breno.

A seguir, descubra como incluir uma ilha gastronômica tipicamente Kosher na festa do seu casamento. Mazal tov!

Ilha gastronômica Kosher
Pinterest/ Reprodução

Kosher ou Treif?

Muitos judeus não seguem os preceitos da Kashrut atualmente. Mas, para atender aqueles que comem apenas alimentos Kosher, o cardápio da ilha gastronômico deve ser bastante específico.

“São permitidas apenas carnes de animais que ruminam e que têm casco fundido, e peixes com escamas e nadadeiras”, revela Breno. “Ou seja: porco e camarão estão proibidos”, completa. Além disso, carne e leite nunca podem ser misturados em uma mesma refeição.

Ilha gastronômica Kosher o que se pode comer

Acerte na escolha

Em São Paulo, há poucos- porém excelentes- buffets que servem comida Kosher. Por isso, a recomendação é contratar uma empresa conhecida pela tradição em oferecer pratos da gastronomia judaica. Dica? O Buffet França e o Menorá Buffet têm ótimos serviços!

Ilha gastronômica Kosher buffet

Homenageie as raízes

Originários da Europa Central e da Rússia, os judeus Asquenazes adoram pratos com muita batata, cebola e peixe. Já os Sefaradis, originários do Oriente Médio e da Península Ibérica, apreciam ingredientes fresquinhos como ervas, grãos, alcachofras, aspargos e azeitonas. É, no geral, uma cozinha riquíssima em cores e aromas.

Ilha gastronômica Kosher peixe e raízes

Finalmente, o menu

Há uma variedade deliciosa de pratos tradicionais judaicos. Na ilha gastronômica, a dica é servir Tzimes (coxão mole com frutas secas); Verenikes (massa levíssima recheada com batatas e molho adocicado); salada de salmão defumado e panquecas de batata. Para arrematar a experiência, inclua docinhos como o Lekach Cake, um bolo de mel bem molhadinho, ou o bolo de amêndoas com farinha de matzá.

Ilha gastronômica Kosher batataIlha gastronômica Kosher batata
Ilha gastronômica Kosher carneIlha gastronômica Kosher carne
Ilha gastronômica Kosher batata rostiIlha gastronômica Kosher batata rosti
Ilha gastronômica Kosher salmãoIlha gastronômica Kosher salmão
Ilha gastronômica Kosher bolo de amêndoasIlha gastronômica Kosher bolo de amêndoas
Ilha gastronômica Kosher bolo de melIlha gastronômica Kosher bolo de mel
Tags da matéria

Vai se casar?

Assine a nossa newsletter e fique por dentro das últimas novidades e tendências!