Revista

Saia justa envolvendo padrinhos e madrinhas | Bel responde

Nossa assessora dá dicas para contornar situações delicadas entre os seus convidados de honra

[vc_row full_width=”” parallax=”” parallax_image=”” xt_row_type=”in-container” xt_border_top=”0″ xt_bg_preview=”no” xt_bg_position=”middle” xt_bg_attach=”fixed” xt_overlay_pattern=”” xt_pattern_opacity=”100″ xt_overlay_gradient=”” xt_overlay_gradient_direction=”top-to-bottom” xt_bg_video=”” xt_bg_video_position=”middle” xt_bg_video_mp4=”” xt_bg_video_webm=”” xt_bg_video_ogv=”” xt_bg_video_poster=”” xt_parallax=”no” xt_smooth_scroll=”no”][vc_column width=”1/1″ is_sticky=”” is_sidebar=”” css_animation=””][vc_column_text]Renata: Quero convidar uma amiga para ser a minha madrinha de casamento, mas ela começou um namoro há pouco tempo e não tenho intimidade com o namorado dela. Posso colocá-la para entrar com um padrinho amigo meu? Ou preciso deixar o casal junto?

Bel: Boa pergunta, Renata. Os padrinhos devem ser escolhidos por afinidade, pois eles serão seus padrinhos para sempre – entre outras coisas, vão ter a função de participar da vida do casal e aconselhá-lo, caso necessário. Imagina você convidar o namorado(a) de alguém que mal conhece? Depois eles se separam e como vocês ficam?

Convidem quem vocês amam. O casamento é de vocês e as pessoas devem respeitar isso. Com jeitinho, explique a situação para a outra pessoa. Ela certamente vai entender. Minha opinião é de que “não existe regra para nada”; existe bom senso.

Bel responde entrada dos padrinhos

Foto: Chase Wild

[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row full_width=”” parallax=”” parallax_image=”” xt_row_type=”in-container” xt_border_top=”0″ xt_bg_preview=”no” xt_bg_position=”middle” xt_bg_attach=”fixed” xt_overlay_pattern=”” xt_pattern_opacity=”100″ xt_overlay_gradient=”” xt_overlay_gradient_direction=”top-to-bottom” xt_bg_video=”” xt_bg_video_position=”middle” xt_bg_video_mp4=”” xt_bg_video_webm=”” xt_bg_video_ogv=”” xt_bg_video_poster=”” xt_parallax=”no” xt_smooth_scroll=”no”][vc_column width=”1/1″ el_class=”veja-mais-materias”][vc_text_separator title=”Veja mais:” title_align=”separator_align_left” align=”align_center” color=”custom” el_class=”title-mais-materias”][xt_news query_type=”selection” related_to_type=”tags” query_post_formats=”” format=”” pagination=”0″ pagination_position=”top-right” pagination_arrows_only=”” pagination_show_current=”” pagination_animation=”_fade” pagination_animation_direction=”left-right” view=”text-list|size:small” show_excerpt_only_featured=”no” show_category_only_featured=”no” max_categories=”1″ show_date_only_featured=”no” show_author_only_featured=”no” show_stats_only_featured=”no” title_length=”10″ excerpt_length=”15″ featured_title_length=”15″ featured_excerpt_length=”55″ include_posts=”82608, 50857″][/vc_column][/vc_row][vc_row full_width=”” parallax=”” parallax_image=”” xt_row_type=”in-container” xt_border_top=”0″ xt_bg_preview=”no” xt_bg_position=”middle” xt_bg_attach=”fixed” xt_overlay_pattern=”” xt_pattern_opacity=”100″ xt_overlay_gradient=”” xt_overlay_gradient_direction=”top-to-bottom” xt_bg_video=”” xt_bg_video_position=”middle” xt_bg_video_mp4=”” xt_bg_video_webm=”” xt_bg_video_ogv=”” xt_bg_video_poster=”” xt_parallax=”no” xt_smooth_scroll=”no”][vc_column width=”1/1″ is_sticky=”” is_sidebar=”” css_animation=””][vc_column_text]

Mayara: Sou filha única e meus pais são divorciados. Meu pai mora em outra cidade e nem fala com a minha mãe. No meu casamento, ele será padrinho com a minha meia-irmã. Eu entrarei com a minha mãe, mas ela ficará sozinha durante a cerimônia. Minha dúvida: na hora de sair, qual é a sequência correta nesse caso?

Bel: Trata-se de uma situação cada vez mais comum nos dias atuais. O legal, nesse caso, é levar tudo com naturalidade. Como não existe um protocolo aqui, você deve agir de uma maneira na qual todos fiquem confortáveis, evitando qualquer constrangimento.

Ao final da cerimônia, vocês podem sair primeiro. Depois, seguem os pais do noivo. Sua mãe, então, deixa o altar junto com o primeiro casal de padrinhos do seu lado (os três ao mesmo tempo). A partir daí, a sequência respeita a ordem alternada até o último par: um casal do lado do noivo e, outro, do lado da noiva. Se a sua mãe se sentir bem com o fato, também pode sair sozinha – embora eu ache mais legal ela acompanhar um casal de padrinhos. De qualquer maneira, será lindo!

Bel responde cortejo

Foto: W&E Photographie

[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]

Sobre:

#
Bel Benkler

Bel Benkler é formada em psicologia com PSP graduação em psicologia cognitiva e administração de empresas. Fez um curso de especialização em Eventos pelo Sena e NYU ( New York University). Realizou cursos de cerimonial e protocolo com Fátima Zigler e Roberto Cohen no Senac. É assessora de eventos de...

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Av. Dr. Chucri Zaidan 1550, 31º - São Paulo - CEP: 04711-130 - CNPJ: 08.762.226/0001-31 © iCasei 2007 - 2019