Revista

Pajens no casamento | Dicas de como incluir as crianças

Não tem quem não dê um sorriso quando vê o pajem entrando no casamento, não é mesmo? Para deixar sua cerimônia mais fofa e descontraída, mostramos como incluir as crianças na cerimônia. Confira

[vc_row full_width=”” parallax=”” parallax_image=”” xt_row_type=”in-container” xt_border_top=”0″ xt_bg_preview=”no” xt_bg_position=”middle” xt_bg_attach=”fixed” xt_overlay_pattern=”” xt_pattern_opacity=”100″ xt_overlay_gradient=”” xt_overlay_gradient_direction=”top-to-bottom” xt_bg_video=”” xt_bg_video_position=”middle” xt_bg_video_mp4=”” xt_bg_video_webm=”” xt_bg_video_ogv=”” xt_bg_video_poster=”” xt_parallax=”no” xt_smooth_scroll=”no”][vc_column width=”1/1″ is_sticky=”” is_sidebar=”” css_animation=””][vc_column_text]

Dá para sentir no ar aquele momento de tensão que antecipa o começo da cerimônia: a ansiedade dos convidados cresce a cada minuto de atraso- e não vamos nos enganar, noiva atrasa mesmo.

Nada como incluir pajens no seu casamento para quebrar  a formalidade toda da situação: quem não se derrete ao ver as crianças entrarem antes da noiva e sairem do script que lhes foi dado? Os convidados relaxam, curtem a cena e o clima de tensão morre ali. Cá entre nós, são os vídeos que mais viralizam no cyberspace, não é?

O casal tem que saber que a probabilidade de acontecer alguma coisa fora do que foi planejado é muito grande, especialmente quando envolve crianças pequenas. Manter o bom humos nestas horas é fundamental: relaxem e deixem rolar, as crianças podem chorar, se perder no meio do caminho, ter ataque de timidez, correr para os pais, enfim, a lista é grande.

Veja as dicas de duas especialistas em cerimonial que nos contam como incluir os pequenos na cerimônia.

Pajens-no-casamento-Dicas-de-como-incluir-as-crianças

Foto: Troy Grover Photography/ Divulgação

[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row full_width=”” parallax=”” parallax_image=”” xt_row_type=”in-container” xt_border_top=”0″ xt_bg_preview=”no” xt_bg_position=”middle” xt_bg_attach=”fixed” xt_overlay_pattern=”” xt_pattern_opacity=”100″ xt_overlay_gradient=”” xt_overlay_gradient_direction=”top-to-bottom” xt_bg_video=”” xt_bg_video_position=”middle” xt_bg_video_mp4=”” xt_bg_video_webm=”” xt_bg_video_ogv=”” xt_bg_video_poster=”” xt_parallax=”no” xt_smooth_scroll=”no”][vc_column width=”1/1″ el_class=”veja-mais-materias”][vc_text_separator title=”Veja mais:” title_align=”separator_align_left” align=”align_center” color=”custom” el_class=”title-mais-materias”][xt_news query_type=”selection” related_to_type=”tags” query_post_formats=”” format=”” pagination=”0″ pagination_position=”top-right” pagination_arrows_only=”” pagination_show_current=”” pagination_animation=”_fade” pagination_animation_direction=”left-right” view=”text-list|size:small” show_excerpt_only_featured=”no” show_category_only_featured=”no” max_categories=”1″ show_date_only_featured=”no” show_author_only_featured=”no” show_stats_only_featured=”no” title_length=”10″ excerpt_length=”15″ featured_title_length=”15″ featured_excerpt_length=”55″ include_posts=”53761, 41798″][/vc_column][/vc_row][vc_row full_width=”” parallax=”” parallax_image=”” xt_row_type=”in-container” xt_border_top=”0″ xt_bg_preview=”no” xt_bg_position=”middle” xt_bg_attach=”fixed” xt_overlay_pattern=”” xt_pattern_opacity=”100″ xt_overlay_gradient=”” xt_overlay_gradient_direction=”top-to-bottom” xt_bg_video=”” xt_bg_video_position=”middle” xt_bg_video_mp4=”” xt_bg_video_webm=”” xt_bg_video_ogv=”” xt_bg_video_poster=”” xt_parallax=”no” xt_smooth_scroll=”no”][vc_column width=”1/1″ is_sticky=”” is_sidebar=”” css_animation=””][vc_column_text]

Funções

“O pajem pode fazer parte do contexto no casamento como acompanhante da daminha de honra, formando o que chamamos casais de noivinhos”, diz a assessora e cerimonialista Gisele Carneiro.

“Ele pode carregar as alianças, no cortejo de entrada ou apenas no momento dos votos, quando o celebrante solicita, por exemplo”, sugere Gisele. “Também pode entrar na frente da noiva, anunciando sua chegada de maneira original’”, diz.

Nenhuma das funções é obrigatória, o pajem não precisa ter acompanhante nem função específica. O principal papel deles é ser fofo, é ser criança. “Às vezes, colocamos no cortejo um atrás do outro, em fileira, com balões, por exemplo”, explica.

Pajens-no-casamento-como-inclui-los

Pajens-no-casamento-Dicas-de-como-incluir-as-crianças

Foto: Wall Disney weddings/ Reprodução

[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row full_width=”” parallax=”” parallax_image=”” xt_row_type=”in-container” xt_border_top=”0″ xt_bg_preview=”no” xt_bg_position=”middle” xt_bg_attach=”fixed” xt_overlay_pattern=”” xt_pattern_opacity=”100″ xt_overlay_gradient=”” xt_overlay_gradient_direction=”top-to-bottom” xt_bg_video=”” xt_bg_video_position=”middle” xt_bg_video_mp4=”” xt_bg_video_webm=”” xt_bg_video_ogv=”” xt_bg_video_poster=”” xt_parallax=”no” xt_smooth_scroll=”no”][vc_column width=”1/1″ is_sticky=”” is_sidebar=”” css_animation=””][vc_column_text]

Trajes

Os trajes dos pajens devem combinar com o horário, local e tom do casamento. O dress code mais seguro é seguir o do noivo e padrinhos, incluindo as cores: em um casamento mais formal, eles podem vestir pequenos ternos, fraques etc. Se o casamento é mais informal ou durante o dia, combinações de camisa e bermuda de alfaiataria, por exemplo.

[/vc_column_text]
Pajens-no-casamento-Dicas-de-como-incluir-as-crianças Pajens-no-casamento-Dicas-de-como-incluir-as-crianças
Pajens-no-casamento-como-inclui-los Pajens-no-casamento-como-inclui-los
Pajens-no-casamento- dicas de como-inclui-los Pajens-no-casamento- dicas de como-inclui-los
Pajens-no-casamento-dicas-de-como-inclui-los trajes Pajens-no-casamento-dicas-de-como-inclui-los trajes
Pajens-no-casamento-dicas-de-como-incluir-as-crianças Pajens-no-casamento-dicas-de-como-incluir-as-crianças
Pajens-no-casamento-dicas-de-como-incluir-as-crianças Pajens-no-casamento-dicas-de-como-incluir-as-crianças
[/vc_column][/vc_row][vc_row full_width=”” parallax=”” parallax_image=”” xt_row_type=”in-container” xt_border_top=”0″ xt_bg_preview=”no” xt_bg_position=”middle” xt_bg_attach=”fixed” xt_overlay_pattern=”” xt_pattern_opacity=”100″ xt_overlay_gradient=”” xt_overlay_gradient_direction=”top-to-bottom” xt_bg_video=”” xt_bg_video_position=”middle” xt_bg_video_mp4=”” xt_bg_video_webm=”” xt_bg_video_ogv=”” xt_bg_video_poster=”” xt_parallax=”no” xt_smooth_scroll=”no”][vc_column width=”1/1″ is_sticky=”” is_sidebar=”” css_animation=””][vc_column_text]

Quem convidar?

Maria Cláudia Rubim, da Rubim Cerimonial, explica que o pajem, normalmente, “representa os filhos do casal que virão com o casamento”.

No caso dos noivos que já têm filhos, nada mais perfeito que eles mesmos serem os pajens e representarem sua família na cerimônia.

Os noivos também podem convidar sobrinhos e filhos de amigos para serem pajens. O ideal é que os pais sejam amigos próximos, com quem vocês tenham intimidade para tratar de assuntos como os trajes e os ensaios.

Pajens-no-casamento-como-inclui-los filhos

Foto: Jill Thomas/ Divulgação

[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row full_width=”” parallax=”” parallax_image=”” xt_row_type=”in-container” xt_border_top=”0″ xt_bg_preview=”no” xt_bg_position=”middle” xt_bg_attach=”fixed” xt_overlay_pattern=”” xt_pattern_opacity=”100″ xt_overlay_gradient=”” xt_overlay_gradient_direction=”top-to-bottom” xt_bg_video=”” xt_bg_video_position=”middle” xt_bg_video_mp4=”” xt_bg_video_webm=”” xt_bg_video_ogv=”” xt_bg_video_poster=”” xt_parallax=”no” xt_smooth_scroll=”no”][vc_column width=”1/1″ is_sticky=”” is_sidebar=”” css_animation=””][vc_column_text]

Idade ideal

A idade recomendada para um pajem é dos 3 aos 7 anos, segundo Gisele. “Assim, a criança não é tão pequena que corra o risco de estranhar e não entrar e nem muito grande para não perder aquela essência infantil”, explica.

Pajens-no-casamento-como-inclui-los-idade

Foto: Pinterest/ Reprodução

[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row full_width=”” parallax=”” parallax_image=”” xt_row_type=”in-container” xt_border_top=”0″ xt_bg_preview=”no” xt_bg_position=”middle” xt_bg_attach=”fixed” xt_overlay_pattern=”” xt_pattern_opacity=”100″ xt_overlay_gradient=”” xt_overlay_gradient_direction=”top-to-bottom” xt_bg_video=”” xt_bg_video_position=”middle” xt_bg_video_mp4=”” xt_bg_video_webm=”” xt_bg_video_ogv=”” xt_bg_video_poster=”” xt_parallax=”no” xt_smooth_scroll=”no”][vc_column width=”1/1″ is_sticky=”” is_sidebar=”” css_animation=””][vc_column_text]

Serviço:

Gisele Carneiro – GeC Cerimonial

Telefone: (081) 8696-7253 / (081) 9785-6545

E-mail: giselemour@gmail.com

Maria Cláudia Rubim – Rubim Cerimonial

Telefone: (11) 2659-5435 | (11) 98136-8010

E-mail: contato@rubimcerimonial.com.br

[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Av. Dr. Chucri Zaidan 1550, 31º - São Paulo - CEP: 04711-130 - CNPJ: 08.762.226/0001-31 © iCasei 2007 - 2019