Após planejar um casamento inteirinho, os noivos podem sentir falta da rotina de eventos. Essa fase gostosa dura bem mais que um ano. O processo começa com o pedido e a festa de noivado. Depois, vem chá de panela, chá bar, chá de lingerie, despedidas de solteiros e, enfim, a cerimônia. Só que as celebrações não precisam acabar após o “sim, eu aceito”. Quando se fala em bodas de casamento, meses não faltam para comemorar.

casal-compartilha-milkshake-em-celebracao-a-bodas-mensais-de-casamento
Foto: John Schnack/Style Me Pretty

De onde vem a tradição das bodas de casamento?

O termo “boda” tem sua origem do latim “votum”, que significa “promessa”. A palavra representa a celebração dos votos matrimoniais em uma união de casamento civil ou religiosa.

“A tradição das bodas vem de origem alemã, onde os casais comemoravam seus 25 e 50 anos de união matrimonial. No primeiro caso, o enlace era representado por uma coroa de prata. No segundo, por uma de ouro”, revela Luiz Ricardo Vieira Gonzaga, psicólogo e consultor de casais.

Posteriormente, essa tradição se expandiu e foram criadas outras simbologias para os demais anos da união. Mais recentemente, a comemoração também tem sido feita nos primeiros 11 meses de casamento. E, assim como manda o figurino, cada mês é representado por um material diferente.

casal-comemora-bodas-mensais-de-casamento-com-casa-enfeitada-com-baloes
Foto: Reprodução/Pinterest

Por que é importante comemorar bodas mensais de casamento?

De acordo com Chris Godinho, wedding planner e sócia-diretora da empresa Duas Eventos, a comemoração de bodas de casamento mês a mês é mais aderida por casais jovens, que estão na faixa etária dos 25 anos. “Eles são mais empolgados em realizar festas”, explica.

Este tipo de celebração, entretanto, deveria ser comum entre casais de todas as idades. Isso porque o primeiro ano é a fase mais importante na vida a dois. É um período de transição, conhecimento e adaptação.

“Celebrar cada mês do enlace matrimonial é uma forma de impulsionar as conquistas e se envolver no cotidiano do parceiro. O compromisso e a representatividade desses pequenos momentos resultam em um vínculo maior e futuro”, comenta Gonzaga.

Veja também: 1 ano de casamento, bodas de papel: 5 dicas para comemorar!

casal-come-pipoca-em-comemoracao-a-bodas-mensais-de-casamento
Foto: Reprodução/Pinterest

Como celebrar a união?

As bodas mensais têm a proposta de reviver o momento do casamento aos pouquinhos. E você pode até trazer elementos que remetem ao evento. Que tal encomendar novamente o bolo que foi servido no dia? Também dá para descolar os docinhos e o bem-casado que rolaram na festança.

Independentemente do que você for fazer para comemorar, é primordial que o tema do “mêsversário” tenha relação com o símbolo da data. Por exemplo, no décimo mês de casados são celebradas as bodas de pintinhos e você pode fazer um café da manhã com direito a uma bela omelete. E mais: esse momento pode ser desfrutado em viagens incríveis para comemorar as bodas de casamento.

As comemorações de bodas mensais de casamento, entretanto, também podem ser aproveitadas com amigos e familiares. Vai depender totalmente do que você e seu parceiro desejarem. Ambas podem ser bem divertidas, no final.

Leia também: 2 anos de casamento, bodas de algodão: dicas para comemorar

esposo-traz-cafe-na-cama-para-esposa-em-comemoracao-a-bodas-mensais-de-casamento
Foto: Laura Kelly/Style Me Pretty
  • Com padrinhos, amigos e familiares

As bodas mensais são um ótimo pretexto para festas. Não vê os padrinhos com frequência? Agite a comemoração e reúna os amigos.

Para fazer todos entrarem no clima, você pode começar com a escolha do convite. Por exemplo, no quarto mês de casados, as bodas de pipoca, dá para personalizar o convitinho com o formato de um saco de pipocas.

Se o mês for simbolizado por um doce, é importante que ele apareça nos comes e bebes do evento. “Não vale fazer só um churrasco ou comprar pizza. Com dois meses de casados, por exemplo, você comemora as bodas de sorvete. Então, compre vários sabores de gelatos, caldas, castanhas”, indica Chris. Você pode aproveitar também para usar as taças que ganharam de presente.

Vale lembrar que esse tipo de comemoração é mais comum de ser realizada na sua casa ou na dos amigos e familiares. Nada de planejar uma segunda festa de casamento.

Veja também: Dicas para celebrar 3 anos de casamento, as bodas de trigo ou couro

madrinhas-e-noiva-comemoram-bodas-mensais-de-casamento
Foto: Erin Lee Allender/Style Me Pretty
  • Comemoração a dois

Se você e seu amado preferem algo mais íntimo e simples, uma boa dica para comemorar as bodas mensais de casamento é fazer um jantarzinho em casa e trazer artifícios que lembrem a simbologia da data.

Nas bodas de algodão doce, terceiro mês de casamento, que tal um passeio no parque ou no circo e festejar esse momento com um delicioso algodão doce?

Se o casal está comemorando o sétimo mês, as bodas de purpurina, uma boa dica é confeccionar um cartão com glitter e colocar uma mensagem de aniversário de casamento, bem como fotos de momentos importantes que vocês compartilharam juntos.

Em relação às dicas de presentes para o aniversário de casamento, não existe a necessidade de apostar em coisas caras. As lembranças e surpresas são mais significativas.

“É importante ressaltar que vocês acabaram de pagar o casamento e estão começando uma nova vida. Então, gastos exagerados não são ideais”, alerta Any Moura, wedding planner e CEO do serviço My Personal Bride.

casal-cozinha-em-comemoracao-a-bodas-mensais-de-casamento
Foto: Lisa Renault/Style Me Pretty

Tabela de bodas de casamento: meses

O primeiro ano de enlace tende a ser doce e mágico. Nas bodas de casamento, meses também são representados por símbolos mais leves e divertidos – assim como o início da união deve ser. Conheça os termos dos primeiros onze meses e inspire-se para criar comemorações temáticas!

1 mês de casados: Bodas de Beijinho
2 meses de casados: Bodas de Sorvete
3 meses de casados: Bodas de Algodão Doce
4 meses de casados: Bodas de Pipoca
5 meses de casados: Bodas de Chocolate
6 meses de casados: Bodas de Plumas
7 meses de casados: Bodas de Purpurina
8 meses de casados: Bodas de Pompom
9 meses de casados: Bodas de Maternidade
10 meses de casados: Bodas de Pintinhos
11 meses de casados: Bodas de Chicletes

casal-compartilha-sorvete-em-comemoracao-a-bodas-mensais-de-casamento
Foto: Reprodução/Pinterest

Tabela de bodas de casamento: anos de união

Quando se trata de bodas de casamento, meses e anos têm suas simbologias. Literalmente. Por exemplo, bodas de mel é quanto tempo? São oito anos e 10 meses. Para não deixar nenhuma grande comemoração passar em branco, conheça as principais datas em nossa tabela!

1º ano de casados: Bodas de Papel
2º ano de casados: Bodas de Algodão
3º ano de casados: Bodas de Couro ou Trigo
4º ano de casados: Bodas de Flores ou Frutas
5º ano de casados: Bodas de Madeira ou Ferro
6º ano de casados: Bodas de Açúcar ou Perfume
7º ano de casados: Bodas de Latão ou Lã
8º ano de casados: Bodas de Barro ou Papoula
9º ano de casados: Bodas de Cerâmica ou Vime
10º ano de casados: Bodas de Estanho ou Zinco
11º ano de casados: Bodas de Aço
12º ano de casados: Bodas de Seda ou Ônix
13º ano de casados: Bodas de Linho ou Renda
14º ano de casados: Bodas de Marfim
15º ano de casados: Bodas de Cristal
20º ano de casados: Bodas de Porcelana
25º ano de casados: Bodas de Prata
30º ano de casados: Bodas de Pérola
35º ano de casados: Bodas de Coral
40º ano de casados: Bodas de Esmeralda
45º ano de casados: Bodas de Rubi
50º ano de casados: Bodas de Ouro

Tags da matéria

Comentários