lista-de-casamento-como-fazer-revista-icasei

Tema para lá de recorrente – e polêmico -, a lista de convidados é o primeiro passo da organização do casamento.  E muitos noivos acabam tendo dificuldade e algumas dúvidas na hora de selecionar as pessoas que gostariam de ter no Grande Dia.

“Ele é só conhecido, devo chamar? “Devo incluir o namorado da minha amiga?”, “E meu chefe?”. Durante o planejamento, dúvidas como essas podem surgir, mas algumas regrinhas e perguntas podem ajudar a enxugar a lista de convidados e permanecer dentro dos gastos estabelecidos para o evento.

lista-de-casamento-como-fazer-revista-icasei (5)

Definindo a lista de convidados

É a partir dela que tudo se define: o local, estilo, buffet, a quantidade de convites, de lembrancinhas, entre outros muitos itens que envolvem o planejamento dos gastos do casamento. Tudo é contabilizado pela quantidade de pessoas e não adianta pensar que vai dar para botar água no feijão que tudo vai se ajeitando, porque não vai. A dica de ouro, que vale para toda a organização de seu casamento, é: planejamento.

Então vamos aos passos!

1- Faça uma relação de todos os nomes por grupos: família nuclear (pai, mãe, irmãos), o restante da família, amigos do noivo e amigos da noiva, amigos em comum, colegas de trabalho, amigos dos filhos, enfim, todo mundo na primeira lista.

lista-de-casamento-como-fazer-revista-icasei (6)

Deixe uma margem para os que vão chegar – afinal, com 6 meses a 1 ano de antecedência dá para conhecer gente que se torna bacana na sua vida ou por uma questão de trato social você pode querer convidar, por exemplo, o novo chefe.

2- Estabeleça de imediato um diálogo franco e carinhoso com os pais de ambos: para quem vai realizar o casamento com ajuda dos pais, é de bom tom atender a alguns pedidos. Os pais pagam porque querem, não porque são obrigados, o que não lhes dá o direito de se impor, mas sim de participar de forma gostosa do seu casamento e incluir aquele amigo chegado da família na lista.

lista-de-casamento-como-fazer-revista-icasei (4)

 

Quem banca todo o casório sozinho precisa de tato do mesmo jeito, embora com mais autonomia. Se possível, ofereça uma cota aos pais, onde vocês estabelecem a quantidade de convidados que eles podem chamar.

3- Use perguntas-chave do tipo:

-Com que freqüência vejo essa pessoa? Frequentamos a casa uma da outra?

– Nos falamos ao telefone ou trocamos mensagens regularmente?

-Nos vemos ou nos falamos ao telefone em nossos aniversários, natal e outras datas importantes?

lista-de-casamento-como-fazer-revista-icasei (1)

 

Veja também Como organizar um casamento? Os 5 primeiros passos

4- Criar estilos de lista: Lista vip – são os convidados essenciais para os noivos. Aqueles que não podem faltar!

Lista de espera – aqueles do grupo do talvez, quem te viu na maternidade de olho fechado e nunca mais soube de sua existência, os que moram longe e dependem de variáveis mil, mas que merecem estar lá.

lista-de-casamento-como-fazer-revista-icasei (7)

 

Lista do doril – tomou e da sua vida sumiu – pessoas com quem vocês não têm nenhum tipo de relação. Essas pessoas não tem razão para estar no seu casamento e ponto final.

6 – Dicas Finais: defina para quantas pessoas será a sua festa e só conversem com os pais e outros parentes quando essa questão estiver bem resolvida entre os noivos. Por mais popular que vocês e suas famílias possam ser, ainda assim é um momento íntimo e pessoal. O ideal é chamar quem se importa com a nossa felicidade, quem está presente na sua vida de perto ou mesmo de longe. Esses farão tudo para prestigiar o casal.

lista-de-casamento-como-fazer-revista-icasei (3)

 

  • Confira nosso infográfico com um esquema facinho para te ajudar nessa hora!

Acervo iCasei
Tags da matéria