Vestido de noiva O guia dos tecidos
Foto: Lintao Zhang/ Getty Images

Se você acha que zibeline é um animal selvagem, e brocado, algum tipo de praga agrícola, você PRECISA deste guia de tecidos. Com ele, poderá identificar quais são os materiais de que mais gosta e para que servem, facilitando a tarefa de escolher o vestido de noiva ideal. Para complementar o guia, sugerimos visitar uma loja de tecidos finos e pedir a ajuda de um vendedor experiente para identificar, ao vivo, o toque dos tecidos. Você vai virar expert!

Vestido de noiva O guia dos tecidos brocado
Brocado: tido como um tecido elegante, o brocado pode ser feito de seda ou fibras sintéticas e se distingue por possuir padronagens jacquard. Encorpado e rígido, o material é uma escolha perfeita para vestidos estruturados a serem usados nas estações mais frias do ano.
 
Vestido de noiva O guia dos tecidos brocado
Vestido de noiva O guia dos tecidos cambraia
Cambraia: tecido leve, macio e opaco que foi muito usado na confecção de lenços femininos e toalhas de lavabo bordadas a mão. Geralmente feita de algodão, seda ou linho, a cambraia é ótima para vestidos de verão e peças de lingerie.
Vestido de noiva O guia dos tecidos cambraia
Vestido de noiva O guia dos tecidos cetim
Cetim: tecido luxuoso que se apresenta lustroso do lado direito, e opaco do avesso. O cetim de seda é um dos tecidos mais tradicionais para vestidos de casamento e está disponível em grande variedade de estilos, como cetim duchese e boucol -que são encorpados-, e o cetim charmeuse, bem mais leve.
Vestido de noiva O guia dos tecidos cetim
Vestido de noiva O guia dos tecidos Charmeuse
Charmeuse: leve, rico e delicado, este tecido luxuoso se caracteriza por ter um lado brilhante e o avesso fosco. Sua maciez e seu bom caimento o tornam popular para modelos fluidos e soltos.
Vestido de noiva O guia dos tecidos Charmeuse
Vestido de noiva O guia dos tecidos Chiffon
Chiffon: é um dos tecidos mais leves e vaporosos para roupas de noite. Feito de seda ou rayon, é bastante usado em sobreposições ou em camadas, devido à sua transparência.
Vestido de noiva O guia dos tecidos Chiffon
Vestido de noiva O guia dos tecidos Crepe
Crepe: composto de um seda macia ou rayon leve, o crepe tem uma textura rugosa que lembra a gaze. É perfeito para silhuetas soltas.
Vestido de noiva O guia dos tecidos Crepe
Vestido de noiva O guia dos tecidos Damasco ou adamascado
Damasco ou adamascado: semelhante ao brocado por possuir desenhos em jacquard, é um tecido mais leve do que o brocado. A diferença entre os dois é que, no adamascado, a padronagem é sempre da mesma cor que o tecido. No brocado, os motivos são coloridos.
Vestido de noiva O guia dos tecidos Damasco ou adamascado
Vestido de noiva O guia dos tecidos Dotted swiss
Dotted swiss: feito de musselina ou organdi de algodão, este tecido de origem suíça é tradicionalmente usado em roupas de bebê e vestidos de noiva. Sua superfície apresenta bolinhas em relevo, que podem ser do mesmo tom do pano, ou coloridas. No Brasil, é conhecido como cassa suíça.
 
Vestido de noiva O guia dos tecidos Dotted swiss
Vestido de noiva O guia dos tecidos Faille
Faille: feito de seda, algodão ou rayon, este tecido apresenta nervuras transversais. Tem aparência acetinada, bom caimento e maciez, mas não é facilmente lavável.
Vestido de noiva O guia dos tecidos Faille
Vestido de noiva O guia dos tecidos Georgette
Georgette: Leve, transparente e opaco, o material é um crepe fino, fiado à partir de poliéster ou seda. Liso ou estampado, é muito versátil e pode ser usado em blusas, saias, vestidos de noite, etc.
Vestido de noiva O guia dos tecidos Georgette
Vestido de noiva O guia dos tecidos moiré
Moiré: normalmente produzido com seda e poliamida, exibe um desenho de ondas da mesma cor do tecido, conforme a incidência da luz. É semelhante ao tafetá e também é conhecido como chamalote.
Vestido de noiva O guia dos tecidos moiré
Vestido de noiva O guia dos tecidos organza
Organza: é um tecido leve como o chiffon, porém mais estruturado, com acabamento brilhante. É muito usado para a confecção de vestidos com várias camadas e babados, vestidos de baile volumosos, caudas e véus.
 
Vestido de noiva O guia dos tecidos organza
Vestido de noiva O guia dos tecidos piquê
Piquê: caracteriza-se pela superfície texturizada, com pequenas saliências em formato de losango distribuídas de forma uniforme por todo tecido. O tipo mais conhecido de piquê é o ninho de abelha, ou favo de mel. Geralmente sua composição é 100% algodão.
Vestido de noiva O guia dos tecidos piquê
Vestido de noiva O guia dos tecidos Point d'esprit
Point d'esprit: é uma rede de poliéster, similar ao tule, salpicada de pequenos pontos em formato de diamante. Delicado e feminino, o material é reconhecido pela sua textura.
Vestido de noiva O guia dos tecidos Point d'esprit
Vestido de noiva O guia dos tecidos Poliéster
Poliéster: fibra sintética que dá origem a tecidos de baixo custo que não amassam. Sua desvantagem é ter pouca respirabilidade e reter odores. É muito usado em composição com tecidos naturais, como algodão e seda.
Vestido de noiva O guia dos tecidos Poliéster
Vestido de noiva O guia dos tecidos Rayon ou raiom
Rayon ou raiom: tecido liso, semelhante à seda, feito de fibra de celulose. É leve e respirável, perfeito para um casamento de verão, mas amassa facilmente.
Vestido de noiva O guia dos tecidos Rayon ou raiom
Vestido de noiva O guia dos tecidos Renda
Renda: é um tecido delicado, feito à máquina ou à mão, elaborado à partir de uma padronagem aberta, como uma teia. Originalmente, eram utilizados fios de linho, seda, ouro ou prata. Atualmente, a renda costuma ser feita com linha de algodão ou fibras sintéticas, embora os fios do linho e da seda ainda estejam disponíveis. Alguns tipos de renda, muito populares para vestidos finos são: chantilly, guipure, soutache, alençon e honiton.
Vestido de noiva O guia dos tecidos Renda
Vestido de noiva O guia dos tecidos seda
Seda: tecido feito de fibra de proteína natural produzida por larvas de bicho-da-seda criadas em cativeiro (sericultura). Macia e leve, a seda é um material leve e resistente que se distingue pelo brilho suave. Suas variações incluem o gazar de seda e a musseline de seda.
Vestido de noiva O guia dos tecidos seda
Vestido de noiva O guia dos tecidos Shantung ou shantung dress
Shantung ou xantungue: tecido fino, muito usado em roupas de festa. Tem uma textura desigual devido aos fios irregulares, geralmente de seda misturada a algodão ou raiom.
Vestido de noiva O guia dos tecidos Shantung ou shantung dress
Vestido de noiva O guia dos tecidos tafetá
Tafetá: tecido com toque seco, que arma um pouco mas ainda assim tem bom caimento. Pode ser de poliéster, misto com seda e 100% seda. Apresenta-se em muitas cores, inclusive com efeito iridescente, devido ao processo de tecelagem.
Vestido de noiva O guia dos tecidos tafetá
Vestido de noiva O guia dos tecidos tule ilusion
Tule illusion: muito popular atualmente, é um tipo de tule transparente que fica praticamente invisível, possibilitando efeitos interessantes em decotes e mangas.
Vestido de noiva O guia dos tecidos tule ilusion
Vestido de noiva O guia dos tecidos tule
Tule: uma espécie de rede transparente, o tule é delicado mas estável e flexível. Pode ser usado de muitas maneiras pois tem diferentes pesos e graus de rigidez: para armar saias e saiotes, em decotes e mangas, ou no vestido todo.
Vestido de noiva O guia dos tecidos tule
Vestido de noiva O guia dos tecidos veludo
Veludo: qualquer tecido que apresenta pelos curtos e tem o aspecto aveludado pode ser considerado um veludo. Normalmente, esse veludo é aplicado sobre uma trama de algodão. Existem vários tipos de veludo: liso, cotelê, alemão. Por ser pesado, é adequado para casamentos no inverno.
Vestido de noiva O guia dos tecidos veludo
Vestido de noiva O guia dos tecidos Voile ou voal
Voile ou voal: leve e respirável, o voile é feito de algodão ou lã e é semi-transparente. Seu look casual o torna perfeito para casamentos informais.
Vestido de noiva O guia dos tecidos Voile ou voal
Vestido de noiva O guia dos tecidos zibeline
Zibeline: como leve brilho acetinado, este material pode ser feito a partir da seda pura ou de fibras artificiais. Apesar de firme e estruturado, é um tecido com bom caimento, muito usado em vestidos de noiva.
Vestido de noiva O guia dos tecidos zibeline
Tags da matéria

Vai se casar?

Assine a nossa newsletter e fique por dentro das últimas novidades e tendências!