casamento blindado - revista icasei

Manter um casamento não é fácil. Segundo a professora e psicóloga Vanda Lucia Di Yorio Benedito, alguns dos temas que mais geram conflitos entre casais são ciúmes, visões diferentes sobre como gastar dinheiro, conflitos com a família de origem e expectativas frustradas em relação às necessidades de cada um.

Já a psicóloga Marina Vasconcellos aponta questões de gênero como fonte de muitas brigas, ou seja, aqueles comportamentos que são características de cada sexo mas que as pessoas, por desconhecerem o fato, levam para o “pessoal”;  assim como querer mudar o parceiro para que ele se adapte à suas expectativas; controle de e-mails, celulares e redes sociais.

top-10-dicas-para-manter-o-casamento-blindado-revista-icasei

Confira abaixo 10 dicas que as psicólogas dão para manter uma relação saudável e ter um casamento blindado!

1- Em momentos de discordância, espere os ânimos se acalmarem. De acordo com Vanda, em conflitos, o ideal é pedir um tempo para refletir sobre o comportamento do outro e o próprio e deixar para conversar quando os ânimos estiverem mais calmos.

2- Tente entender o outro. “O ideal é sempre colocar-se no lugar do outro e procurar entender seu ponto de vista, não o menosprezando ou desrespeitando”, pontua Marina.

3- Cuidado ao querer impor seu ponto de vista. Para Vanda, alguns dos principais erros cometidos pelos casais em momentos de conflitos é querer impor sempre seu ponto de vista, se sentir sempre agredido diante da menor manifestação de desagrado do outro e reagir de forma desproporcional ao fato.

4- Mantenha o bom-humor. “Este é o melhor ingrediente para um relacionamento. Ele permite que a relação tenha uma leveza. Assim os projetos comuns, a afetividade e a sexualidade também são importantes para compor a experiência conjugal”, afirma Vanda.

5- Ter um diálogo franco, aberto e constante, resolvendo os problemas logo que aparecem. “Se as pessoas comunicassem ao outro o que as incomoda ao invés de ficarem guardando para si e acumulando frustrações, tudo seria mais fácil de se resolver”, destaca Marina.

6- Cuidado com acusações. “Quando quiser reclamar de algo, diga como se sente em decorrência do que o outro fez, e não inicie a conversa acusando o parceiro de algo, já com ‘o dedo em riste’. Se você se coloca na primeira pessoa e diz como se sente, já ‘desarma’ o outro, que não se sente ameaçado ou criticado, evitando uma reação agressiva da parte dele”, alerta Marina.

7- Não parta do pressuposto de que o outro fez algo “de propósito”. “Se um casal está junto, por que deveria achar que é para se prejudicarem mutuamente? Qual a vantagem em saírem ‘ganhando’ de uma discussão?”, questiona Marina

8- Saiba admitir seus erros e pedir desculpas. Ter a humildade de aprender com o feedback do parceiro. “Afinal, uma das melhores formas de crescermos como seres humanos é quando damos ouvidos ao feedback do parceiro e nos avaliamos para entendermos do que se trata. Se fizer sentido, vale uma reestruturação”, pondera Marina.

9- Não resgate mágoas do passado. De acordo com Marina, em um momento de crise, é importante tratar de um assunto por vez, não trazer mágoas anteriores que não têm nada a ver com o problema em questão.

10- Tenha atitudes de carinho inesperadas. Segundo Marina, o companheirismo e a admiração de um pelo outro auxiliam a ter uma boa relação no casamento.

top-10-dicas-para-manter-o-casamento-blindado-capa-revista-icasei

Veja também Dicas Para os Recém-Casados | Como Dormir Bem na Cama de Casal?

Tags da matéria

Vai se casar?

Assine a nossa newsletter e fique por dentro das últimas novidades e tendências!