serie-de-casamentos-internacionais-noivado-e-namoro-nos-eua-capa

“Something old, something new, something borrowed, something blue”. Algo antigo, algo novo, algo emprestado e algo azul. Assim começam os casamentos norte-americanos, baseado num verso antigo inglês de 1898, que determina boa sorte à noiva. Hoje, com acesso à internet e toda uma gama de informações, as tradições cada vez mais  se fundem e se adaptam, principalmente quando o casamento envolve culturas diferentes.

serie-de-casamentos-internacionais-noivado-e-namoro-nos-eua-pedido-de-casamento-noivos-

Eu, por exemplo, conheci meu marido, em 1998 – um norte-americano, filho de mãe Italiana e pai descendente de irlandeses. Em 2000, depois de namorarmos entre Rio de Janeiro, Los Angeles e outros lugares românticos e incríveis, ele decidiu que era hora de me pedir em casamento. Conversamos sobre como funciona tudo no Brasil e ele achou engraçado usar a aliança de noivado na mão direita ao invés da esquerda. E também achou bem econômico que eu recusei o anel com pedra preciosa. Na verdade, eu decidi usar um anel que passou por várias gerações da minha família.

serie-de-casamentos-internacionais-noivado-e-namoro-nos-eua-anel-de-noivado

E foi assim, na virada do ano 2000, que o meu então namorado, decidiu me pedir em casamento, na praia de Copacabana em meio a milhões de pessoas. À meia-noite, ele se ajoelhou em frente a mim, segurando uma caixinha preta. Apesar de ter visto essa cena em vários filmes, eu nunca tinha visto ninguém, no Brasil, fazer o pedido de joelhos. E ao invés de dizer “sim!”, a minha primeira reação foi: “o que é que você está fazendo de joelhos na areia?” Para minha sorte, estávamos cercados por um grupo de americanos que começou a aplaudir. E ao som dos incríveis fogos de artifícios, eu disse: “Sim!”.

serie-de-casamentos-internacionais-noivado-e-namoro-nos-eua-pedido-de-casamento

Assim como no Brasil, o período de engagement (noivado), é quando os preparativos são feitos, e podem durar anos ou ser rápido como um mês. Aqui nos Estados Unidos, as noivas decidem se terão apenas uma maid of honor (dama de honra) ou mais e uma ou várias bridesmaid (madrinha). E o noivo também convida o seu best man – algo como seu “melhor padrinho”, o mais importante – e um ou vários groommen (padrinhos).

serie-de-casamentos-internacionais-noivado-e-namoro-nos-eua-pedido-de-casamento-padrinhos

A noiva decide a cor de vestido que será usado pelas sua maid of honor e bridesmaid e é praxe presenteá-las como agradecimento por participarem do casamento. Os padrinhos também recebem um presente de agradecimento do noivo. Geralmente, a cor escolhida pela noiva acompanha os vestidos das madrinhas e toda a decoração e detalhes na roupa do noivo e padrinhos. Uma tendência dos últimos anos é a dos noivos também terem um bolo de casamento para eles, geralmente com um tema mais masculino e bem humorado.

serie-de-casamentos-internacionais-noivado-e-namoro-nos-eua-pedido-de-casamento-vestido-madrinhas

Veja mais em: Série casamentos internacionais | Namoro e noivado na Itália

Todas as imagens: iStock e ShutterStock/Divulgação

Tags da matéria

Vai se casar?

Assine a nossa newsletter e fique por dentro das últimas novidades e tendências!