Nessa coluna sobre planejamento financeiro, vamos falar sim em números, planilhas, juros, prazos, da importância do planejamento, mas mais do que isso, vamos falar de emoções, de crenças, valores que fazem parte das escolhas. Sempre que der, vamos mostrar casos de pessoas queridas. Acho que é uma maneira de mostrar o quanto elas nos inspiram.

Organização Como montar uma planilha de gastos números

Não pense que casamentos não tem imprevistos por que eles tem. Por mais que eles pareçam de cinema, com pequenos detalhes, carinho e o toque do casal, existem muitos aspectos que jamais se pensa que precisamos nos preocupar em um casamento. Falando com um casal amigo, perguntei qual foi a coisa mais inusitada que eles tiveram que gastar dinheiro: com o aluguel do gerador de energia. Deu para ter uma ideia do que te espera, não?

Organização Como montar uma planilha de gastos à mais

Independente do orçamento que se tenha para um casamento, parta do pressuposto que ele normalmente extrapola o planejado na média em 30%.

Não importa se será haverá uma cerimônia seguida de festa para uma quantidade grande de convidados, uma recepção só para a família e os amigos mais íntimos, ou mesmo se somente uma celebração entre o casal. Nesse evento inundado de emoções, tudo que se quer é que seja inesquecível. Os gastos que passariam com mais reflexão pelo crivo dos noivos, para este dia e sem planejamento financeiro, são abordados com menos critério e com forte justificativa emocional. Na psicologia econômica chamamos isso de falácia dos custos irrecuperáveis ou o conhecido “já que”.

Veja um exemplo: Já que vamos dar uma lembrancinha especial para as madrinhas, temos que pensar numa lembrancinha única para os padrinhos também -só isto já dobrou a quantidade de lembrancinhas.

Como montar uma planilha de gastos lembrancinha

Se essa ideia surgir com um tempo suficiente que permita avaliar o orçamento e a necessidade, e se for decidido que sim, saiba que ela foi planejada, analisada, e cotada antes de uma decisão final. Se a ideia surgiu na semana do casamento, possivelmente entrou na conta sem pensar, e o quanto custou só se saberá depois do “sim”.

Outra coisa que abordaremos nesta coluna também é quanto ao comportamento dos noivos em relação ao dinheiro. Dinheiro do dia a dia, das contas, da reserva financeira, dos sonhos e objetivos, da terceira idade. É difícil falar em dinheiro, nós sabemos, é menos desconfortante falar sobre ex-namorados do que abordar a questão financeira.

Como montar uma planilha de gastos casal

Compatibilidade de gênios é importante para um casamento feliz?

Compatibilidade financeira, você já ouviu falar nisto? Como você se relaciona com o seu dinheiro? Você é poupador(a)? Gastador(a)? Investidor(a)? E o seu par? Vocês já conversaram sobre isso? Além de servir para pagar contas, o que mais o dinheiro representa para cada um de vocês? Falaremos sobre isto brevemente.

Tags da matéria

Vai se casar?

Assine a nossa newsletter e fique por dentro das últimas novidades e tendências!