nó de gravata noivo - revista icasei

Escolher o traje para o casamento é uma das preocupações dos noivos. Entretanto, além desta escolha, também é preciso definir o tipo de nó de gravata a ser usado e é importante que ele seja adequado ao traje.

nó de gravata para casamento - revista icasei (9)

Foto: Camargo Alfaiataria

De acordo com o estilista Ricardo Almeida, o nó da gravata é definido pelo gosto do noivo, ocasião e também colarinho da camisa. “É importante que o nó preencha bem o espaço do colarinho”, explica. O alfaiate João Camargo também defende a mesma opinião: “Tem-se sempre que pensar que é algo muito pessoal e depende totalmente da personalidade do noivo”.

Conheça os diferentes tipos de nós de gravata e o passo-a-passo a para fazer cada um deles:

Nó Simples

1(3)

Trata-se do nó básico e tradicional. “É o que cai bem com qualquer gravata, colarinho e corpo. Ele é sequinho e ideal para os modelos slim. Este tipo de nó também é indicado para a linha jeans e camisa slim fit”, afirma o alfaiate João Camargo.

Meio-Windsor/Semi-Windsor

2(3)

Segundo Camargo, ele é maior do que o nó simples, ficando rente ao colarinho, sendo menos formal do que o Windsor.

Veja também Como escolher o Traje do Noivo para o casamento

Windsor

3(4)

Para Camargo, por ser mais largo e mais imponente, este nó pede camisas mais sofisticadas e colarinhos que sejam mais espaçados, pois acomodam melhor o modelo. “Windsor é o meu favorito”, pontua. Ricardo Almeida também gosta deste modelo para noivos. “Ele é mais simétrico, robusto e combina bem com a ocasião”, comenta o estilista.

Nó borboleta

4(4)

De acordo com Camargo, hoje os noivos vêm pedindo bastante o nó borboleta. “Inclusive, temos um modelo de camisa para o qual indicamos este tipo de gravata. Mas a tradicional mesmo é utilizada para smokings (trajes gala ou black tie)”, conclui.

full

Veja também Dia do Noivo | Top 5 Salões em São Paulo

Tags da matéria

Vai se casar?

Assine a nossa newsletter e fique por dentro das últimas novidades e tendências!