gueixas -lua de mel no japão - revista icasei

Esqueça aquela praia caribenha ou a torre Eiffel. Sua lua de mel pode ter um cenário bem mais exótico e ainda muito romântico: o Japão. No país, a cultura milenar se une à tecnologia de ponta e aos jardins inigualáveis para que a primeira viagem enquanto marido e mulher seja inesquecível.

 O que conhecer

O Japão possui inúmeras belezas para conhecer, e você não poderá passar por lá sem ir a estes paraísos.

monte fuji - japão - revista icasei

1. Em Tóquio, além das construções típicas e dos enormes painéis luminosos, o casal pode conhecer, por exemplo, o Palácio Imperial, residência da família imperial japonesa, e o Meiji Jingu, santuário construído 1920 por mais de 100.000 voluntários do imperador. Vale a pena conhecer Nikko e Nakamura.

2. Já no Parque Nacional Hakone, a natureza entra em destaque. No local, é possível fazer um passeio de teleférico ao Vale de Owakudani, na região da cratera criada na última erupção do Monte Hakone.

3. Em Kyoto é possível imergir na cultura japonesa. Ótimos passeios estão em Nara e Osaka.

4. O castelo de Himeji, no oeste e a cidade de Hiroshima são paradas obrigatórias.

5. Se for visitar o país no inverno, a ilha de Hokkaido, ao norte, e os Alpes Japoneses, ao centro, possuem pistas de esqui que podem ser uma atração à parte na viagem.

EXPERIÊNCIAS OBRIGATÓRIAS

tóqui - japão - revista icasei

– Conhecer os incontáveis templos em Kyoto e Tóquio;

– Conhecer um castelo samurai, como o de Kanazawa;

Andar de trem bala e ver o monte Fuji na linha JR Tokkaido. Sente-se do lado direito do trem (sentido Tóquio-Kyoto) e veja o vukcão Monti Fuji da janela;

Medite com os monges budistas hospedando-se no templo shukubo;

templos japão - revista icasei

– Hospede-se em um ryokan e durma em um futon sobre esteiras tatami. Para os bravos, tente também um hotel-cápsula;

– Banhe-se numa piscina térmica de um spa ou onsen;

– Prove os seguintes pratos: sushi em Tóquio, lamen em Sapporo e Fukuoka, enguia em Shizuoka, okonomiyaki em Hiroshima e Osaka, sobá em Okinawa e Nagano e o banquete kaiseki em Kyoto;

– Assista a uma peça de teatro kabuki ou um dia de lutas de sumô (é tudo meio lento, mas interessante);

– Conheça pequenas cidades históricas como Takayama, Nikko, Kamakura e Kanazawa.

Veja também Como programar a lua de mel com a alta do dólar?

Dicas importantes

Vanessa El Ain, diretora da Royaletour Honeymoon, afirma que o ideal é passar, no mínimo, 15 dias no Japão. “Pela distância, é preciso ter tempo suficiente para que a viagem não seja exaustiva e corrida”, explica.

estação de esqui - lua de mel no japão - revista icasei

Ela também pontua que há duas estações mais adequadas para conhecer o país. “A primeira é na primavera que, além das temperaturas amenas, é o período em que as cerejeiras florescem e também é quando acontecem festivais como a dança das gueixas em Quioto (Miyako Odori)”, diz Vanessa. “A segunda época é o outono, também com temperaturas agradáveis e com menor quantidade de chuvas a partir de outubro. As árvores começam a mudar de cor e acontece um dos mais bonitos festivais, o Takayama Matsuri, patrimônio da humanidade”, conclui.

sakura - lua de mel no japão - revista icasei

Para visitar o Japão é preciso ter um passaporte válido por 6 meses (contando da data de regresso) e um visto, que pode ser providenciado pela própria agência de viagens com um mês de antecedência.

Depoimento

O Japão foi a escolha da pediatra Dominique Miranda e do empresário Flavio Fujita. A ideia de passar a lua de mel no país asiático surgiu, a princípio, da descendência de Flávio, mas a paixão pela gastronomia japonesa também contou muitos pontos.

lua de mel no Japão - revista icasei (6)

 

O casal esteve pela primeira vez no país entre 03 e 24 de maio e a experiência foi muito positiva. Algumas coisas que chamaram a atenção foram a viagem de trem, que segundo Dominique é muito limpo e seguro, e o Mercado de Peixes Tsukiji, embora a pediatra afirme que achou estranho o hábito japonês de escolher os animais ainda vivos nos restaurantes, para que eles viessem à mesa bem frescos.

lua de mel no Japão - revista icasei (1) lua de mel no Japão - revista icasei (2) lua de mel no Japão - revista icasei (4)

No entanto, o lugar que realmente conquistou o coração dos dois foi Quioto. “Lá é realmente o centro de cultura japonesa”, conta Dominique, que se impressionou com a arquitetura religiosa e, principalmente que os jardins que, segundo ela são de tirar o fôlego. “Nunca vimos algo assim. É inexplicável”, afirma.

Veja também Os 5 destinos mais luxuosos para Lua de Mel.

Pacote

japão - tóquio - revista icasei

A viagem com visto, passagens aéreas, hospedagem com café da manhã, trechos de carro e trem, traslados privativos e seguro viagem sai por R$ 12.000 mais taxas de embarque, por pessoa, na Royaletour Honeymoon.

Tags da matéria

Vai se casar?

Assine a nossa newsletter e fique por dentro das últimas novidades e tendências!