buque

Suas características físicas: se você faz o tipo mais “mignon” pode ficar um tanto exagerado usar um buquê maior no formato cascata. Assim como buquês menores podem “sumir” para noivas mais altas. Por isso, é importante pensar nas suas próprias características na hora de escolher o buquê.

buque-colorido

buque-suculentas

 

O estilo do seu vestido: seu vestido é romântico, sexy, princesa ou moderno? É bem importante que o seu buquê acompanhe este estilo, para não destoar.

buque-noiva-madrinhas

O estilo da festa: se você vai fazer um casamento super clássico, pode ser estranho casar com um buquê modernoso e colorido, concordam?  O mesmo vale para situações contrárias. Quem vai casar na praia, por exemplo, pode explorar mais cores. Quem pretende se casar no campo pode optar por buquês mais rústicos.

buque-vintage

 

3acade52eb0a5be058d74a72752c4687

Estação do ano: o período do ano pode influenciar na escolha das flores, pois há algumas delas que são favorecidas por determinadas temperaturas. As tulipas, por exemplo, são flores mais do inverno. Além disso, no verão é possível usar tons mais coloridos e, no inverno, tons mais sóbrios.

buque-noiva

buque-rustico

O buquê deve usar as mesmas flores da decoração? Aprendi com uma amiga minha decoradora que não necessariamente. O ideal é que haja uma harmonia entre os elementos.  Se você vai fazer uma decoração com tons terrosos, por exemplo, não dá para escolher um buquê roxo. Vale bom senso para combinar tudo.

buque-peonias-2

O que está em alta? Muito por influência dos casamentos que vemos nos Estados Unidos e Europa, estão em alta no momento buquês que reúnem mais de um tipo de flor, com mais de uma cor, num formato mais desconstruído. Claro, mais do que seguir modismos, é importante escolher algo que você realmente goste e que vá olhar daqui a 10, 15 ou 20 anos e continuar amando. Isso é o que vale!

buque2

Tags da matéria

Vai se casar?

Assine a nossa newsletter e fique por dentro das últimas novidades e tendências!