Provar e decidir os pratos do buffet é uma das tarefas mais gostosas nos preparativos do casamento. Além de agradar seu próprio gosto, é sempre bom ficar de olho em opções que atendam certas restrições alimentares, como intolerâncias e alergias. Pratos que agradem carnívoros e vegetarianos também são bem-vindos.

Foto: Threaded Together Photography
Foto: Threaded Together Photography

Para todos os gostos

“Em nosso primeiro encontro com os noivos, uma das nossas preocupações na hora de elaborar o menu é a questão de restrição alimentar. Sempre temos o cuidado necessário para que a festa tenha opções que agradem a todos, desde as entradinhas até a sobremesa”, afirma Daniela Kishimoto, chef e sócia do Buffet Zest Cozinha Criativa.

Foto: Romabea Images
Foto: Romabea Images

“O menu não precisa ser todo em função das pessoas que têm restrições, mas é importante ter opções que agradem a todos. Por isso, além das carnes nos pratos principais, é bom ter sempre uma massa para os vegetarianos, e outros pratos com grãos para quem tem intolerância a glúten ou lactose”, aconselha Neyde Zampronha, chef e sócia da Zam Gastronomia.

Meio a meio

Em casamentos ecumênicos, é comum a família toda de um dos noivos ter restrições relacionadas à religião. Há correntes do budismo e do protestantismo que aconselham cortar a carne do cardápio, e pratos que são tabu para judeus e muçulmanos, por exemplo. Nesse caso, o cuidado deve ser dobrado para evitar gafes.

Foto: Emily Weis Photography-
Foto: Emily Weis Photography-

“O ideal é sempre adaptar o menu e, mesmo que ele tenha itens especiais, o legal é servir sempre junto para que todos se sintam especiais.  Mostra que os noivos tiveram um cuidado extra em agradar todos os convidados”, opina Daniela.

“Para respeitar as particularidades de cada religião, o ideal é cortar do cardápio os pratos considerados ‘proibidos’, como a carne de porco e os frutos do mar em alguns casos”, diz Neyde. “Se a família de um dos noivos exigir pratos kosher, é necessário uma consultoria especial, pois a cozinha deve ser separada e o preparo ter a supervisão de um rabino”, conclui.

Cuidados

No caso de pratos para quem tem alergia ou intolerância a certos ingredientes, é preciso atenção especial no preparo. Converse com o responsável pelo buffet para garantir que ingredientes alergênicos não entrem em contato com os utensílios utilizados.

Foto: Marcie Lynn Photography
Foto: Marcie Lynn Photography

Convicção

E se os dois noivos seguem à risca a mesma filosofia alimentar? Se o casal é vegetariano, por exemplo, é de bom tom deixar todos os pratos do buffet sem carne?

Foto: D'Arcy Benincosa
Foto: D’Arcy Benincosa

“Acho importante agradar aos noivos, mas também aos convidados. Vale ter itens que sigam a filosofia dos noivos, mas é importante pensar no coletivo”, aconselha Daniela.

“Todos estão acostumados a comer pratos sem carne e há opções vegetarianas bem saborosas, mas algumas pessoas podem sentir que falta algo”, conta Neyde.

Boa pedida

Seja qual for o caso, o mais importante é que os pratos sejam gostosos e que os convidados saiam da festa satisfeitos.

Foto: Melanie Duerkopp
Foto: Melanie Duerkopp

Serviço:

Zest Cozinha Criativa
Site: http://www.cozinhacriativa.com.br/
Telefone: (11) 3727-1387
Endereço: R. Dr. Ulpiano da Costa Manso, 82 – Jd. Peri Peri, São Paulo

Zam Gastronomia
Site: https://www.facebook.com/Zam-Gastronomia
Telefone: (11) 98188-2000
Endereço: R. Cel. Artur de Paula Ferreira, 135 – Vila Nova Conceição, São Paulo

Tags da matéria

Vai se casar?

Assine a nossa newsletter e fique por dentro das últimas novidades e tendências!