bouquet-de-noiva

Assim como o vestido, o bouquet é um item muito importante no visual da noiva. Cada flor é pensada detalhadamente com muito carinho pelas noivinhas, que muitas vezes escolhem fazer o arranjo com flores frescas. O problema é que este tipo de flor estraga muito fácil, o que impossibilita que ela guarde o bouquet como recordação do Grande Dia.

Conservar o bouquet após o grande dia se tornou possível. Através de diferentes técnicas, o arranjo pode durar por anos, se cuidadas da maneira correta. Segundo Sylvia Montenegro, da Flor de Cór, existem duas técnicas diferentes para as noivas que querem guardar o bouquet feito com flores naturais.

Uma das técnicas usa as flores preservadas, que irão compor o bouquet da noiva. Desenvolvidas na Colômbia, elas passam por um processo químico que as mantêm com o aspecto de frescas por muito tempo, podendo permanecer durante o período de até dois anos enfeitando a casa nova, ou cerca de dez anos dentro de um quadro.

bouquet-flores-preservadas

bouquet-da-noiva

Sylvia diz que uma das vantagens das flores preservadas é que a noiva participa da elaboração do bouquet alguns dias antes do casamento. “A noiva vem aqui no atelier, compõe a ideia do bouquet comigo de acordo com as cores que ela quer e já tem uma a ideia de como ele vai ficar”. Ele também pode ser entregue com antecedência, o que garante segurança e impede surpresas indesejadas, “não vai ter aquela surpresa de chegar na porta a igreja e não estar do jeito que ela queria”.

bouquet-flores-preservadas

Apesar de muitas noivinhas aderirem à técnica, ela possuí algumas limitações, como a variedade de flores disponíveis. Isso acontece poque uma nova espécie de flor demora cerca de cinco anos para ser adaptada à técnica. Rosas, cravos, callas, mini-callas, gardênias, crisântemos, hortênsias, nardos, alguns tipos de orquídeas, mosquitinhos e folhagens fazem parte da gama de opções que a noiva pode escolher.

Sylvia conta que algumas noivas confundem flores preservadas com artificiais. “Tem gente que acha que você comprar flores preservadas é a mesma coisa que estar comprando artificial, mas não é, elas são naturais”. Segundo ela, um bouquet com este tipo de flores pode ser uma ótima opção para noivas que vão se casar em locais mais afastados. “Elas são é excelentes para quem vai casar na praia,por exemplo, ou em lugares que não tem florista e a noiva encontra dificuldades de levar um bouquet fresco, porque ele murcha muito rápido e as flores preservadas não murcham e nem ficam feias”.

bouquet-flores-preservadas

bouquet-flores-preservadas

Outra forma de conservar o bouquet se dá através do método da desidratação, que só pode ser feito em arranjos compostos por flores frescas. A desidratação demora por volta de quarenta dias e são colocadas dentro de um quadro. É muito importante que elas não tenham contato com nenhum tipo de umidade, para que tenha uma durabilidade maior. “Para preservar o bouquet, é preciso ter alguns cuidados, como não deixar perto locais onde passam mais umidade, porque, caso contrário, ele pode apodrecer ou até mofar”.

como-desidratar-o-bouquet-da-noiva
bouquet-da-noiva-flores-desidratadas
O processo leva por volta de quarenta dias para ficar pronto. Sylvia recomenda que o bouquet seja levado ao atelier logo após o casamento, “o ideal é entregar para a gente em até 48h, que as flores ainda estão bonitas”. Ao chegar, ela tira fotos de diversos ângulos do bouquet para que, após a desidratação, ele seja montado da forma mais fiel possível. É preciso eliminar tudo o que estiver danificado ou apodrecido. Feito isso, a especialista desmonta o arranjo e inicia o processo de desidratação, que leva que pode ser feito através do uso de sílica (material usado para absorver umidade), ou através da técnica usada em estufas na qual penduram-se as flores de cabeça para baixo, neste caso, quanto mais escuro o ambiente, mais a flor mantêm a coloração.

bouquet-da-noiva-flores-desidratadas

O bouquet desidratado é remontado de acordo com as fotos tiradas no dia que ele chegou e colocados em um quadro. Sylvia dá uma ótima dica para as noivinhas que querem fazer uma homenagem para a mãe e para a sogra. “Tem algumas noivas que dividem o bouquet em três partes e fazem três quadrinhos: um, elas presenteiam a mãe, o outro a sogra, e o último fica para ela”.

bouquet-da-noiva-desidratado

As noivas mais ousadas podem se inspirar nas flores esqueletizadas. Elas são artificiais, montadas a partir de folhas esqueletizadas (aquelas que já perderam a clorofila, restando apenas a estrutura). “As flores são montadas artesanalmente com folhas esqueletizadas no formato de flor”. Elas ficam com um aspecto bem diferente, lembrando um pouco renda, o que pode ficar lindo para compor a lapela do noivo ou até o bouquet ou até a lapela do noivo.

flores-esqueletizadas

Independente do tipo de flor, o que importa é que o bouquet destaque a beleza da noiva. Inspire-se e escolha o seu!

Tags da matéria

Vai se casar?

Assine a nossa newsletter e fique por dentro das últimas novidades e tendências!