marco e bianca sayão (2) pedido de casamento

Como 85% das meninas, cresci sonhando com o dia do meu casamento. Acho que guardo revistas e referências sobre vestidos, decoração, maquiagem e cabelo para o “grande dia” desde que me conheço por gente. Resumindo… hoje, são milhares de fotos, todas muito bagunçadas e a maioria, já fora de moda, ocupando caixas, pastas e milhares de GB do meu computador.

O relacionamento

Confesso que, depois de 2 longos relacionamentos que não acabaram no altar e a chegada dos meus 32 anos, me fizeram começar a trabalhar internamente no seguinte pensamento: “Tudo bem se eu não me casar, posso realizar outros sonhos. Tudo bem se eu não tiver um marido, posso ter um filho sozinha”… quem nunca né?!

Bianca Sayão e Marco (1)

Foi quando, aos 32 anos e alguns meses, conheci o Marco Scabia. Foi amor à primeira vista! Demoramos exatamente uma semana, depois de nos conhecermos numa reunião de trabalho, para ficarmos juntos e não desgrudarmos mais. Ele era tudo que sempre sonhei em um homem. Bonito, charmoso, inteligente, trabalhador, carinhoso, gentil…. mas como ninguém é perfeito, já tinha sido casado 2 vezes e acreditava que casamento era uma “instituição falida”. Não preciso nem comentar que assim que descobri esse “trauma” dele pensei em abrir mão do relacionamento, afinal, minha tentativa de trabalhar meu psicológico, como comentei acima, deixou de funcionar assim que me apaixonei.

Decidi dar tempo ao tempo, quem sabe eu o faria mudar de ideia, afinal, todos nos achavam “O” casal perfeito (e realmente, não tenho do que reclamar, somos muito parceiros em tudo). Comecei a pensar que o mundo enxergava algo que ele poderia não estar vendo, ainda, então… Why not?!

Bianca e Marco

Depois de 6 meses de namoro, ele foi morar comigo até encontrar um novo apartamento para morar sozinho, mas claro que isso nunca aconteceu. Quando ele decidiu se mudar, pois meu apartamento estava pequeno para duas pessoas, decidimos que eu iria com ele. Neste momento, passei por cima de algo que acreditei a vida toda: “Uma vez morando junto, ele nunca vai me pedir em casamento pois estará acomodado com a situação”. Fui, mesmo meu coração dizendo para não ir, e foi aí que a confusão começou.

Obviamente não estava pronta para abrir mão do meu sonho de casar, acreditava que o fato dele não querer fazer de mim sua esposa significava que ele não me amava o suficiente, e ele estava irreversível quanto a se casar pela terceira vez.

Passamos quase 2 anos em pé de guerra! Toda vez que eu ficava chateada ou insegura, o assunto “casamento” e “Você não me ama o suficiente” vinha à tona. E era um inferno!!! Chegamos a nos separar algumas vezes, inclusive.

Na terceira vez que nos separamos, e que ele decidiu que havia acabado (nas outras eu dava uma surtadinha, sumia algumas horas e ele vinha atrás) e saiu de casa, minha ficha caiu! Foi o mês mais difícil e, ao mesmo tempo, mais decisivo de minha vida. Foi quando decidi que o que eu sentia por ele era maior do que meu sonho.

marco e bianca sayão (1)

Reatamos o relacionamento e, desde esse momento, parei de fazer cobranças, de surtar porque não era casada, literalmente parei de encher o saco em relação a isso, e foi muito legítimo. Com o susto da separação e o medo de perdê-lo para sempre, mudei completamente minha ideia sobre o que era o amor e percebi que o que sentíamos podia sobreviver dentro de nossos padrões e crenças, e não dentro do que a sociedade acredita ser o certo. Passamos quase um ano sem sequer uma briga, e foi maravilhoso. O relacionamento realmente tinha tomado outro rumo, eu estava muito mais feliz e segura.

O inesperado pedido de casamento

No Natal de 2015 decidimos ir à Itália para passar as festas com a mãe dele, que mora lá. Foi uma viagem deliciosa! Roma, Veneza, Firenze e… um inesperado pedido de casamento.

Bianca Sayão e Marco (2)

Durante um passeio em Roma na madrugada (programa que adoramos fazer sempre que vamos para lá) decidimos visitar a Fontana di Trevi que havia passado por uma recente restauração e durante o dia fica impossível de visitar pela quantidade de turistas que se matam por uma foto em frente a essa maravilha. Toda vez que vou à Fontana fico realmente boquiaberta, como se fosse a primeira vez. É simplesmente um dos monumentos mais lindos do mundo. E enquanto eu estava lá, babando, tirando fotos e fazendo snaps, ele tirou do bolso um anel lindo, desenhado por ele e feito por uma amiga minha, e me pediu em casamento. Juro que achei que era piada! Fiquei tão em choque que nem consegui chorar. Estava feliz, confusa…um mix de emoções inexplicáveis. Neste mesmo dia, decidimos casar rápido, eu teria, literalmente, 3 meses para organizar o casamento.

Pedido de casamento - Bianca Sayão

E é aqui que a aventura começa, e vocês vão acompanhar o passo-a-passo deste processo delicioso aqui na minha coluna na Revista iCasei. Vai ser maravilhoso dividir cada detalhe com vocês.

Bianca.

Tags da matéria

Vai se casar?

Assine a nossa newsletter e fique por dentro das últimas novidades e tendências!