Olá pessoal, hoje a Bianca me chamou para contar um pouquinho como está sendo a experiência dos preparativos para o casamento e como estou lidando com tudo. Vamos à visão do noivo sobre o casamento!

Faltam menos de dois meses para o Grande Dia! Alguns detalhes que pensamos que poderiam ser decididos mais pra frente, têm que ser decididos agora! Falta escolher e comprar o terno, convidar alguns amigos, definir o cardápio e quando pensamos que já é mês que vem, bate uma ansiedade forte.

bianca-rumo-ao-altar_marco

Mas o que eu achava que seria um motivo de stress entre a Bianca e eu (a organização de casamentos acaba sendo um teste para muitos casais e grandes brigas são normais nessa fase), tem sido a consolidação de uma parceria que funciona.

O segredo é a confiança mútua. Confio que ela faça as escolhas estéticas e de conteúdo da melhor forma, e eu conduzo algumas negociações importantes. Por ser músico e um fotógrafo amador acabo cuidando de foto e vídeo e, obviamente, da banda que tem ensaiado semanalmente para fazer bonito no dia.

Mas o que tem sido realmente um alívio, é a certeza de que queremos o mesmo tipo de casamento. Nós dois queremos uma festa para nós, não para família e amigos. Fomos à muitos casamentos e a maioria são todos iguais. A sensação é que só mudam os noivos e o resto é padronizado.

bianca-rumo-ao-altar_marco2

Além disso, a lista de convidados acaba contemplando parentes que não fazem parte da vida dos noivos e amigos que não participam do dia a dia do casal. Queremos uma festa íntima. Um casamento que nos aproxime ainda mais de quem é importante na nossa vida.

Mas isso traz problemas também. Como explicar pra um parente distante ou para um amigo que já foi importante na sua vida (mas não participa mais dela e espera ser convidado), que será uma festa pequena, num lugar que não comporta grandes eventos e sobretudo que convidamos somente quem está ativamente em nossas vidas? Difícil. Acho que pra mim, este tem sido o maior desafio pois já comecou a gerar stress com familiares e amigos, obviamente os que não convidamos.

bianca-rumo-ao-altar_marco3

Por outro lado, graças a esta decisão, a energia que sentimos entre nós, e dos nossos amigos e familiares, tem sido incrível. Na vida, cada decisão implica numa renuncia. Bianca e eu tivemos que escolher e também renunciar. A cada dia que passa, temos a certeza de que será um casamento simples, gostoso, leve e inesquecívelTo be continued…

Marco.

Tags da matéria

Vai se casar?

Assine a nossa newsletter e fique por dentro das últimas novidades e tendências!